Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Sabril - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Vigabatrin.

Classe terapêutica : Anticonvulsivantes.

Apresentação : Comprimidos: caixas com 60.

Indicação : Coadjuvante no tratamento da epilepsia parcial, com ou sem generalizacao secundaria, nao controlada adequadamente por outros medicamentos antiepilepticos. coadjuvante no tratamento tentativo de outras formas de epilepsia refratarias aos tratamentos usuais, nao havendo evidencias conclusivas atuais de efeitos beneficos nas crises tipo ausencia e mioclonicas.

Efeito Colateral :

As reacoes adversas mais frequentes estao relacionadas principalmente ao sistema nervoso central, provavelmente como consequencia secundaria ao aumento de gaba produzido por sabril, sendo reversiveis com a suspensao da medicacao. a sonolencia e o efeito sedativo, quando observados, costumam diminuir ou desaparecer com a continuacao do tratamento. podem ainda ocorrer fadiga, tontura, nervosismo, irritabilidade, depressao, cefaleia e, menos comumente, confusao, psicose, alteracoes de memoria, disturbios visuais como diplopia e a neurite optica. em criancas, os efeitos adversos mais comumente relatados sao excitacao e agitacao. pode ocorrer reacao paradoxal, com aumento na frequencia das crises. pacientes com crises mioclonicas podem ser particularmente sujeitos a esse efeito. outras reacoes colaterais incluem aumento de peso e efeitos gastrintestinais leves. - interacoes medicamentosas: como sabril nao e metabolizado no figado, nao se liga a proteinas, nem tampouco e indutor do sistema enzimatico do citocromo p450, interacoes com outras drogas sao pouco provaveis. as concentracoes plasmaticas de carbamazepina, fenobarbital e valproato de Sódio. monitorizadas durante estudos clinicos controlados, nao sofreram variacao significativa com a administracao concomitante de sabril. entretanto, durante os estudos clinicos controlados, observou-se uma reducao gradual de cerca de 20% nas concentracoes plasmaticas de fenitoina. a natureza desta interacao ainda nao foi elucidada. - superdosagem: sinais e sintomas: tratando-se de medicamento novo, conhece-se muito pouco sobre a superdosagem no homem, tendo sido relatados casos isolados de superdosagem. com a dose diaria de 14 g durante 3 dias, apos ingestao acidental, observou-se apenas vertigem e tremor transitorios. tratamento: nao ha antidoto especifico. ha relato de uma paciente de 18 anos que ingeriu 30 g de vigabatrim e 250 mg de clorazepato dipotassico em tentativa de suicidio, o que a levou a estado de coma, persistente por 4 dias com recuperacao sem sequelas. o quadro comatoso foi, entretanto, atribuido mais ao clorazepato do que ao vigabatrin. recomendam-se as medidas usuais de suporte.

Modo de Usar :

Sabril pode ser administrado uma ou duas vezes ao dia. em adultos, a dose inicial recomendada e de 2 g (4 comprimidos) que deve ser adicionada a droga antiepileptica em uso pelo paciente. se necessario, a posologia pode ser aumentada ou reduzida gradualmente em fracoes de 0,5 a 1 g semanalmente ou a intervalos maiores, dependendo da resposta clinica ou tolerabilidade. aumentos na posologia acima de 4 g/dia, em geral, nao resultam em maior eficacia. - uso pediatrico: criancas de 3 a 9 anos: dose inicial 1 g (2 comprimidos) diariamente. criancas maiores de 10 anos: 2 g (4 comprimidos) diariamente. dose media: 45 mg/kg/dia. - uso geriatrico e em pacientes com insuficiencia renal: sabril e eliminado pelos rins e, portanto, deve-se ter cuidado quando se administrar a droga a pacientes idosos e, particularmente, a pacientes com clearance de creatinina inferior a 60 ml/min. e recomendavel que tais pacientes iniciem o tratamento com sabril com posologias menores e sejam cuidadosamente observados em relacao a efeitos adversos como sedacao ou confusao mental. os comprimidos podem ser ingeridos antes ou apos as refeicoes.

Contra-Indicações

contra indicado para pacientes com historia de hipersensibilidade ao vigabatrin. deve ser usado com cuidado em pacientes com historia pregressa de disturbios comportamentais e psiquiatricos. nestes casos e recomendado vigilancia cuidadosa devendo ser considerada a necessidade de observacao em nivel hospitalar (vide advertencias). - gravidez e lactacao: sabril nao deve ser administrado a mulheres gravidas ou que possam vir a engravidar ou que estejam amamentando. nao existem estudos bem controlados em mulheres gravidas ou durante a lactacao.

Precauções :

Como outros medicamentos antiepilepticos, a suspensao abrupta de vigabatrin pode ocasionar crises em efeito rebote. se for necessaria a interrupcao do tratamento, e recomendavel que se reduza gradualmente a posologia do medicamento por um periodo de 2 a 4 semanas. ha tambem relatos de quadro psicotico grave causado pela suspensao abrupta do medicamento. tem sido observada sonolencia em estudos clinicos e os pacientes devem ser alertados para tal possibilidade antes de iniciar o tratamento. deve-se ter cuidado especial em pacientes que dirigem, operam maquinas ou que realizam atividades que exigem muita atencao. tem sido relatadas alteracoes comportamentais apos inicio da terapia com vigabatrin. embora seja frequente a melhora do humor consequente a melhora clinica, em alguns casos a alteracao do comportamento pode obrigar a suspensao do tratamento. tambem foram descritos quadros de psicose causados pelo vigabatrin, reversiveis com a suspensao do tratamento. pacientes com historia de comportamento anormal (por exemplo episodios psicoticos anteriores), parecem ser mais suscetiveis a essa reacao. em tais pacientes e aconselhavel a introducao cuidadosa do medicamento, utilizando dose menor e acompanhamento frequente. sabril permanece sob farmacovigilancia em toxicidade a longo prazo, pois estudos de toxicidade em caes e ratos mostraram microvacuolos sugestivos de edema intramielinico. embora o seguimento de 1 a 4 anos nao tenha demonstrado alteracoes nervosas no homem sao ainda necessarios para melhor conhecimento do farmaco estudos mais prolongados.

Fórmula :

Cada comprimido contem: vigabatrin 500 mg. os comprimidos sao sulcados para facilitar a adequacao posologica.

Fabricante :

Merrell Lepetit Farmacêutica Ltda.

Rua Goianinha , 321 , Curicica, Rio de Janeiro - RJ

Medicamentos do mesmo fabricante :

Calcort, Dorflex, Equilid 200 mg, Flebocortid, Plasil, Rifocina M, Sabril


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular