Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Zaditen - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Cetotifeno.

Apresentação :

Comprimidos de liberação lenta sro embalagem com 20
Comprimidos (sulcados) embalagem com 20
Xarope frasco com 120 ml
Solução oral frasco com 30 ml

Indicação :

Prevenção a longo prazo de:
asma brônquica (todas as formas, inclusive mista);
bronquite alérgica;
sintomas asmáticos associados à febre do feno.

ZADITEN não é eficaz para suprimir crises de asma já estabelecidas.

Prevenção e tratamento de distúrbios alérgicos multissistêmicos:
urticária aguda e crônica;
dermatite atópica;
rinite alérgica e conjuntivite.

Farmacocinética :

Após Administração oral, a absorção de ZADITEN é quase que completa. A biodisponibilidade chega a 50% devido ao efeito de primeira passagem de cerca de 50% no fígado. As concentrações plasmáticas máximas são atingidas em 2 a 4 horas. A ligação a proteínas é de 75%. O cetotifeno é eliminado bifasicamente, com meia-vida curta de 3 a 5 horas e meia-vida mais longa de 21 horas. Na urina de 48 horas, cerca de 1% da substância é excretada inalterada e 60% a 70%, como metabólitos. O metabólito principal na urina é o cetotifeno-N-glicuronídio, praticamente inativo.

O padrão do metabolismo em crianças é idêntico ao dos adultos, porém a depuração é mais alta em crianças. Portanto, crianças com mais de 3 anos de idade requerem a mesma dose diária de adultos.

A liberação lenta do cetotifeno dos comprimidos de ZADITEN SRO leva a um perfil farmacocinético mais suave, com reduzidas variações diárias nas concentrações plasmáticas, o que melhora a tolerabilidade e permite Administração uma vez ao dia. Os níveis plasmáticos máximos obtidos com uma dose diária de ZADITEN SRO são inferiores (76%) aos obtidos com as mesmas quantidades diárias de cetotifeno, ministradas em duas doses divididas, sob quaisquer das outras formas galênicas. No entanto, as concentrações plasmáticas mínimas e a biodisponibilidade relativa (AUC) são as mesmas para os dois esquemas posológicos.

A biodisponibilidade de qualquer das formas de ZADITEN não é influenciada pela ingestão de alimentos.

Contra indicação :

Contra indicação :

Hipersensibilidade ao cetotifeno ou a outros componentes da fórmula.

Modo de Usar :

Como usar Zaditen?

Adultos

Um comprimido de ZADITEN SRO (2 mg) à noite ou 1 comprimido (1 mg) duas vezes ao dia (tomado com as refeições a cada 12 horas). Em pacientes suscetíveis a sedação, recomenda-se aumentar lentamente a dose durante a primeira semana de tratamento, iniciando-se com meio comprimido duas vezes ao dia e aumentando-se até a dose terapêutica completa. Quando necessário, a posologia diária pode ser aumentada até 4 mg, isto é, 2 comprimidos de ZADITEN SRO, uma vez ao dia, à noite, ou 2 comprimidos de ZADITEN, duas vezes ao dia. Na dose mais alta, pode-se esperar início acelerado da eficácia.

Crianças

Crianças de 6 meses a 3 anos: 0,05 mg (= 1 gota da solução oral ou 0,25 ml do xarope) por quilo de peso corporal, duas vezes ao dia (pela manhã e à noite).

Exemplo: uma criança que pesa 10 kg deve receber 10 gotas da solução oral ou 2,5 ml do xarope pela manhã e à noite.

Crianças acima de 3 anos: 1 mg (5 ml de xarope, 1 ml de solução oral ou 1 comprimido) duas vezes ao dia (tomado pela manhã e à noite, com as refeições), ou 1 comprimido SRO (2 mg) à noite.

As observações clínicas confirmaram os achados farmacocinéticos e indicam que crianças podem necessitar dose mais elevada em mg/kg de peso corpóreo do que adultos, a fim de se obter resultados adequados. Essa posologia mais elevada é tão bem tolerada quanto as doses mais baixas (veja também sob "Farmacocinética").

Tratamento broncodilatador simultâneo: quando são usados broncodilatadores simultaneamente com ZADITEN, a freqüência de uso do broncodilatador pode ser reduzida.

Nota

Na prevenção da asma brônquica podem-se transcorrer várias semanas de tratamento para atingir efeito terapêutico completo.

Recomenda-se, portanto, que os pacientes que não respondem adequadamente dentro de algumas semanas sejam mantidos em tratamento com ZADITEN durante 2 a 3 meses no mínimo.

Se for necessário interromper ZADITEN, isto deverá ser feito progressivamente durante um período de 2 a 4 semanas. Os sintomas da asma podem reaparecer.

Os comprimidos de ZADITEN SRO devem ser deglutidos inteiros.

Efeito Colateral :

Efeitos Colaterais :

Podem ocorrer, no início do tratamento, sedação e, em casos isolados, boca seca e discreta tontura, que normalmente desaparecem espontaneamente com a continuação do tratamento. Ocasionalmente, foram observados sintomas de estímulo do SNC, tais como excitação, irritabilidade, insônia e nervosismo, particularmente em crianças. Foi também relatado aumento ponderal.

Cistite tem sido raramente descrita em associação com ZADITEN.

Foram relatados casos isolados de reações cutâneas severas (eritema multiforme, síndrome de Stevens-Johnson), cuja Ocorrência é de 1 caso em 2 milhões de pacientes expostos ao ZADITEN.

Advertências e Preucações

Quando for iniciado o tratamento a longo prazo com ZADITEN, os medicamentos antiasmáticos, profiláticos e sintomáticos, já em uso, não devem ser subitamente retirados. Isto se aplica especialmente a corticosteróides sistêmicos, devido à possível existência de insuficiência adrenocortical nos pacientes esteróide-dependentes; em tais casos, a recuperação de uma resposta adreno-hipofisária normal ao estresse pode levar até um ano.

Nos primeiros dias de tratamento com ZADITEN, as reações dos pacientes podem ser diminuídas. Por isso, é necessário cautela na condução de veículos, operação de máquinas, etc.

Em raros casos de pacientes recebendo ZADITEN concomitantemente a agentes antidiabéticos orais, foi observada queda reversível na contagem de plaquetas. Portanto, devem ser feitas contagens de plaquetas em pacientes sob tratamento concomitante com antidiabéticos.

Embora o cetotifeno não apresente efeito sobre a gravidez e desenvolvimento peri ou pós-natal, nas doses toleradas pelos animais, não foi estabelecida sua segurança na gravidez humana.

ZADITEN somente deve ser administrado na gravidez quando houver indicação absoluta.

O cetotifeno é excretado no leite materno; portanto, as mães que recebem ZADITEN não devem amamentar.

Superdosagem :

Sintomas: os sintomas principais de superdosagem aguda incluem desde sonolência até sedação severa; confusão e desorientação; taquicardia e hipotensão; especialmente em crianças, hiperexcitabilidade ou convulsões; coma reversível.

Tratamento: o tratamento deve ser sintomático. se o medicamento foi administrado recentemente, deve-se considerar o esvaziamento do estômago. pode ser benéfica a administração de carvão ativado. se necessário, recomenda-se tratamento sintomático e monitorização do sistema cardiovascular; na presença de excitação ou convulsões, podem-se ministrar barbitúricos de curta ação ou benzodiazepínicos.

Fórmula :

Cetotifeno, como fumarato ácido
Comprimido SRO 2 mg
Comprimido (sulcado) 1 mg
Xarope (5 ml) 1 mg
Solução oral (1 ml) 1 mg

 

Interações

ZADITEN pode potencializar os efeitos de depressores do sistema nervoso central, anti-histamínicos e álcool.

Propriedades

O cetotifeno é um fármaco antiasmático não-broncodilatador que inibe os efeitos de certas substâncias endógenas conhecidas por serem mediadoras inflamatórias e, portanto, exercem atividade antialérgica.

As experiências laboratoriais revelaram as seguintes propriedades do cetotifeno, que podem contribuir para sua atividade antiasmática:
Inibição da liberação de mediadores alérgicos, tais como a histamina e os leucotrienos.

Supressão da ativação dos eosinófilos pelas citocinas recombinantes humanas e conseqüente supressão da entrada de eosinófilos nos locais de inflamação.

Inibição do desenvolvimento da hiperatividade das vias aéreas associada à ativação das plaquetas pelo PAF (Fator de Ativação de Plaquetas) ou causada pela ativação neural que se segue à Administração de fármacos simpatomiméticos ou à exposição a um alérgeno.

O cetotifeno é uma substância antialérgica potente que possui propriedades bloqueadoras não-competitivas dos receptores H 1 da histamina. Portanto, também pode ser administrada em lugar dos antagonistas clássicos dos receptores H 1 da histamina.

Fabricante :

Novartis Biociências S.A.

Novartis Pharma
0800-888-3003
8h às 17h
sic.novartis@novartis.com

Novartis Saúde Animal
0800-888-8280
seg. a sex., das 8h às 17h
nac.br@novartis.com

Novartis OTC
0800-775-8181
sic.novartis@novartis.com

CIBA Vision
0800-775-2422
sic.novartis@novartis.com

Sandoz
0800-400-9192
sac.sandoz@sandoz.com

Novartis é um grupo farmacêutico suíço criado em 1996 pela fusão de Ciba-Geigy e Sandoz com sede em Basileia, na Suíça. A Novartis está dividida em três grandes divisões: Pharma, Consumer Health e Sandoz.

Alguns medicamento do mesmo Fabricante :

Aclasta, Actigall, Afinitor, Agasten, Agrovet PS, Agrove, Anacyclin, Anafranil, Andursil, Apresolina, Aredia, Buspanil, Calsan, Cataflam D, Cedilanide, Cibacalcina, Cibalena A, Clofazimina, Comtan, Deserila, Desferal, Diocomb SI, Diovan Amlo, Diovan HCT, Doretrim, Estalis, Exelon, Faclor AP, Faclor, Flotac, Glyvenol, Hydergine, Leucomax, Lioresal, Locorten, Lopressor, Losalen, Lotensin H, Ludiomil, melleril, Mericomb, Merigest, Merimono, Methergin, Miflasona, Parlodel Sorol, Sandostatin, Trimedal Tosse, Xolair, Zaditen, Zelmac, Zometa, Zurcal,

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto