Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Stugeron - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Cinarizina.

Classe terapêutica : Antivertiginosos, Ativadores do Metabolismo Cerebral, Defatigantes e Vasodilatadores.

Apresentação : Embalagem com 30 comprimidos. Suspenso: em frasco com 15 ml.

Indicação : distúrbios circulatérios cerebrais: profilaxia e tratamento dos sintomas de espasmo vascular cerebral e arteriosclerose como tontura, zumbido no ouvido, cefaleia vascular, falta de sociabilidade e irritabilidade, fadiga, distúrbios do sono como o despertar precoce, depresso de involuo, perda de memria, falta de concentração, incontinncia e outros distúrbios devidos idade. Seqelas de traumas cranioencefólicos. Seqelas funcionais Pós-apoplticas. Enxaqueca. distúrbios circulatérios perifricos: profilaxia e tratamento dos sintomas que acompanham os distúrbios circulatérios perifricos (arteriosclerose, tromboangete obliterante, molstia de Raynaud, diabete, acrocianose, etc), tais como: claudicação intermitente, distúrbios troficos, pré-gangrena, úlceras varicosas, parestesia, cimbra noturna, extremidades frias. distúrbios do equilíbrio: Profilaxia e tratamento dos sintomas dos distúrbios do equilíbrio (arteriosclerose labirántica, irritabilidade do labirinto, síndrome de Menire), tais como, vertigem, tontura, zumbido, nistagmo, náuseas e vômitos. Profilaxia dos distúrbios de movimento.

Efeito Colateral :

Os efeitos colaterais, quando presentes, se resumem ligeira sonolência e algum distúrbio gastrintestinal, no incio do tratamento e que tendem a desaparecer espontaneamente com o decorrer do tratamento. Caso isto não acontea, É conveniente reduzir a dose, sem necessidade de se interromper a medicação . Excepcionalmente, se observou, em pessoas idosas e durante o tratamento prolongado, o aparecimento de sintomas extrapiramidais ou um agravamento destes sintomas, quando eles já se encontravam presentes. Nesses casos a dose deve ser reduzida ou o tratamento deve ser interrompido. Interações Medicamentosas:: os depressores do SNC, o álcool e os antidepressivos tricclicos usados concomitantemente podem potencializar os efeitos sedativos destes e do Stugeron. Devido ao efeito Anti-histamínico do Stugeron, pode haver interferncia na leitura dos testes intradrmicos, se a medicação for utilizada até quatro dias antes do teste cutâneo. Superdosagem: em um caso isolado de superdosagem (2100 mg) com uma criança de 4 anos de idade, as seguintes manifestações foram observadas: vômito, sonolência, coma, tremor, hipotonia. A recuperação ocorreu sem problemas. Não existe antídoto específico, mas no caso de superdosagem, a lavagem gástrica assim como a administração de carvo ativado podem ser teis. - Efeitos sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas: desde que a sonolência pode ocorrer, especialmente no incio do tratamento, cuidados devem ser tomados durante o ato de dirigir veículos ou operar máquinas perigosas.

Modo de Usar :

distúrbios da circulao cerebral: 1 comprimido de 25 mg, 3 vezes ao dia, ou 1 comprimido de 75 mg diariamente, ou 3 vezes 8 gotas (= 3 x 24 mg) ao dia. distúrbios da circulao perifrica: 2 ou 3 comprimidos de 25 mg, 3 vezes ao dia, ou 2 a 3 comprimidos de 75 mg ao dia, ou 2 a 3 vezes 25 gotas (=2 a 3 x 75 mg) diariamente. distúrbios do equilíbrio: 1 comprimido de 25 mg, 3 vezes ao dia, ou 1 comprimido de 75 mg diariamente, ou 3 vezes 8 gotas (= 3 x 24 mg) ao dia. distúrbios do movimento: 1 comprimido de 25 mg ou 8 gotas (= 24 mg) meia ou uma hora antes de iniciar a viagem e repetir a cada 6 horas. Stugeron Deverá ser tomado, preferivelmente, após refeições.

Contra indicação :

Não se conhecem contra-Indicaçõesformais ao uso de Stugeron, exceto os casos de hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.

Precauções :

Stugeron como outros Anti-histamínicos pode causar epigastralgia, e a administração após as refeições pode diminuir a irritao gástrica. Em pacientes com doença de Parkinson, Stugeron deve ser usado apenas se os benefícios sobrepujarem os possveis riscos de agravamento da doença. Stugeron pode causar sonolência, especialmente no incio do tratamento. Deve-se tomar cuidado com o uso concomitante de álcool ou depressores do SNC. - Uso durante a gravidez e lactao: embora não tenha mostrado qualquer efeito teratogúnico em estudos animais, s se recomenda o uso de Stugeron durante a gravidez se os benefícios justificarem os riscos potenciais sobre o feto. Não há dados sobre a excreo do Stugeron no leite humano. Assim, a lactao desaconselhável em mulheres tomando Stugeron.

Fórmula :

Cada comprimido de 25 mg e de 75 mg contêm,respectivamente: cinarizina 25 mg e 75 mg. Excipientes: lactose, amido, sacarose, talco, polivinilpirrolidona, estearato de magnésio, corante amarelo crePósculo. Suspenso (em cada ml): cinarizina 75 mg. Excipientes: sorbitol, polioxietileno (20) monolaurato de sorbitano, metilparabeno, propilparabeno, celulose microcristalina e carboximetilcelulose sódica, álcool etilico, aroma de banana, corante amarelo tartrazina, água desionizada q.s.p.

Fabricante :

Cilag farmacêutica Ltda.

Rua Gerivatiba, 207, Butantã
CEP 05501-900, São Paulo, SP

Medicamentos do mesmo fabricante :

Ascaridil, Belara, Cilergil, Concerta, Droperidol, Enteropride, Evra, Fentanil, Floxstat, Frefest, Hismanal, Hypnomidate, Inoval, Itranax, Levaquin, Mebendazol, Ms long, Mylicon, Nerizina, Orap, Paracetamol, Prepulsid, Rapifen, Reminyl, Retinova, Sedatoss, Semap, Stugeron, Sufenta, System
Systen, Zytiga


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular