Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Viabom - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Dimenidrinato

Apresentação : 50 mg comprimidos

Indicação :

A substância ativa do medicamento é o Dimenidrinato.

O dimenidrinato é um Anti-histamínico que possui acentuadas propriedades anti-emáticase antivertiginosas.

O dimenidrinato é utilizado principalmente na preveno e tratamento de náuseas,vômitos e/ou vertigens associados ao enjoo por movimento (de automável, de comboio,de barco, de avio, etc.).

O dimenidrinato é mais eficaz no enjoo por movimento quando é administradoprofilacticamente; porêm a susceptibilidade para o enjoo por movimento pode variar coma idade do doente, exposio prvia, tipo, severidade e duração do movimento.

Pode ser utilizado no tratamento sintomático do enjoo e dos vômitos relacionados com avertigem.

Antes de TomarViabom

Não tome Viabom

Se tem alergia (hipersensibilidade) à substância ativa ou a qualquer outro componentede Viabom.

Tome especial cuidado com Viabom
VIABOM deve ser utilizado com precauo em idosos, crianças com menos de 2 anos deidade, homens com hipertrofia prostática, doentes com glaucoma, com epilepsia eobstruo gastrointestinal, pela possibilidade de efeitos anticolinrgicos.
Tambm se deve usar Viabom com precauo nos doentes portadores de asma brônquicae de doença pulmonar crônica obstrutiva devido à possibilidade das secreções brônquicasse tornarem espessas.
O dimenidrinato deve ser utilizado com precauo em doentes com doenças convulsivasou com arritmias cardíacas.

Os efeitos anticolinrgicos do fármaco deverão ser tomados em consideração, quando seadministra o dimenidrinato a doentes que tenham patologia que possa ser agravada pelaterapêutica anticolinrgica (glaucoma de ângulo fechado, hipertrofia da próstata).

O fármaco pode mascarar sintomas de otoxicidade, pelo que deve ser administrado comprecauo em doentes medicados com fármacos ototxicos. Estes doentes devem sercuidadosamente vigiados durante a terapêutica com dimenidrinato.

Pode contribuir para o agravamento da porfria aguda.

Ao tomar Viabom com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

- Depressores do SNC
O dimenidrinato pode potenciar os efeitos de outros depressores do Sistema Nervoso
Central tais como o álcool e os barbitúricos. Se este fármaco for utilizadosimultâneamente com outros depressores do SNC necessária precauo na suautilização para evitar a sobredosagem.

- fármacos com efeitos anticolinrgicos
Devido é atividade anticolinrgica do dimenidrinato, este pode potenciar os efeitos deoutros fármacos anticolinrgicos como antidepressivos tricclicos.

- fármacos ototxicos
Quando administrado simultaneamente com antibióticos aminoglicosidos ou com outrosfármacos ototxicos, o dimenidrinato pode mascarar os sintomas de ototoxicidade.

- Outros fármacos
Embora tenha sido referido que o dimenidrinato tem atividade de induo enzimáticamicrossomal hepática, em animais, não há evidência clínica de que o fármaco influencieo metabolismo de outros fármacos no ser humano.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Não deve ser utilizado em grávidas ou durante a amamentao, nem pode ser utilizadoem crianças com menos de 2 anos de idade, a não ser por expressa indicação do médico.

Conduo de veículos e utilização de máquinas
Este medicamento pode influenciar a capacidade de conduzir automáveis ou máquinas,porque pode causar sonolência.

Informaçães importantes sobre alguns componentes de Viabom
Este medicamento contêm lactose. Se foi informado pelo seu médico que temintolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Modo de Usar: Viabom

Tomar Viabom sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Fale com o seu médicoou farmacêutico se tiver dúvidas.

Ingerir o comprimido com 1 copo de água.

Não pode ultrapassar a dose indicada.

Posologia usual, com Referência dose máxima

Como preventivo do enjoo do movimento:
- Adultos e crianças com mais de 12 anos:
1 comprimido 1/2 hora antes de comear a viagem.

- Crianças com idades compreendidas entre 6 e 12 anos:
1/2 comprimido 1/2 hora antes de comear a viagem.

- Crianças com idades compreendidas entre 2 e 6 anos:
1/4 comprimido 1/2 hora antes de comear a viagem.

Tratamento do enjoo do movimento, e dos sintomas relacionados com a vertigem:
- Adultos e crianças com mais de 12 anos:
1 a 2 comprimidos, cada 4-6 horas, não excedendo 400 mg em 24 horas.

- Crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos
Meio ou 1 comprimido, cada 6-8 horas, não excedendo 150 mg em 24 horas.
Não pode ultrapassar a dose indicada, e deve consultar o médico se os sintomaspersistirem.

- Crianças com idades compreendidas entre os 2 e os 6 anos
1/4 a 1/2 comprimido cada 6-8 horas não excedendo 1 comprimido e meio.

Se tomar mais Viabom do que deveria

Em caso de sobredosagem acidental deve conduzir-se imediatamente a vtima ao Serviode urgência do hospital mais próximo.
Pode ser benfica a lavagem gástrica imediata (caso não ocorram convulsões).

Se ocorrerem convulsões deve ser administrado diazepam nos adultos e fenobarbital nascrianças.

Os sintomas de sobredosagem, em crianças, incluem pupilas dilatadas, congestáo da face,excitao, alucinações, confuso mental, descoordenao de movimentos, convulsõesintermitentes.

Caso se tenha esquecido de Tomar Viabom
Não tome uma dose dobrada para compensar um comprimido que se esqueceu de tomar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. Efeitos secundários POSSVEIS

Como todos os medicamentos, Viabom pode causar efeitos secundários, no entanto estesnão se manifestam em todas as pessoas.

Em doses elevadas pode provocar sonolência. Ocasionalmente, pode provocar cefaleias,viso nublada, zumbidos nos ouvidos, secura de boca e das vias aéreas superiores,descoordenao, palpitações, tonturas e reduo da tenso arterial. Mais raramentepodem ocorrer casos de perda ou diminuição do apetite, obstipao ou diarreia, poliria
(aumento na quantidade de urina) ou disria (dificuldade da mico).

5. COMO CONSERVAR

Conservar a temperatura inferior a 25 C. Proteger da humidade.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Viabom após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após
VAL. O prazo de validade corresponde ao ltimo dia do mês indicado.

Não utilize Viabom se verificar sinais visíveis de deterioração.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalizao ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. Outras Informações

Qual a composição de Viabom
A substância ativa é dimenidrinato.
Os outros componentes so lactose, amido de milho, estearato de magnésio, talco ecroscarmelose sódica.

Qual o aspecto de Viabom e conteúdo da embalagem
Viabom apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidos brancos, circulares, comranhura de quebra numa das faces.
Embalagem com 10 comprimidos acondicionados em blister de PVC/alumínio.

Fabricante :

Fabricante :

CPCH Companhia Portuguesa Consumer Health, Lda.
Rua dos Bem Lembrados, 141
Manique
2645 ? 471 Alcabideche
Portugal

Fabricante

Sofarimex Indústria química e farmacêutica, Lda.
Avenida das Indústrias Alto de Colaride Agualva
2735-213 Cacm
Portugal


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.