Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Rehidrat 90 - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Glicose, Cloreto de Potassio, Sais Minerais Usados para Hidratacao e Citrato de Sódio.

Classe terapêutica : Eletrolitos

Apresentação : Po - envelopes com 13,95 g.

Indicação : Rehidrat 90 esta indicado para reposicao das perdas acumuladas de agua e eletrolitos (reidratacao) ou para manutencao da hidratacao (apos a fase de reidratacao), em quadros de doenca diarreica aguda.

Efeito Colateral :

Nao se observam, com a posologia recomendada. - advertencias: deve-se seguir com atencao as instrucoes de preparo contidas na embalagem de rehidrat 90, usando as quantidades recomendadas de agua e, sempre que possivel, agua previamente fervida. apos abertura do frasco ou preparo da solucao, o que nao foi consumido em 24 horas deve ser desprezado. a administracao aguda de sais de Sódio. em quantidades acima da capacidade renal de excrecao, produz aumento da osmolaridade, principalmente extracelular. nao ha toxicidade cronica com o uso de rehidrat 90.

Modo de Usar :

Rehidrat 90 deve ser oferecido com grande frequencia ao paciente, permitindo que o volume e a velocidade de ingestao sejam determinadas por sua aceitacao. como regra geral, recomenda-se de 100 a 150 ml/kg de peso corporal, a serem administrados em periodos de 4 a 6 horas; e possivel, entretanto, grande variacao entre pacientes. mesmo que no inicio haja vomitos, insista em administrar a solucao, em quantidades menores, pois, assim que o paciente comeca a reidratar-se, os vomitos costumam desaparecer. se nas primeiras duas horas de tratamento os vomitos continuarem impedindo que o doente tome a solucao, procure imediatamente o medico. modo de usar: dissolver o conteudo do envelope em 500 ml de agua, se possivel, previamente filtrada e/ou fervida e esfriada. apos o preparo, manter a Solução em recipiente tampado, em local fresco, preferencialmente em refrigerador. esta Solução pode ser usada por 24 horas. apos este periodo, inutilizar o restante da Solução e, se necessario, preparar nova solucao. superdosagem: quadro clinico: hipernatremia e hiperpotassemia leves sao geralmente assintomaticas. hipernatremia severa pode manifestar-se por febre elevada, sede, oliguria acentuada, quadro neurologico com alteracao de consciencia, de letargia ao coma, irritabilidade, hiper-reflexia, rigidez de nuca e convulsoes; hiperpotassemia severa pode causar fraqueza e paralisia muscular, arritmias cardiacas, falencia circulatoria e parada cardiaca. tratamento: ocorrendo superdosagem, o tratamento dependera da gravidade do quadro. apos dosagem dos eletrolitos, os niveis normais devem ser corrigidos com reposicao hidroeletrolitica balanceada, com auxilio de Solução diluida de glicose. na insuficiencia renal, os eletrolitos sao facilmente dialisaveis.

Contra indicação :

Rehidrat 90 e contra-indicado em ileo paralitico, em obstrucao ou perfuracao intestinal e nos vomitos incoerciveis. interacoes medicamentosas ou com alimentos: rehidrat 90 nao interage com alimentos podendo manter a alimentacao habitual durante seu uso. nao foram descritas interacoes com outros farmacos. contudo, alteracoes hidroeletroliticas, em especial quando acompanhadas de acidose ou alcalose, podem alterar a acao farmacologica de alguns medicamentos.

Precauções :

Solucoes orais contendo potassio devem ser usadas com cautela se a funcao renal estiver diminuida. havendo diurese adequada nas primeiras horas de reidratacao, dificilmente ocorrera superdosagem, pois os rins excretam excesso de eletrolitos. a situacao em que existe maior risco de superdosagem e o preparo incorreto, com menos agua do que o recomendado. neste caso pode ocorrer, como consequencias mais graves de superdosagem, hipernatremia e/ou hiperpotassemia.

Fórmula :

Cada envelope de 13,95 g de rehidrat 90 contem: cloreto de potassio 0,75 g, citrato de Sódio.diidratado 1,45 g, cloreto de Sódio.1,75 g, glicose 10,00 g. composicao hidroeletrolitica: cada 1000 ml da Solução de rehidrat 90 contem: potassio 20,0 meq/l, citrato 30,0 meq/l, sodio 90,0 meq/l, cloreto 80,0 meq/l, glicose 111,0 mmol/l.

Fabricante :

Biolab Searle

Endereço: Avenida Paulo Ayres, 280, Taboão da Serra - SP, 06767-220
Telefone:(11) 3573-6000

Medicamentos do mesmo fabricante :

Aldazida 50, Cicladol, Codelasa, Cytotec, Decortil, Dexacobal, Diltizem, Foldan, Gaviz, Rehidrat_90, Zalain



Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.


Jesus a Chave Hermenêutica, Curso exclussivo com o Pastor Caio Fábio