Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Somalgin - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : ácido acetilsalicílico

Apresentação : Cartucho contendo 20 comprimidos tamponados de 100, 325 ou 500 mg.

Indicação : Analgésico, antitrmico, antiinflamatório e antiagregante plaquetário na profilaxia do infarto do miocárdio e dos acidentes tromboemblicos em geral.

Efeito Colateral :

Gastrintestinais: pode ocorrer irritao gástrica, náusea, dispepsia, desconforto epigástrico, azia, hepatotoxicidade. O Ácido acetilsalicílico pode potencializar o aparecimento de úlceras pépticas. Dermatológicas: urticária, rachadura da pele ou angioedema podem ocorrer, especialmente em pacientes que sofrem de urticária crônica. hepáticas: altas doses de ácido acetilsalicílicotêm sido relacionadas é Ocorrência de disfunção hepática reversível. Hematológicas: prolongamento do tempo de sangramento, leucopenia, trombocitopenia, púrpura, diminuição da concentração plasmática de ferro, tempo de sobrevivncia de eritrcitos diminuída. Outras: febre, sede, turvao da viso. reações alérgicas e anafilticastêm sido notadas, quando pacientes hipersensíveis fazem uso do ácido acetilsalicílico. intolerância ao ácido acetilsalicílico, manifestada por exacerbao de broncospasmos e rinites, pode ocorrer em pacientes com histrico de Pólipos nasais, asma ou rinites.

Modo de Usar :

As posologias médias recomendadas so as seguintes: Analgésico/ antitrmico: adultos: 1 a 2 comprimidos de 325 ou 500 mg inicialmente. Repetir a dose a cada 4 ou 6 horas, se necessário. recomendado que a dose diária não exceda 4 g. antiinflamatório: 2,5 a 3,5 g ao dia podem ser administrados em doses divididas. Antiagregante plaquetário: 1 comprimido de 100 mg a cada 24 horas ou 1 comprimido de 325 mg a cada 48 horas. Crianças acima de 2 anos: Analgésico/antitrmico: 1 a 2 comprimidos de 100 mg 3 a 4 vezes ao dia, de acordo com a idade, peso corPóreo/dia e critério médico. antiinflamatório: 80 a 100 mg/kg de peso corPóreo em doses divididas. - Superdosagem: pode ocorrer salicismo após Administração repetida de altas doses. Consiste em vertigem, zumbido, dificuldade na audição, náusea, vômito, diarreia, confuso mental, depresso do SNC, cefaleia, transpiração, hiperventilao e prostração. Consultar imediatamente um médico se ocorrer superdosagem. O tratamento inicial inclui a induo de vômito ou lavagem gástrica. a administração de carvo ativado diminui efetivamente a absoro de salicilatos, quando dado aproximadamente 2 horas após a ingestão. A alcalinizao forçada da urina aumentaré a excreo renal de salicilatos, entretanto bicarbonato não deve ser administrado oralmente, pois a absoro de salicilatos pode aumentar. O paciente deve receber monitoração e suporte das funções vitais.

Contra indicação :

Esta medicação não deve ser usada, exceto em casos especiais, quando existirem os seguintes problemas: hipersensibilidade ao cálcio acetilsalicílico, leso na mucosa gástrica, úlceras duodenais, gastrite, estados hemorrágicos, hemofilia ou outros problemas sanguíneos como distúrbios da função plaquetária, trombocitopenia, insuficincia renal, asma, leso hepática grave.

Precauções :

Somalgin deve ser utilizado com cuidado em pacientes que apresentam insuficincia renal crônica, pois o Ácido acetilsalicílico pode causar uma diminuição da função renal, podendo agravar este tipo de doença. Evitar o uso de Somalgin em pacientes com intolerância a salicilatos, úlcera gástrica, diabetes, gota, gastrite erosiva ou tendência a hemorragia. O Ácido acetilsalicílico interfere com a hemostasia. Evitar o uso em pacientes que tiveram anemia severa, história de irregularidade na coagulao sanguínea ou usarem anticoagulantes. Não utilizar este medicamento concomitantemente com outros salicilatos em terapias prolongadas. Evitar a administração de concentrações potencialmente tóxicas. Advertências: este medicamento não deve ser utilizado durante a gravidez e a lactao, exceto em casos especiais e sob orientao médica. a administração crônica e em altas doses de Ácido acetilsalicílico pode ocasionar problemas com o parto e/ou com o recêm-nascido. Pacientes sensíveis a salicilatos ou a antiinflamatórios não esteroidais não devem utilizar este medicamento. A hipersensibilidade ao Ácido acetilsalicílico pode causar broncospasmo agudo, urticárias generalizadas, angioedema severo e rinites. Ácido acetilsalicílico não deve ser usado em crianças abaixo de dois anos de idade. Crianças ou adolescentes com febre de origem viral, especialmente gripe e varicela não devem fazer uso deste medicamento sem antes consultar um médico sobre a síndrome de Reye, uma doença rara, mas sria, que parece estar relacionada com o uso de salicilatos, embora esta relao não tenha sido estabelecida em forma definitiva. O risco de ulcerações gastrintestinais aumenta quando salicilatos so administrados concomitantemente com bebidas alcolicas. Pacientes idosos podem ser mais sucetíveis a efeitos txicos dos salicilatos, possivelmente devido à diminuição da função renal. Evitar o uso da Somalgin, se possível, uma semana antes de ato cirúrgico, devido à possibilidade de hemorragias Pós-operatérias. - Interações Medicamentosas:: Ácido acetilsalicílico pode interagir com corticosteróides, antiinflamatórios não esteroidais, anticoagulantes orais, heparina, agentes trombolticos, (como estreptoquinase, uroquinase), hipoglicemiantes orais ou insulina, acetazolamidas orais, metotretaxo e probenecida.

Fórmula :

Cada comprimido tamponado contêm, respectivamente: Ácido acetilsalicílico 100 mg, 325 mg e 500 mg; glicinato de alumínio 15 mg, 48,75 mg e 75 mg; carbonato de magnésio 30 mg, 107,5 mg e 150 mg. Excipiente q.s.p. 1 comprimido.

Fabricante :

Novaquímica Natures Plus

Rod. SP 101, Km. 08
Hortolândia/SP - CEP: 13186481
Tel: (19 )887-1209
Fax: (19 )887-2242

Medicamentos do mesmo fabricante :

Cenalfan, Daforin, Deposteron, Dialudon, Diazepan nq, Digecap, Doxal, Dozeneurin 5000, E-radicaps, Fosfocaps, Levordiol, Megestran, Mesmerin, Migrane, Mucotoss, Neurolil, Novazepam, Repovit, Somalgin, Sonebon


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.