Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Selene - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Acetato de Ciproterona e Etinilestradiol.

Classe terapêutica : Hormônios

Apresentação : Cartucho contendo um blister com 21 drágeas.

Indicação : Tratamento das manifestações androgênicas da mulher, como, por exemplo, acne, particularmente as formas acentuadas e aquelas acompanhadas de seborria, inflamações ou ndulos (acne papulopustulosa, acne nodulocstica), alopecia androgênica, casos leves de hirsutismo. Selene também é indicado no tratamento dos casos leves de hirsutismo, especialmente o facial leve.

Efeito Colateral :

Em casos isolados, o tratamento pode causar cefaleias, distúrbios gástricos, náuseas, tenso mamria, variações de peso, alterações da libido e do humor. após tratamentos prolongados aparecem, Às vezes, em mulheres predispostas, pigmentações (cloasma) no rosto, que ficam mais visíveis após exposio ao sol. Por isso recomenda-se a mulheres predispostas que não se exponham durante muito tempo aos raios solares. Em casos isolados, observou-se uma diminuição da tolerância a lentes de contato.

Modo de Usar :

Antes de iniciar o tratamento deve ser feito exame geral detalhado, minuciosa exploração, incluindo as mamas, e deve ser afastada a possibilidade de gravidez. Durante tratamentos prolongados, a paciente deve ser submetida a exames de controle a cada 6 meses aproximadamente. Uma drágea ao dia, de pReferência após o café da manhã ou o jantar, iniciando no primeiro dia do ciclo (primeiro dia de sangramento = primeiro dia do ciclo). Nos ciclos subseqentes, Deverá ser observado um intervalo de 7 dias entre a última drágea do ciclo e a primeira do ciclo que se inicia. A duração do tratamento depende da gravidade do quadro clínico: em geral de Vários meses. após a remisso dos sintomas, recomenda-se prolongar o tratamento durante pelo menos 3-4 ciclos. Se após vrias semanas ou meses após o final do tratamento ocorrerem recidivas, não há inconvenientes em administrar Selene novamente. - Superdosagem: a resposta depende de cada paciente, mas em geral pode provocar náuseas, algumas pacientes podem apresentar sangramento vaginal por supresso. Tratamento: induo de vômito, lavagem gástrica, medidas gerais de suporte.

Contra indicação :

Gravidez; perãodo de lactao; alterações graves da função hepática; antecedentes de icterícia idioPótica gravódica e prurido gestacional grave; síndrome de Dubin-Johnson e de Rotor; tumores hepáticos (atuais ou já tratados); processos tromboemblicos ou antecedentes dos mesmos (por exemplo: acidente vascular cerebral, infarto do miocárdio); anemia falciforme; carcinoma de mama ou de endométrio tratados ou atuais; diabetes grave com alterações vasculares; alterações do metabolismo liPódico; antecedentes de herpes gravdico; otosclerose agravada durante gestações precedentes.

Precauções :

Comportamento ante sangramentos vaginais: a Ocorrência de sangramentos vaginais durante as três semanas de uso do produto, não motivo para interromper o tratamento. Um ligeiro sangramento pode desaparecer por si s; caso o sangramento tenha intensidade semelhante menstruao normal, a causa deve ser investigada. Comportamento ante a ausência de sangramento menstrual: se excepcionalmente não ocorrer sangramento durante os sete dias de descanso, o tratamento não deve ser continuado até que seja excluída a possibilidade de gravidez. Esquecimento de uma drgea: o esquecimento de uma drágea pode ser corrigido tomando-a dentro das 12 horas seguintes hora da tomada habitual. Se ao notar o esquecimento, já houver transcorrido mais de 12 horas, a paciente deve continuar tomando as drágeas restantes excluindo a drágea não tomada por esquecimento. Normalmente ocorre sangramento durante a semana de pausa após 21 drágeas. Se não ocorrer sangramento após um ciclo de tomada irregular, a possibilidade de gravidez deve ser excluída. Erros na administração, vômitos ou distúrbios intestinais com diarreia, alterações metabólicas individuais muito pouco frequentes ou a administração simultânea prolongada de determinados medicamentos com barbitúricos, fenilbutazona, hidantona, rifampicina, ampicilina, pode influir desfavoravelmente sobre a eficácia contraceptiva (primeiros sintomas possveis: sangramentos intermediários). Nestes casos deve-se empregar adicionalmente outros métodos contraceptivos. Deve haver cuidadosa vigilância se a paciente apresentar: diabetes, hipertenso, varizes, otosclerose, esclerose múltipla, epilepsia, porfiria, tetania, chorea minor, antecedentes de flebite ou tendências a diabetes. Se a paciente queixar-se de cefaleia semelhante enxaqueca ou houver aumento de frequência de cefaleias de intensidade não habitual, bem como distúrbios repentinos da percePóo (viso, audição, etc.), sinais iniciais de tromboflebites ou tromboembolias (edemas ou dores não habituais nas pernas, dor ao respirar ou tosse de origem desconhecida); sensao de dor e constrio do trax, a medicação deve ser suspensa. também em casos de intervenções planejadas (6 semanas antes da data prevista) ou imobilidade forçada (acidentes, etc.) a medicação deve ser suspensa imediatamente. Em todos estes casos pode existir risco maior de trombose. Outros motivos para suspender a medicação : aparecimento de icterícia, hepatite, prurido generalizado, aumento da frequência dos ataques epilticos, aumento considervel da presso arterial, gravidez. Caso o medicamento tenha sido usado durante a gravidez, deve-se observar atentamente os fetos masculinos devido à possibilidade de feminizao dos mesmos pela supresso androgênica. Observações especiais: segundo as mais recentes informaçães, não se pode excluir que a administração de associações estrgeno-progestogênicas hormonais não esteja associada a aumento de risco de doenças tromboemblicas venosas e arteriais. Com relao trombose arterial (por exemplo: apoplexia, infarto do miocárdio) parece aumentar o risco relativo quando, concomitantemente, existem outros fatores, tais como, intenso consumo de cigarro, idade mais avançada e uso de contraceptivos orais combinados por Vários anos. Muito raramente se observam alterações hepáticas sob emprego prolongado de substâncias hormonais, como as do produto, que obriguem a suspenso da sua administração. Por isso se surgirem dores não habituais na regio epigástrica, que não cessem por si s dentro de pouco tempo, deve ser excluída a existância de hepatopatia. Interações Medicamentosas:: não so conhecidas Interações clinicamente significativas do produto com outros medicamentos, mas se a paciente estiver fazendo uso regular de outros medicamentos que contenham barbitúrico, fenilbutazona, hidantona, rifampicina, ampicilina, a eficácia do produto pode ser reduzida. Pode também modificar-se a necessidade de antidiabéticos ou insulina. Como no caso de outros produtos orais, laxantes suaves não reduzem a segurança contraceptiva.

Fórmula :

Cada drágea contêm: etinilestradiol 0,035 mg;acetato de ciproterona 2,000 mg. Excipiente q.s.p. 1 drgea.

Fabricante :

EUROFARMA LABORATÓRIOS LTDA.
Av. Ver. José Diniz, 3.465
São Paulo – SP
SAC 0800-704-3876
euroatende@eurofarma.com.br
CNPJ: 61.190.096/0001-92
Indústria Brasileira

Medicamentos do mesmo fabricante :

Acetilcisteina, Aciclovir, Aires, Algiprofen, Amoxicilina, Amplacilina, Anastrozol, Andolba, Anginorub, Benzetaci, Bromazepam, Calfolin, Cefadroxil, Cefalexina, Cefazol, Cefotax, Ceftazidima, Cetoprofeno, Ciprocin, Cisplatex, Citab, Citavir, Closecs, Debei, Dexalgen, Digestbem, Diupress, Diurisa, Doxina, Equitam, Etopos, Fisiofer, Flusan, Fluxene, Helmiben, Hiperex, Inotam, Lamivudina, Lento C, Locoid, Lorium, Mantidan, Mecacin, Mepraz, Micotrizol, Minilax, Mucodestrol, Mud, Nistatina, Norelbin, Omnic 04, Paclitax, Paracetamol, Pipurol, Pondera, Proflan Comprimidos, Proflan Creme, Rubina, Selene, Siludrox, Simeco Plus, Stimulance Multi Fiber, Subitan, Superhist, Vagitrene, Vagivit, Vasativ, Wycillin, Zart 50 mg, Zart H, Zart, Zidix, Zina 5 mg, Zina,

Medicamentos com o mesmo princípio ativo :



Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto