Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Resprin - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Carbetapentano, Carbinoxamina, Fenilefrina e Paracetamol.

Classe terapêutica : Analgesicos, Antihistaminicos, Antipireticos e Descongestionantes

Apresentação : Comprimidos: 12 comprimidos e (ou) 50 blisters com 4 comprimidos cada. Elixir: frasco com 60 ml.

Indicação : No alívio das dores de cabeça, febre, coriza, tosse, dores musculares e congestáo nasal, sintomas associados com os processos das vias aéreas superiores. Resprin É constituído por uma Associação cujo componente básico é o paracetamol (acetaminofen), estando indicado nos processos de vias aéreas superiores nos quais a dor e a febre fazem parte do quadro. Sua base ativa está apoiada nos efeitos de quatro substâncias: paracetamol (acetaminofen), substâncias com definida ao analgésica e antitrmica, segura e eficaz, desprovida da ao gástrica irritativa; citrato de pentoxiverina (citrato de carbetapentano): antitussgeno sem ao depressora central, não causa dependência fsica ou psquica e praticamente isento de efeitos colaterais; cloridrato de fenilefrina: vasoconstritor que elimina a congestáo nasal; maleato de carbinoxamina: potente Anti-histamínico. Resprin tem sua ao comprovada por estudos clínicos.

Efeito Colateral :

Raramente se observam reações de hipersensibilidade, mas se isso ocorrer deve-se interromper a administração da droga. também raramente so mencionados outros efeitos adversos como desconforto gástrico. Sob uso prolongado, podem surgir discrasias sanguíneas. A literatura a respeito do paracetamol relata casos de trombocitopenia, pancitopenia, agranulocitose, anemia hemoltica e meta-hemoglobinemia, já tendo sido relatados casos de aplasia medular. O uso prolongado pode provocar necrose papilar renal. reações cutâneas tem sido relatadas e incluem principalmente eritema e urticárias. Dependendo da sensibilidade individual do paciente, leve sonolência poderá ocorrer após a primeira dose; por esse motivo recomenda-se aos pacientes especial cuidado ao executarem trabalhos mecúnicos que requeiram ateno até que sua reação seja determinada.

Modo de Usar :

Comprimidos: adultos acima de 12 anos: dose inicial de 2 comprimidos e a seguir 1 a 2 comprimidos cada 4 horas, ou a critério médico. Elixir: crianças de 2 a 6 anos: 1/2 a 1 colher das de chá cada 4 horas. Crianças de 6 a 12 anos: 1 colher das de chá cada 4 horas. Adultos: 2 colheres das de chá cada 4 horas, ou a critério médico.

Contra indicação :

É contra indicado nos três primeiros meses de gravidez e após esse perãodo Deverá ser administrado nos casos de necessidade sob controle médico. Resprin não deve ser administrado a pacientes com hipersensibilidade conhecida a algum dos componentes. Pacientes com problemas cardíacos, presso alta, diabetes, problemas de tireide e problemas hepáticos, deverão estar sob superviso médica para fazer uso de Resprin. Deve ser administrado com cautela em pacientes com função renal ou hepática comprometidas. Embora hajam poucos relatos de disfunção hepática nas doses habituais de paracetamol, é aconselhável monitorizar-se a função hepática nos casos de uso prolongado. Devido é ao de potencializao de anticoagulantes cumarúnicos, não deve ser usado concomitantemente a esses produtos. Deve ser usado com cautela em pacientes que fazem uso regular de álcool e barbitúricos, devido ao risco de sobrecarga metabólica ou possível agravamento do comprometimento hepático já existente.

 

Fórmula :

Comprimidos: cada comprimido contêm:paracetamol 400 mg; citrato de pentoxiverina 10 mg; cloridrato de fenilefrina 10 mg; maleato de carbinoxamina 2 mg. Excipiente q.s.p. 1 comprimido. Elixir: cada colher das de chá (5 ml) contêm: paracetamol 200 mg; citrato de pentoxiverina 5 mg; cloridrato de fenilefrina 5 mg; maleato de carbinoxamina 2 mg; excipiente q.s.p. 5 ml.

Fabricante :

Johnson & Johnson

Remédios da mesma Classe terapêutica

A.a.s., Acetofen, Actiprofen, Agasten, Alergitrat

Remédios que contêm o mesmo Princípio Ativo

Acetofen, Algifen, Algizolin, Antigripine, Asafen

Classes Terapeuticas : Analgésicos, Antihistaminicos, Antipireticos, Descongestionantes
Princípios Ativos: Carbetapentano, Carbinoxamina, Fenilefrina, Paracetamol
Advertência: O site Bulário-Brasil tem por objetivo a informação e divulgao de temas médicos. As informaçães aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua Saúde.

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular