Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

UL-250 - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Saccharomyces boulardii

Classe terapêutica : Suplementos enzimáticos, bacilos lcteos e anlogos.

Apresentação : UL 250, 250 mg, cápsula.

Os excipientes so a sacarose, estearato de magnésio, lactose, indigotina (E132), dióxido de titânio
(E171), água purificada e gelatina.

Indicação :

UL 250, como normalizador da flora intestinal e antidiarreico microrgânico, é indicado nas situaçõesem que existam alterações do ecossistema intestinal, designadamente diarreias a rotavrus, em crianças.

Quando É possível determinar o agente causador da diarreia e para o qual exista terapêutica especfica,
UL ? 250, como regularizador da flora intestinal, constituirá um adjuvante a esse tratamento, para Alémde ser til complemento de re-hidratao oral, quando esta se justificar.

Antes de TomarUL-250

Não tome UL-250:
- se tem hipersensibilidade (alergia) à substância ativa ou a qualquer excipiente de UL-250.- se tem umcatéter venoso central.

Tome especial cuidado com UL-250:
- se o seu estado geral estiver debilitado, com alterações da mucosa digestiva.
- se estiver a tomar antibióticos de largo espectro.

- se tiver graves problemas imunitérios.
Saccharomyces boulardii (Sb) é uma levedura que foi associada ao risco de fungmias (infecçõescausadas por fungos). A maioria dos casos de fungmias por Sb ocorreram em doentes com diversosfactores de risco: estado geral debilitado com alterações da mucosa digestiva e antibioterapia de largoespectro; imunossupresso; cateterizao venosa central. A contaminao externa dos catéteres pelaausência de cuidados de manipulao e Administração do conteúdo das saches de Sbtêm sido tambmum dos factores implicados na causa das fungmias.

Tomar UL-250 com alimentos e bebidas:
UL-250, sendo constituído por células vivas não deve ser utilizado com líquidos levados a temperaturassuperiores a 50 C.

Gravidez
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
O produto UL-250 pode ser utilizado sem qualquer restrio durante a gravidez.

Aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
O produto UL-250 pode ser utilizado sem qualquer restrio durante o aleitamento.

Conduo de veículos e utilização de máquinas:
O produto UL-250 pelas suas caractersticas, não tem qualquer efeito sobre a capacidade de conduo eutilização de máquinas.

Informaçães importantes sobre alguns excipientes de UL-250:
Este medicamento contêm lactose e sacarose, pelo que, se foi informado pelo seu médico que temintolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.
Tomar UL-250 com outros medicamentos:
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Não so conhecidas Interações Medicamentosas: para o medicamento UL-250 para Além da diminuiçãoda sua aco quando prescrito em Associação com um medicamento antifúngico oral ou sistêmico.

Modo de Usar: UL-250

Tomar UL-250 sempre de acordo com as instruções do médico. Fale com o seu médico ou farmacêuticose tiver dúvidas.
A dose habitual é: 1 cápsula 3 vezes por dia.
O seu médico indicar-lhe-é o momento mais favorvel para tomar o medicamento.
Modo de Administração:
Crianças
- Engolir a cápsula sem trincar, com um pouco de líquido.
Lactentes
- Abrir a cápsula e misturar o Pó no conteúdo do biberão, agitando bem.

A duração do tratamento Deverá ser estabelecida pelo seu médico assistente, em função da resposta doseu organismo e da gravidade da sintomatologia.

Se tomar mais UL-250 do que deveria:
Não so conhecidos sintomas de sobredosagem para o UL?250.

Caso se tenha esquecido de tomar UL-250:
Não tome uma dose dobrada para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

4. Efeitos secundários POSSVEIS

Como os demais medicamentos, UL-250 pode ter efeitos secundários.

Foram descritos casos raros de gases intestinais e reações alérgicas, principalmente comicháo, pequenaslesões cutâneas e pele vermelha (localizada ou distribuda por todo o corpo).
Verificaram-se casos raros de fungmias (ver Tome especial cuidado com UL-250).

Caso detecte efeitos secundários não mencionados neste medicamento, informe o seu médico oufarmacêutico.

5. CONSERVAO DE UL-250

Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Não conservar acima de 25ºC.
Proteger da humidade.
Não utilize UL-250 após expirar o prazo de validade indicado na embalagem.

Outras Informações
Modo de retirar a cápsula do blister:
1. Dobre a extremidade solta do alumínio

Fabricante :

Merck s.a.
Rua Alfredo da Silva 3 C
1300-040 Lisboa


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto