Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Zoldan - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Albendazol.

Apresentação :

Cada comprimido contém:
Albendazol....................200 ou 400mg.

Excipientes: polivinilpirrolidona K-30, amido de milho, manitol oral, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, talco.

Cada ml de suspensão oral contém:
Albendazol....................40mg.

Veículos: água deionizada, sacarose refinada, álcool etílico, metilparabeno, propilparabeno, sorbitol,
polissorbato 80, ácido cítrico, carboximetilcelulose sódica, essência.

Indicação : ZOLDAN é indicado para o tratamento das parasitoses intestinais simples ou mistas causadas por Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura, Enterobius vermiculares, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Taenia spp e Strongyloides stercoralis.

Modo de Usar :

A dose usual tanto para adulto como crianças maiores de 2 anos é de:
1- comprimido de 400mg ou 2 comprimidos de 200mg em dose única. Nos casos de infecções confirmadas ou suspeitas de Strongyloides stercoralis e Taenia spp., ZOLDAN 400mg, como dose única, deve ser administrado por três dias consecutivos.

10ml de suspensão a 4%,em dose única. Nos casos de infecção confirmada ou suspeita por Strongyloides stercoralis e Taenia spp.

ZOLDAN 40mg/ml, como dose única, deve ser administrado por três dias consecutivos.

Se o paciente não apresentar cura após três semanas, deve-se iniciar um segundo tratamento.

Giardíase:
uma dose única de ZOLDAN 400mg ou 10ml de suspensão, diariamente,por 5 dias é eficaz em crianças.

Não há necessidade de procedimentos especiais,tais como dieta ou purgantes.

Observações: Se o paciente não apresentar cura após três semanas, deve-se iniciar um segundo curso de tratamento. A droga não está bem estudada em crianças com menos de 2 anos.

Efeito Colateral :

Efeitos Colaterais :

Raramente podem ocorrer cefaleia, náuseas, vômitos, diarreia, constipação intestinal, secura na boca e prurido cutâneo.

Advertências e Precauções

Deve-se assegurar antes de utilizar o produto, de que não há processos de gravidez para mulheres em idade fértil ( 15 - 40 anos ). Recomenda-se a administração de ZOLDAN no período de sete dias após o início da menstruação. Considerando que ainda não estão disponíveis informações suficientes sobre o uso do medicamento em crianças com menos de 2 anos de idade, não se recomenda administrar ZOLDAN nessa faixa etária.

Superdosagem :

Nestes casos recomenda-se lavagem gástrica e orientação médica.

Interação Medicamentosa :

Ainda não se tem relatos sobre a possibilidade de interações ocorrerem entre o ALBENDAZOL e outros fármacos.

Venda sob prescrição médica.

Introdução

Prazo de Validade

36 meses a partir da data de fabricação (VIDE CARTUCHO).

Não use medicamento com prazo de validade vencido.

"Informe seu médico a Ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após seu término, e se está amamentando".

ZOLDAN não deve ser usado durante a gravidez, amamentação ou nos 2 primeiros anos de vida.

"Siga as orientações do seu médico, respeitando sempre os horários , as doses e a duração do tratamento".

"Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico".

"SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR, NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA".

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis tais como: diarreia, enjôos, vômito, boca seca e intestino preso.

"TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS".

Os comprimidos podem ser mastigados ou triturados e misturados aos alimentos.

A suspensão oral pode ser administrada pura ou misturada a líquidos.

"Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento".

Se o paciente não se curar após três semanas, recomenda-se um segundo curso de tratamento.

Contra-Indicações:(VIDE item contra-indicações).

Precauções: (VIDE item precauções).

MEDIDAS DE PREVENÇÃO À VERMINOSE:

Manter limpas as instalações sanitárias e lavar as mãos após utilizá-las.

Evitar andar descalço.

Cortar e manter limpas as unhas.

Beber água filtrada ou fervida.

Lavar e cozinhar bem os alimentos.

Manter os alimentos e os depósitos de água cobertos.

Combater os insetos.

Lavar as mãos antes das refeições.

Lavar os utensílios domésticos.

Ferver roupas íntimas e de cama.

ESTAS MEDIDAS SERVEM PARA TODOS OS MEMBROS DA FAMÍLIA.

"NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE".

 

ZOLDAN é indicado para o tratamento das parasitoses simples ou mistas.

Cuidados de conservação: conservar o produto em temperatura ambiente
( 15 - 30ºC ). Proteger da luz e umidade.

Uso Em Idosos

Não existem recomendações ou cuidados especiais sobre o emprego de albendazol em pacientes idosos.

Informações Técnicas

ZOLDAN contém como princípio ativo o ALBENDAZOL, quimicamente o [metil-5-(propil-tio)-1H-benzimidazol-2-il] carbamato que em estudos nos animais e no homem, exibe propriedades ovicida, larvicida e helminticida. A droga exerce sua atividade anti-helmíntica por inibição da polimerização dos túbulos; com isto, o nível de energia do helminto se torna inadequado a sua sobrevivência.

ZOLDAN , inicialmente, imobiliza os helmintos e posteriormente os mata. No homem, após uma dose oral, o ALBENDAZOL tem uma pequena absorção (menos que 5%). A maior parte de sua ação anti-helmíntica é na luz intestinal.

Com uma dose de ALBENDAZOL de 6,6mg/kg de peso, a concentração plasmática de seu principal metabólito , um sulfóxido, atinge o máximo de 0,25 a 0,30 mcg/ml após aproximadamente 2 ½ horas. A vida média de eliminação do sulfóxido plasmático é de 8 ½ horas. O metabólito é essencialmente eliminado pela urina.

Contra - Indicações

ZOLDAN é contra indicado em pacientes com história de hipersensibilidade a qualquer dos componentes da fórmula, em mulheres grávidas, com possibilidade de engravidar, ou em fase de lactação e em crianças menores de 2 anos de idade.

Fabricante :

Indústria Brasileira


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.