Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Venoruton - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : O-((3-hidroxietil)-rutosídeos 500 e 1000 mg por sache

Classe terapêutica : Venotrópicos

Apresentação :

Pó para solução oral.
saches de 500 mg: Embalagens de 28 e 60 saches saches de 1000 mg: Embalagens de 14 e 30 saches

Venoruton (com sabor a laranja) 500 mg Pó para solução oral Venoruton (com sabor a laranja) 1000 mg Pó para solução oral

Fórmula :

O-((3-hidroxietil)-rutosídeos 500 e 1000 mg por sache

 

Titular da Autorização de Introdução no Mercado
Novartis Consumer Health Produtos Farmacêuticos e Nutrição, Lda. Av. Poeta Mistral, n°2, 2° 1069 172 Lisboa

Indicação :
Alívio do edema e sintomas relacionados com a Insuficiência Venosa Crónica (IVC), como dor, cansaço, agitação, aumento de volume, caimbras e sensação de peso nos membros inferiores. Alívio dos sintomas das hemorroidas.

Contra-indicações
Hipersensibilidade a qualquer um dos componentes do medicamento.

Efeitos secundários
Apenas se observaram casos de reacções moderadas, que foram principalmente distúrbios gastro-intestinais (flatulência, diarreia,dor e irritação gástrica), cefaleias, tonturas, cansaço, rashes cutâneos, rubor e prurido, que desaparecem rapidamente com a interrupção do tratamento.

Interações Medicamentosas: e outras formas de interação
Não foram referidas quaisquer interações com outros fármacos. Verificou-se que O-((3-hidroxietil) rutosídeos não interfere com os anticoagulantes varfarínicos.

Precauções especiais de utilização
Doentes com edemas nos membros inferiores por doenças cardíacas, renais ou hepáticas não deverão usar Venoruton, porque o efeito do Venoruton não está demonstrado nestas indicações.

Gravidez e aleitamento
Recomenda-se, de acordo com a prática clínica aceite, não usar Venoruton nos três primeiros meses de gravidez.
Os vestígios encontrados no feto e no leite (em estudos animais) consideram-se sem relevância clínica.

Efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas
Não relevante.

Lista dos excipientes cujo conhecimento seja eventualmente necessário

Contém sacarina sódica
Posologia
Insuficiência venosa crónica e suas complicações Dose inicial:
saches (500 mg). l sache 2 vezes por dia saches (1000 mg): l sache por dia

Esta dosagem deve ser mantida até alívio completo dos sintomas e do edema. O que normalmente acontece dentro de 2 semanas.
Uma terapêutica de manutenção poderá ser seguida, com a mesma dosagem ou no mínimo 500 mg diários.

Hemorróidas
As dosagens usadas são as mencionadas acima para a insuficiência venosa crónica.

Modo e via de Administração
O Venoruton pó para solução oral é administrado oralmente Diluir o conteúdo duma sache num copo de água, e tomar.

Indicação do momento mais favorável à Administração do medicamento Tomar após as refeições

Sobredosagem
Não foram registados casos de sobredosagem

Precauções particulares de conservação Conservar a temperatura inferior a 30°C. Manter fora do alcance e da vista das crianças.
No caso de ocorrerem efeitos adversos, durante o tratamento com Venoruton, que não constem nesta bula informativo, informar o seu médico ou farmacêutico.

Verifique o prazo de validade inscrito na embalagem.


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.