Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Tenag - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Extrato seco de Vitex agnus-castus L.

Apresentação : Comprimidos revestidos - caixas com 20 comprimidos. USO ADULTO

Fórmula :

Cada comprimido revestido contém:
Extrato seco de Vitex agnus-castus L. ............................................ 40mg
Excipientes: celactose, estearato de magnésio, explotab, dióxido de silício, eudragit, talco, dióxido de titânio, corante lacca vermelho n°6, polissorbato, trietilcitrato, polietilenoglicol e simeticone.
Cada comprimido revestido contendo 40mg de Vitex agnus-castus L. apresenta 0,6% de aucubina.

Indicação :

Altera a relação dos hormônios sexuais femininos, corrigindo o desequilíbrio.

Cuidados na conservação

O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da luz e umidade.

Prazo de validade

36 meses após a data de fabricação impressa no cartucho.

Não use medicamentos com o prazo de validade vencido.

Conduta na gravidez e na lactação

Devido às ações farmacológicas documentadas e à ausência de estudos de toxicidade em gestantes e em mulheres que amamentam, deve-se evitar o uso durante a gravidez e a lactação.

Informe ao seu médico a Ocorrência de gravidez na vigência do seu tratamento ou após seu término.

Informar ao médico se estiver amamentando.

Cuidados de Administração

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Interrupção do tratamento

Recomenda-se continuar o tratamento por várias semanas após a melhora dos sintomas.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Reações adversas

Ocasionalmente, poderão ocorrer prurido e urticária, dores de cabeça e queixas gastrointestinais. Algumas mulheres relatam aumento do fluxo menstrual durante o tratamento, que frequentemente é uma indicação de eficácia terapêutica.

Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS

Ingestão concomitante com outras substâncias

Não deve ser usado conjuntamente com outras terapias endócrinas (reposição hormonal, anticoncepcionais orais, hormônios sexuais). Pode ter seu efeito diminuído pela ingestão de drogas antagonistas dos receptores dopaminérgicos.

Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

Contra-Indicaçõese precauções

Seu uso está contra-indicado nas seguintes situações: tratamento com outras terapias endócrinas ( reposição hormonal, anticoncepcionais orais, hormônios sexuais); defeitos metabólicos do FSH; gravidez e lactação. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Parte utilizada da planta: fruto.

Características químicas e farmacológicas

Vitex agnus-castus L., um membro da família Verbenaceae, contém óleos essenciais (monoterpenos e sesquiterpenos), flavonóides (incluindo acasticina) e glicosídeos iridóides (incluindo aucubina e agno- sídeo).

Não existem dados disponíveis sobre a farmacocinética.

Em relação à farmacodinâmica, Vitex agnus-castus L. inibe a secreção de FSH e estimula a secreção de LH, desviando a relação estrógeno/progesterona a favor da progesterona. Este efeito de Vitex agnus- castus L. para aumentar ou modular os níveis de progesterona no organismo é um efeito indireto e não uma ação hormonal direta.

Estudos em ratos demonstraram que Vitex agnus-castus L. inibe a liberação de prolactina pela hipófise, principalmente em condições de estresse, pela habilidade de Vitex agnus-castus L. de se ligar aos receptores dopaminérgicos.

Indicação :

Irregularidades do ciclo menstrual como: metrorragia, oligomenorréia, polimenorréia e amenorréia secundária.

Síndrome pré-menstrual principalmente sintomas como mastalgia e retenção líquida.

Outras: hiperprolactinemia, infertilidade devido a níveis diminuídos de progesterona ou hiperprolactimenia.

Contra - indicações

Seu uso está contra-indicado nas seguintes situações:
tratamento com outras terapias endócrinas ( reposição hormonal, anticoncepcionais orais, hormônios sexuais); defeitos metabólicos do FSH; gravidez e lactação.

Precauções e advertências

Recomenda-se continuar o tratamento por várias semanas após melhora dos sintomas.

Interação Medicamentosa :

Não deve ser usado conjuntamente com outras terapias endócrinas (reposição hormonal, anti-conceptivos orais, hormônios sexuais). Pode ter seu efeito diminuído pela ingestão de drogas antagonistas dos receptores dopaminérgicos.

Reações adversas

Ocasionalmente, poderão ocorrer prurido e urticária, dores de cabeça e queixas gastrointestinais. Algumas mulheres relatam aumento do fluxo menstrual durante o tratamento, que freqüentemente é uma indicação de eficácia terapêutica.

Posologia

1 comprimido de 40mg ao dia, em jejum, antes do café da manhã.

Superdosagem :

Ainda não são conhecidas as manifestações por superdosagem. Em caso de acidente, recomenda-se provocar o esvaziamento gástrico.

ESTE PRODUTO É UM NOVO MEDICAMENTO E EMBORA AS PESQUISAS TENHAM INDICADO EFICÁCIA E SEGURANÇA, QUANDO CORRETAMENTE INDICADO, PODEM OCORRER REAÇÕES ADVERSAS IMPREVISÍVEIS, AINDA NÃO DESCRITAS OU CONHECIDAS, EM CASO DE SUSPEITA DE REAÇÃO ADVERSA O MÉDICO RESPONSÁVEL DEVE SER NOTIFICADO.

Dizeres Legais :

Farmacêutico Responsável: Regina Helena Vieira de Souza Marques CRF/SP no 6394

Fabricante : Marjan Farma Indústria e Comércio

Endereço: R. Gibraltar, 165 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04755-070
Telefone: (11) 5642-9888

E-mail e SAC: 0800-55-4545

Medicamentos do mesmo fabricante :

Ambroten, ambroten, anemofer, aplause, asdron, bactricin, barivit, calde k2, calde Mag, calde, climadil, colpagex N, denacen, dexagil, foliron ITF, foliron, inflanan FC, inflanan, iperisan, ketonan, magnen b6, magstress, monaless, nicord, normaten FIT, ostenan, pasalix, permear, prostat-hpb, prostat, radan, sonoripan, takil, tamaril, tenag, tenflax, trivagel N, vagi C, vecasten, vicog, vinocard Q10, vitergan pre natal, vitersol d



Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Índice remissivo :

Dizeres Legais

Fabricante


Jesus a Chave Hermenêutica, Curso exclussivo com o Pastor Caio Fábio