Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Sintozima - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Ácido Deidrocolico, Bromelina, Celulase, Dimeticona, Metoclopramida e Pancreatina

Classe terapêutica : Antifermentativos, Enzimas Pancreaticas e Est. da Motil. e Secrecao Gastr.

Apresentação : Caixa com 16 drágeas.

Indicação : SINTOZIMA é indicado nas perturbações digestivas decorrentes de deficincia
enzimática ou de alterações de motilidade, meteorismo, flatulência, sensao de plenitude gástrica e nas dispepsias de variadas origens.

Efeitos Colaterais

SINTOZIMA pode causar constipao, diarreia, sonolência (4%), lassitude (9,8%),
distúrbios intestinais (1,2%), náuseas e vômitos.
Raramente podem ocorrer reações extrapiramidais (1%). Principalmente em crianças, podem excepcionalmente ocorrer galactorria, vertigem (0,8%), agitao e ansiedade, edema periorbital e da lngua, erupções da pele e dor bucal e perianal.
Em pacientes idosos pode causar discinesia e, nos desnutridos, podem ocorrer efeitos extrapiramidais.

Modo de Usar :

Uma a duas drágeas, durante ou logo após as refeições principais, devendo o médico estabelecer qual a dose apropriada para o uso por crianças, idosos e pacientes desnutridos.

Contra indicação :

Nos casos de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da formulao, nos pacientes com obstruo biliar mecúnica, hepatite severa, feocromocitoma ou parkinsonismo e nos pacientes epilpticos em tratamento. Não indicada nas síndromes obstrutivas intestinais e na constipao.

Precauções :

devido à presena de metoclopramida na formulao, a dosagem de uso para crianças e idosos deve ser adequada a critério médico. Em caso de indicação durante a gravidez, fazer cuidadosa avaliao dos riscos e benefícios.
Em pacientes diabéticos deve-se considerar o conteúdo de açúcar das drágeas (0,23 g/drgea).

Modo de usar :

Uma a duas drágeas, durante ou logo após as refeições principais, devendo o médico estabelecer qual a dose apropriada para o uso por crianças, idosos e pacientes desnutridos.

Fórmula :

Cada drágea contêm:
Cloridrato de metoclopramida ....................6,0 mg
Bromelana ....................50,0 mg
Pancreatina triple (equivalente a 300 mg de Pancreatina Farm. Bras.) ..........100,0 mg
ácido desidrocélico ....................25,0 mg
Celulase ....................2,0 mg
Dimeticona ....................50,0 mg
Excipientes: fosfato tricélcico, cloreto de metileno, polivinilpirrolidona, lactose, amido de milho, açúcar refinado, celulose microcristalina, crospovidona, óleo vegetal hidrogenado, talco, acetato ftalato de celulose, óleo de rcino, cloridrato de cisteína, goma arbica, corante, carbonato de cálcio, cera branca de abelha, cera de carnaba, q.s.p. ....................1 drgea
OBS.: Cada drágea contêm 0,23 g de açúcar na forma de sacarose.

Conduta Na Superdosagem

Em caso de ingestão exagerada, deve-se proceder ao esvaziamento gástrico por lavagem ou aspiração. As reações extrapiramidais podem ser controladas com o uso de antiparkinsonianos. A discinesia que pode ocorrer é auto-limitada, desaparecendo em 24 horas, podendo ser controlada com anticolinrgicos e antiparkinsonianos.

Informações ao paciênte

Ao esperada do medicamento: SINTOZIMAé atua contra as perturbações digestivas e dispepsias de vrias origens.
Cuidados de armazenamento/Prazo de validade: manter temperatura ambiente (15C a 30ºC), em local seco e proteger da luz. O produto possui prazo de validade de 30 meses a partir da data de fabricação , não devendo ser utilizado após esse perãodo.
Gravidez e lactao: a experiência com o uso de SINTOZIMA durante a gravidez é ainda insuficiente para garantir a segurança do seu uso, portanto informe seu médico sobre a Ocorrência de gravidez na vigncia do tratamento ou após o seu trmino. Informar ao médico se está amamentando.
Cuidados de Administração/interrupção do tratamento: siga a orientao do seu médico, respeitando sempre os horrios, as doses e a duração do tratamento. Não so requeridos cuidados especiais para a interrupção do tratamento, contudo, não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
reações adversas: o uso de SINTOZIMA pode causar priso de ventre, diarreia, náuseas e vômitos. Mais raramente podem ocorrer descoordenao motora e reações alérgicas manifestadas por eruPóo da pele, espirros e lacrimao. Informe seu médico sobre o aparecimento de reações desagradveis.
"TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS
crianças".
ingestão concomitante com outras substâncias: não ingerir com álcool, sedativos,
hipnéticos e narcticos ou com excesso de carbonatos.
Contra-Indicaçõese precauções: deve-se ter cuidado no uso concomitante com outros
medicamentos, porque os efeitos destes podem ser reduzidos. Não deve ser usado por pacientes com obstruo biliar e intestinal mecúnica, ou que tenham apresentado, no passado, reação alérgica a qualquer um dos componentes da fórmula. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do incio ou durante o tratamento.
Deve-se usar com cuidado em crianças ou em pacientes com função renal ou hepática severamente diminuída.
Em pacientes diabéticos deve-se considerar o conteúdo de açúcar das drágeas (0,23 g/drgea).
"NO TOME Remédio SEM O CONHECIMENTO DO SEU médico, PODE SER
PERIGOSO PARA A SUA Saúde".

Interação Medicamentosa :

O uso concomitante de metoclopramida e fenotiazúnicos pode levar à potencializao dos efeitos extrapiramidais. O uso concomitante com atropina e outros anticolinrgicos pode diminuir os efeitos da metoclopramida. A absoro de outras drogas, usadas
concomitantemente, pode estar diminuída.
Não deve ser administrado com álcool, sedativos, hipnéticos e narcticos ou com excesso de carbonatos.

Pacientes Idosos

devido à presena de metoclopramida na formulao, a dosagem para idosos deve ser adequada a critério médico.
Reg. MS-1.0082.0064
Farm. Resp.: Dr. Jos de Andrade - CRF-SP n 6369
"VENDA SOB PRESCRIO médica".
N de lote, data de fabricação e de validade: vide cartucho e/ou rótulo.
SOLVAY FARMA LTDA.
Rua Salvador Branco de Andrade, 93
Taboo da Serra - SP - Indústria Brasileira
CNPJ: 60.499.639/0001-95
SAC: 0800-141500

Propriedades

SINTOZIMA é uma Associação equilibrada de metoclopramida, substâncias digestivas, ácido desidrocélico e dimeticona. A drágea de desintegração lenta permite que os componentes pancreatina e ácido desidrocélico sejam liberados apenas no intestino, onde exercem suas atividades terapêuticas, protegidos da inativao pelo pH do suco gástrico.
A metoclopramida é um antidopaminrgico com ao parassimpaticomimática. Assim,
estimula a motilidade na hipotonia gástrica, facilita o trnsito duodeno-jejunal, bloqueia o antiperistaltismo e o espasmo pilrico e aumenta a velocidade de esvaziamento gástrico. Seu efeito inicia-se 20 a 30 minutos após a administração.
A bromelana é uma mistura de diversas proteases vegetais obtidas do abacaxi, capaz de digerir as proteínas e transform-las em peptdeos e aminoácidos.
A pancreatina triple é uma mistura concentrada de amilase, tripsina, quimiotripsina e lipase, capaz de assegurar a digestáo de carboidratos a dextrinas e dissacardeos, das proteínas a peptdeos e aminoácidos e principalmente dos liPódeos a glicerol e ácidos graxos. O uso conjunto com bromelana assegura maior eficincia nesses processos.
O ácido desidrocélico possui propriedades colerticas e laxativas, induzindo a secreo de água e eletrôlitos na parede intestinal.
A celulase facilita a degradao precoce da celulose, reduzindo o substrato para a formao de gases no intestino pela flora bacteriana.
A dimeticona é agente antifistico, que atua modificando a tenso superficial do líquido
dispersante e das bolhas de gs, permitindo sua coalescncia e ruptura, facilitando sua eliminao.

Fabricante :

Solvay Farma Ltda.

Rua Salvador Branco de Andrade, 93 Taboão da Serra - SP

Indústria Brasileira CNPJ: 60.499.639/0001-95 SAC: 0800141500

Medicamentos do mesmo fabricante :

Alfasin, Burinax, Cetrizin, Cobavital, Creon, Cynt, Deltacid, Duspatalin, Edhanol, Endronax, Famoset, Floxid, Geriavite, Menotensil, Neurium, Pankreoflat, Piascledine_300, Piroxene, Poliginax, Sintalgin, Sintozima, Valmane, Vibral



Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular