Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Sertralina-1Apharma - Bula

Esta bula é meramente informatica destinada ao público em geral.

Princípio ativo : Sertralina

Apresentação :

50 mg COMPRIMIDOS
100 mg COMPRIMIDOS

Este medicamento contêm uma substância ativa, a sertralina.
Os outros componentes so: Lactose monohidratada, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio (tipo A), hidroxipropilcelulose de baixa substituio, estearato demagnésio, hipromelose, macrogol, polisorbato 80, dióxido de titânio (E171).

SERTRALINA SANDOZ 50 mg COMPRIMIDOS:
Cada comprimido revestido por película contêm 50 mg de sertralina, na forma decloridrato.

SERTRALINA SANDOZ 100 mg COMPRIMIDOS:
Cada comprimido revestido por película contêm 100 mg de sertralina, na forma decloridrato.

1.O QUE SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS E PARA

QUE UTILIZAD.

Como se apresentam os comprimidos revestidos por película de SERTRALINA
SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS?

SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS apresenta-se na forma decomprimidos revestidos por película para administração oral e está disponível emembalagens de 14, e 50 unidades.

É possível que não sejam comercializadas todas as Apresentações.

Quais as acções de SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS?
SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS pertence a um grupo demedicamentos designados de inibidores selectivos da recaptao de serotonina
(Antidepressores).

Indicação :

Tratamento de episódios depressivos major.
Tratamento da perturbao obsessiva-compulsiva (POC).
Tratamento da perturbao de púnico com ou sem agorafobia.
Tratamento da perturbao obsessiva-compulsiva (POC) em crianças e adolescentes
(13-17 anos de idade).

2.ANTES DE TOMAR SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS

Não tome SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS: se tem hipersensibilidade (alergia) conhecida sertralina ou a qualquer doscomponentes;com tratamento concomitante com inibidores da MAO incluindo selegilina emoclobemida;se está em tratamento com pimozida;se tem epilepsia instvel e convulsões;se tem insuficincia hepática grave.

Tome especial cuidado com SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg
COMPRIMIDOS:

síndrome serotoninrgico
A sertralina não deve ser utilizada concomitantemente com inibidores da MAO,incluindo o inibidor selectivo da MAO selegilina e o inibidor reversível da MAOmoclobemida ou com outras substâncias serotoninrgicas, tais como o triptofano,fenfluramina e agonistas da serotonina devido ao risco de reações adversas srias.
Para doentes tratados previamente com IMAOs e que descontinuaram este tratamento,deve decorrer um intervalo de pelo menos 14 dias antes de o doente mudar para asertralina. Inversamente, deve decorrer um intervalo de 14 dias antes de os doentestratados com sertralina mudarem para um IMAO.

Suicdio/ideao suicida
A depresso está associada a um aumento do risco de pensamentos suicidas, autoagresso e suicdio (episódios relacionados com suicdio). Este risco pode persistir até

que ocorra remisso significativa. Como a melhoria pode não ocorrer durante asprimeiras semanas ou mais de tratamento, os doentes deverão ter uma vigilância maisapertada até que ocorra essa melhoria. é um dado da experiência clínica geral que orisco de suicdio pode aumentar durante a fase inicial da recuperação.
Outras patologias psiquitricas para as quais a sertralina prescrita poderão estartambm associadas ao aumento do risco de comportamento suicida. Em adio, estascondições poderão ser co-mrbidas com a perturbao de depresso major. Como tal,deverão ser observadas as mesmas precauções utilizadas no tratamento de doentescom perturbao depressiva major no tratamento de doentes com outras perturbaçõespsiquitricas.
Os doentes com história de episódios relacionados com suicdio, aqueles queapresentem um grau significativo de ideao suicida antes do incio do tratamento,estáo sujeitos a um maior risco de pensamentos suicidas ou tentativas de suicdio,devendo por isso ser cuidadosamente monitorizados durante o tratamento. Alémdisso, existe a possibilidade de aumento do risco de comportamento suicida emadultos jovens.

Os doentes (e prestadores de cuidados dos doentes) deverão ser alertados para anecessidade de monitorizao da emergência de ideao suicida, devendo contactarimediatamente o médico se estes sintomas se manifestarem.

Ativao da mania/hipomania
A sertralina deve ser utilizada com precauo em doentes com antecedentes demania/hipomania. necessária uma vigilância rigorosa pelo médico. A sertralina deveser descontinuada em qualquer doente que entre numa fase manaca.

esquizofrenia
Os sintomas psicóticos podem agravar-se em doentes esquizofrúnicos.

Hemorragias
Foram relatadas anomalias hemorrágicas cutâneas tais como equimoses e púrpuracom ISRSs. é aconselhada precauo em doentes tomando ISRSs, particularmente nautilização concomitante com anti-coagulantes, medicamentos que se sabe afectarem afunção plaquetária (por exemplo, anti-psicóticos atépicos e fenotiazinas, a maioria dosanti-depressivos tricclicos, Ácido acetilsalicílico e medicamentos anti-inflamatóriosnão esteroides (AINEs)), bem como em doentes com antecedentes de perturbaçõeshemorrágicas.

terapêutica electro-convulsiva (TEC)
Uma vez que existe pouca experiência clínica sobre a administração concomitante desertralina e TEC, é aconselhável precauo.

Diabetes
Os níveis sanguíneos de glucose devem ser verificados regularmente. A dose deinsulina e/ou hipoglicemiantes orais pode necessitar de ser ajustada.

Perturbações convulsivas
O tratamento deve ser evitado em doentes com epilepsia instvel; os doentes comepilepsia estável devem ser monitorizados cuidadosamente e o tratamento deve serinterrompido se ocorrerem convulsões.

utilização em crianças e adolescentes com menos de 18 anos
A SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS não deve ser utilizadano tratamento de crianças e adolescentes com menos de 18 anos de idade, exceptopara adolescentes (13-17 anos de idade) com perturbao obsessiva-compulsiva.
Comportamentos relacionados com suicdio (tentativa de suicdio e pensamentossuicidas) e hostilidade (predominantemente agresso, comportamento de oposio eraiva) foram observados mais frequentemente em ensaios clínicos entre crianças eadolescentes tratados com anti-depressivos comparados com aqueles tratados complacebo. Não obstante se, com base numa necessidade clínica, for tomada umadeciso de tratar, o doente deve ser cuidadosamente monitorizado para oaparecimento de sintomas suicidas. Em adio, estáo em falta dados de segurança alongo termo em crianças e adolescentes relativamente ao crescimento, maturação edesenvolvimento cognitivo e comportamental.

Informaçães importantes sobre alguns ingredientes de SERTRALINA SANDOZ 50mg/100 mg COMPRIMIDOS:

A SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS contêm lactose. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açucares, contacte o seumédico antes de tomar este medicamento.

Posso tomar SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS se estivergrávida?
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Dados sobre um nmero limitado (n = 147) de mulheres grávidas expostas nãoindicam efeitos adversos da sertralina na gravidez ou na Saúde do feto. Estudos emanimais não forneceram qualquer evidência de efeitos teratogúnicos da sertralina, no entanto, foi observada embriotoxicidade.
A sertralina apenas deve ser usada durante a gravidez se os potenciais benefícios dotratamento para a me ultrapassarem os possveis riscos para o feto emdesenvolvimento.
O seu médico poderá decidir que melhor alterar o tratamento ou interrompergradualmente a toma de sertralina durante a gravidez.
Os recêm-nascidos deverão ser observados nos casos em que a sertralina continuou aser utilizada em estadios avançados da gravidez, particularmente no terceiro trimestre.
A descontinuao abrupta deve ser evitada durante a gravidez.

Os sintomas seguintes poderão ocorrer no recêm-nascido após utilização materna de
ISRS/INSRS em estadios avançados da gravidez: dificuldade respiratéria, cianose,apneia, convulsões, temperatura instvel, dificuldades de alimentao, vômitos,hipoglicemia, hipertonia, hipotonia, hiperreflexia, tremor, agitao, irritabilidade,letargia, choro constante, sonolência e dificuldade em adormecer. Estes sintomaspoderão estar relacionados tanto com efeitos serotoninrgicos como com sintomas dedescontinuao. Na maioria dos casos, as complicações iniciam-se imediatamente oubrevemente (<24 horas) após o parto.

Posso tomar SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS se estiver aamamentar?
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

A sertralina excretada no leite materno. SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg
COMPRIMIDOS não deve ser administrada nas mulheres que amamentam.

SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS pode ser administrada acrianças?
A Sertralina Sandoz 50 mg & 100 mg Comprimidos não deve ser utilizada notratamento de crianças e adolescentes com menos de 18 anos de idade, excepto paradoentes com uma perturbao obsessiva-compulsiva. Não obstante se, com base numanecessidade clínica, for tomada uma deciso de tratar, o doente deve sercuidadosamente monitorizado para o aparecimento de sintomas suicidas.

SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS pode ser administrada aidosos?
Uma vez que a semi-vida de eliminao pode estar prolongada em doentes idosos,deve ser aconselhado que a dose deve ser a mais baixa possível em doentes idosos.

Quais os efeitos da SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS sobrea capacidade de conduo de veículos e utilização de máquinas?
Se utilizada como recomendado, a sertralina pode em casos isolados alterar reaçõesnuma extenso tal, que a capacidade de conduzir veículos e utilizar máquinas outrabalhar em situações potencialmente nocivas pode estar diminuída.
Isto aplica-se particularmente ao incio da terapêutica, é alteração da medicação e ingestão concomitante de álcool ou medicamentos que influenciem a função dosistema nervoso central.
O doente deve ser aconselhado a não conduzir veículos ou trabalhar em situaçõespotencialmente perigosas até serem conhecidos os efeitos individuais da sertralina.

Posso tomar SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS com outros medicamentos?

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomadorecentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.
Uma interaco significa que os medicamentos, quando tomados juntamente comoutros, podem afectar as acções e/ou os efeitos secundários uns dos outros.

Podem ocorrer interações ao tomar SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg
COMPRIMIDOS com:

inibidores da monoamina-oxidase (ex. selegina e moclobemida);pimozida;substâncias serotoninrgicas tais como triptofano, a fenfluramina, dextrometorfano,petidina, tramadol e agonistas da serotonina;hiperico (Erva de S: João);anticoagulantes, fármacos com efeito na função plaquetária (por exemplo, antiinflamatórios não esteroides, derivados do ácido salicélico) e fármacos sucetíveis deaumentar o risco de hemorragia; varfarina; tolbutamida;fenitona;
álcool;sumatriptano;substâncias hipoglicmicas;

diuréticos;desipramina;cimetidina;lítio;anti-depressivos tricclicos,); anti-psicóticos atépicos, fenotiazinas;zolpidem; diazepam;antipirina;cimetidina.

3.COMO TOMAR SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS

Tome SERTRALINA SANDOZ sempre de acordo com as instruções do médico.
Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Qual a dose usual de SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS?

Episódios depressivos major
A dose diária habitual de 50 mg de sertralina.

Se necessário, a dose pode ser aumentada para 100 mg de sertralina/dia. Deve esperarse uma resposta clínica em 2 a 4 semanas.

Perturbao de púnico
Inicialmente, 25 mg em dose única diária. após uma semana, a dose deve seraumentada para 50 mg por dia. Com esta dose, os efeitos indesejáveis precocesrelacionados com o tratamento, tópicos da síndrome de púnico, so reduzidos. Se aresposta for insuficiente, a dose deve ser aumentada gradualmente com incrementosde 50 mg até um máximo de 200 mg por dia. O aumento da dose deve ser feito aolongo de um perãodo de vrias semanas.

Tratamento da perturbao obsessiva-compulsiva em adultos
Inicialmente, 50 mg em dose única diária. Na maioria dos casos, necessário umtratamento durante 4 semanas para se ser capaz de avaliar o efeito, por vezes, maistempo. Se a resposta for insuficiente, a dose deve ser aumentada em 50 mg semanasim, semana não. A dose máxima diária 200 mg de sertralina.

Se forem necessários incrementos da dose, estes devem ser feitos em passos de 50 mga intervalos mínimos de 1 semana. Não devem ser feitas alterações da dose mais doque uma vez por semana devido à semi-vida de eliminao da sertralina ao longo de
24 horas.

Durante a terapêutica a longo termo, o objectivo é administrar a dose mais baixapossível que proporcione eficácia terapêutica.

Tratamento da perturbao obsessiva-compulsiva (POC) em crianças e adolescentes
(13-17 anos de idade)
Inicialmente, 50 mg em dose única diária. A dose máxima recomendada emadolescentes com menos de 18 anos de idade 150 mg por dia. No entanto, devem ser

consideradas doses mais baixas em doentes com baixo peso corporal para evitar níveisplasmáticos elevados.
O incio do tratamento e o follow-up devem ser efectuados por um especialista empsiquiatria de crianças e adolescentes.

método e duração da administração
A sertralina deve ser tomada uma vez por dia, de manhã ou à noite, com líquidosuficiente. Os comprimidos podem ser tomados s refeições ou independentemente daingestão de alimentos.

O incio dos efeitos anti-depressivos pode ocorrer em 7 dias, no entanto, o efeitomáximo geralmente é atingido após 2 a 4 semanas de tratamento; é aconselhável queos doentes sejam informados deste facto.

A duração do tratamento depende da natureza e gravidade da perturbao. após aremisso dos sintomas de depresso, poderá ser necessária uma terapêutica a longotermo para o controlo da remisso (pelo menos 6 meses).

Durante a terminao da terapêutica, a dose deve ser reduzida gradualmente paraevitar reações de privao.

Doentes com insuficincia da função hepática
A sertralina deve ser usada com precauo em doentes com insuficincia hepática.
Embora não seja claro se so necessários ajustes posológicos em caso de insuficinciada função hepática, recomendado que a dose seja reduzida ou que o intervalo entreas doses seja prolongado. A sertralina não deve ser utilizada em caso de insuficinciahepática grave uma vez que não estáo disponíveis dados clínicos.

Doentes com insuficincia da função renal
A insuficincia da função renal não necessita de um ajuste da dose.
Doentes com insuficincia renal grave devem ser rigorosamente monitorizados naterapêutica a longo termo.

Sintomas de privao observados com a descontinuao
Deve ser evitada a descontinuao abrupta. Quando se interrompe o tratamento comsertralina, a dose deve ser reduzida gradualmente ao longo de um perãodo de pelomenos uma a duas semanas de modo a reduzir o risco de reações de privao. Seocorrerem sintomas intolerveis após uma diminuição da dose ou com adescontinuao do tratamento, então pode ser considerado retomar-se a doseanteriormente prescrita. Subsequentemente, o médico pode continuar a diminuir adose, mas a uma taxa mais gradual.

E se me esquecer de tomar SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg
COMPRIMIDOS?
Se não tomou o seu medicamento no momento prprio, Deverá tomar a sua dose omais rapidamente possível. Contudo, se não se tiver apercebido da sua omisso até aomomento da dose seguinte, não tome a dose omissa, mas continue a seguir o seuregime como se nada tivesse acontecido. Pea conselho ao seu médico oufarmacêutico se tiver alguma dvida.

Se tomar SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS mais do quedeveria:

Sintomas de sobredosagem
Os sintomas de sobredosagem de sertralina tomam a forma de efeitos indesejadosmediados pela serotonina tais como sonolência, perturbações gastrointestinais (porexemplo, náuseas e vômitos), taquicardia, tremor, agitao e tonturas. Em casos rarosfoi relatado coma.

Tratamento
Não existe um antídoto específico conhecido para a sertralina. So recomendadas asseguintes medidas: assegurar que as vias respiratórias estáo livres e que fornecidaventilao e terapêutica com O2 adequadas. Administração de carvo ativado emcombinao com soluo de sorbitol ou outro purgante, se necessário, pelo menosto eficaz como a lavagem gástrica. A induo do vômito não é aconselhável. aconselhável a monitorizao geral da função cardiovascular e devem ser fornecidasmedidas gerais de suporte.
Devido ao elevado volume de distribuio para a sertralina, a diurese forçada, dilise,hemoperfuso e transfuso por permuta provavelmente não serão eficazes.

Em caso de (se suspeitar de) sobredosagem, deve contactar imediatamente o seumédico ou o hospital mais próximo ou o Centro de Informação Anti-Venenos (Tel.
808250143).

4.EFEITOS secundáriOS POSSVEIS DA SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100mg COMPRIMIDOS

Como todos os medicamentos, SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg
COMPRIMIDOS pode provocar efeitos secundários; os efeitos secundáriosobservados com a sertralina so os seguintes:

Doenças do sangue e do sistema linfático
Pouco frequentes: púrpura, função plaquetária alterada, diátese hemorrágica alterada
(com, por exemplo, epistaxis, hemorragia gastrointestinal ou hematéria)
Raros: leucopenia, trombocitopenia

Doenças endócrinas
Raros: ginecomastia, hiperprolactinemia, galactorreia, hipotiroidismo, síndrome dasecreo inadequada de ADH (SIADH)

Doenças do metabolismo e da nutrio
Raros: hiponatriemia: esta desapareceu com a interruPóo da terapêutica. Casosisolados podem ter sido atribudos síndrome da secreo inadequada de ADH. Estesefeitos indesejáveis ocorreram principalmente em doentes idosos e em doentesmedicados com diuréticos ou outros medicamentos. níveis séricos elevados decolesterol.

Perturbações de carater psiquiátrico
Muito frequentes: insônia, sonolência, anorexia

Frequentes: bocejos, agitao, ansiedade
Pouco frequentes: euforia, sintomas depressivos, alucinações, mania, hipomania
Raros: ideao/comportamento suicida, agitao psicomotora/acatésia, perda de libido
(em mulheres e homens), pesadelos, reações agressivas, psicose.

Doenças do sistema nervoso
Muito frequentes: tremor, tonturas, xerostomia (boca seca)
Frequentes: cefaleias, perturbações motoras (incluindo sintomas extra-piramidais, taiscomo hipercinsia, tnus muscular aumentado, ranger de dentes e passo diminuído),parestesia, hipoestesia, sudao aumentada
Pouco frequentes: enxaqueca
Raros: contracções musculares involuntárias, coma, convulsões, sinais e sintomasassociados com síndrome da serotonina: agitao, confuso, diaforse, diarreia, febre,hipertenso, rigidez e taquicardia. Em alguns casos, estes sintomas ocorreram emassociao com a utilização concomitante de agentes serotoninrgicos.

Afecções oculares
Frequentes: viso diminuída
Pouco frequentes: midrase

Afecções do ouvido e do labirinto
Frequentes: zumbidos

Cardiopatias
Frequentes: dor torácica, palpitações
Pouco frequentes: hipertenso, sncope, taquicardia

Vasculopatias
Pouco frequentes: edema perifrico, edema periorbital

Doenças respiratórias, torácicas e do mediastino
Raros: broncospasmo

Doenças gastrointestinais
Muito frequentes: náuseas, diarreia/fezes moles
Frequentes: dispepsia, obstipao, dor abdominal, vômitos
Pouco frequentes: apetite aumentado, pancreatite

Afecções hepatobiliares
Pouco frequentes: perturbações hepáticas graves (incluindo hepatite, icterícia einsuficincia hepática), elevao assintomática de transaminases séricas (SGOT e
SGPT). As alterações aos níveis de transaminases ocorreram principalmente nas 9semanas iniciais de tratamento e desapareceram rapidamente após interruPóo daterapêutica.

Afecções dos tecidos cutâneos e subcutâneas
Frequentes: exantema cutâneo
Pouco frequentes: prurido, alopecia, eritema multiforme
Raros: fotosensibilidade cutânea, urticária, edema de Quincke, exfoliao drmicagrave, por exemplo, síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica

Afecções musculosquelticas e dos tecidos conjuntivos
Pouco frequentes: artralgia

Doenças renais e urinárias
Pouco frequentes: incontinncia urinária
Raros: edema facial, reteno urinária

Doenças dos rgos genitais e da mama
Muito frequentes: perturbações sexuais (principalmente ejaculao retardada emhomens)
Frequentes: perturbações menstruais
Raros: priapismo

Perturbações gerais e alterações no local de Administração
Frequentes: astenia, cansaço, afrontamentos
Pouco frequentes: indisposio, aumento de peso corporal, perda de peso corporal,febre
Raros: reação anafilactide, reações alérgicas, alergias

Exames complementares de diagnóstico
Houve relatos raros de resultados laboratoriais clínicos anmalos e/ou funçãoplaquetária alterada em doentes a tomar sertralina.

Foi relatada disfunção sexual masculina em 23% (corrigido para o placebo) dosdoentes do sexo masculino em ensaios clínicos sobre o tratamento de fobias sociais.
As reações adversas medicamentosas so dependentes da dose e frequentementetransitérias quando o tratamento é continuado.

Tambm foram relatados os sinais e sintomas associados síndrome da serotoninatais como agitao, confuso, diaforse, diarreia, febre, hipertenso, rigidez etaquicardia, em alguns casos associados utilização concomitante de medicamentosserotoninrgicos.

Sintomas de privao observados na descontinuao do tratamento com ISRS
A descontinuao do tratamento com ISRSs/INSRSs (particularmente quandoabrupta) frequentemente leva a sintomas de privao. Foram relatados tontura,distúrbios sensoriais (incluindo parestesias e sensao de choque elctrico),perturbações de sono (incluindo insônias e sonhos vvidos), agitao ou ansiedade,náuseas e/ou vômitos, tremor, confuso, sudao, cefaleias, diarreia, palpitações,instabilidade emocional, irritabilidade e distúrbios visuais. Geralmente, estes efeitosso ligeiros a moderados e so auto-limitantes, no entanto em alguns doentes poderãoser graves e/ou prolongados. Por esse motivo é aconselhável que se efectue umadescontinuao gradual por reduo da dose quando o tratamento com sertralina jánão for necessário.

Se um efeito secundário parecer invulgarmente grave ou se sofrer de um efeitoindesejável não mencionado nesta bula, é aconselhável que contacte o seu médicoou farmacêutico.

5.CONSERVAO DA SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg COMPRIMIDOS

Este medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservao.
Conserve este medicamento na embalagem original.
Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Todos os medicamentos podem perder a validade. Na cartonagem, está impressa umadata que é a data de validade. SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100 mg
COMPRIMIDOS não deve ser tomada depois desta data. Qualquer medicamento forada validade ou que não for usado pode ser entregue na farmcia.

6.Outras informações

A informação nesta bula aplica-se apenas a SERTRALINA SANDOZ 50 mg/100mg COMPRIMIDOS. Se tem alguma dvida ou pergunta, contacte o seu médico oufarmacêutico.

Fabricante :

Sandoz farmacêutica Lda.
Alameda da Beloura
Edifício 1, Esc. 15
2710-693 Sintra

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular