Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Protectina - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : doxiciclina base ,sob forma de hiclato.

Apresentação : Caixas com 15 cápsulas de 100 mg; caixa com 5 e 10 cápsulas de 200 mg.

Indicação : Infecções por riquttsias: febre maculosa das montanhas rochosas, febre tifide, febre Q, varola por riquttsia e febre do carrapato. Infecções do trato respiratério por Mycoplasma pneumoniae (PPLO, agente de Eaton). Linfogranuloma venreo (Chlamydia trachomatis). Psitacose e ornitose (Chlamydia psittaci). Tracoma (Chlamydia trachomatis). Conjuntivite aguda (Chlamydia trachomatis). Infecces uretrais, endocervicais ou retais não complicadas em adultos por Chlamydia trachomatis. Uretrite não gonoccica (Ureaplasma urealyticum). Febre reincidente por Borrelia recurrentis. Infecções causadas pelos seguintes microorganismos gram-negativos: cancride (Haemophilus ducreyi). Peste (Yersinia pestis). Tularemia (Francisaella tularensis). célera (Vibrio cholerae). Infecções por Campylobacter fetus. Brucelose por Brucella sp. (em conjunto com estreptomicina). Bartonelose (Bartonella bacilliformis). Granuloma inguinal (Calymmatobacterium granulomatis). Infecções causadas pelos seguintes microorganismos quando o teste bacteriológico indicar sensibilidade apropriada: Escherichia coli, Enterobacter aerogenes, Shigella sp., Acinetobacter sp., infecções respiratórias por Haemophilus influenzae. Infecções respiratórias e urinárias por Klebsiella sp. Infecções das vias respiratórias superiores por Streptococcus pneumoniae, infecções da pele e estruturas cutâneas por Staphylococcus aureus. Alternativa para o tratamento das seguintes infecções: gonorréia não complicada (Neisseria gonorrhoea), infecções por Neisseria meningitidis, sífilis (Treponema pallidum), bouba ou framboesia ou papiloma zimático (Treponema pertenue), listeriose (Listeria monocytogenes), antraz (Bacillus anthracis), infeção de Vincent (Fusobacterium fusiforme), actinomicose causada por Actinomyces israelli e outras infecções decorrentes de Actinomyces sp., infecções por Clostridium sp. Terapia adjuvante na amebase intestinal aguda e na acne grave. Tratamento e preveno seletiva do célera em adultos. Tratamento da malria Falciparum resistente cloroquina. Preveno da diarreia de viajantes em adultos. Preveno da leptospirose.

Efeito Colateral :

Anorexia, náuseas, vômitos, diarreia, glossite, disfagia, enterocolite e lesões inflamatórias na regio anogenital. Hepatotoxicidade (rara). Casos raros de esofagite e ulceração esofagiana com cápsulas ou comprimidos de tetraciclinas. Exantemas maculopapulares e eritematosos, fotossensibilidade Dermatite esfoliativa. Elevao do nitrognio urico sanguíneo. Edema angioneurtico, anafilaxia, púrpura anafilactide, doença do soro, pericardite e exacerbao de lpus eritematoso sistêmico. Anemia hemoltica, trombocitopenia, neutropenia e eosinofilia. Fontanelas abauladas em crianças e hipertenso intracraniana benigna em adultos. Descoloração microscpica da glndula tiráide. Podem ocorrer elevações falsas dos níveis urinários de catecolaminas.

Modo de Usar :

Crianças maiores de 8 anos: 4 mg/kg em crianças com até 50 kg no 1 dia de tratamento, em dose única diária ou em 2 tomadas a cada 12 horas. Dose de manuteno de 2 mg/kg, em dose única diária ou em 2 tomadas a cada 12 horas. Em infecções mais graves doses de manuteno de até 4 mg/kg podem ser usadas. Em crianças com mais de 50 kg, usar dose para adultos. Adultos: 200 mg no primeiro dia de tratamento (administrados em dose única ou em duas tomadas de 100 mg a cada 12 horas), com dose de manuteno de 100 mg/dia em dose única. Em infecções mais severas (como infecções crônicas do trato urinário), administrar doses diárias de 200 mg durante todo o tratamento. Infecções uretrais, endocervicais ou retais não complicadas em adultos por Chlamydia trachomatis: 100 mg, 2 vezes ao dia durante 7 dias. Infecções gonoccicas não complicadas (exceto infecções anorretais em homens): 100 mg, 2 vezes ao dia por 7 dias. Esquema alternativo em dose única: administrar 300 mg inicialmente, seguidos de uma segunda dose de 300 mg após 1 hora (com alimentos, inclusive leite ou bebidas carbonatadas). Orquiepididimite aguda por C. trachomatis ou N. gonorrhoea: 100 mg, 2 vezes ao dia durante no mínimo 10 dias. Ureaplasma urealyticum (micoplasma-T): tratar tanto homem quanto sua parceira com 100 mg, 2 vezes ao dia durante 4 semanas. Uretrite não gonogcica por Ureaplasma urealyticum: 100 mg, 2 vezes ao dia por 7 dias. Doença inflamatória Pólvica aguda: pacientes ambulatoriais - cefoxitina 2 g IM ou amoxicilina 3 g via oral ou ampicilina 3,5 g via oral ou benzilpenicilina procana (penicilina G) aquosa 4,8 milháes de unidades IM em 2 locais diferentes ou ceftriaxona 250 mg IM. Cada um desses esquemas, exceto a ceftriaxona, deve ser acompanhado de probenecida 1 g via oral e seguido de doxiciclina 100 mg, 2 vezes ao dia, por 10 a 14 dias. sífilis primria e secundária: 300 mg ao dia em doses divididas por pelo menos 10 dias. Tratamento e preveno seletiva de célera em adultos: dose única de 300 mg. Tratamento de malria Falciparum cloroquina-resistente: 200 mg ao dia durante um mínimo de 7 dias, sempre associada a um esquizonticida de ao rápida, como o quinino. Preveno da diarreia de viajantes em adultos: 200 mg no primeiro dia de viagem (administrados em dose única ou em 100 mg a cada 12 horas), seguindo-se 100 mg diários durante a permanncia na rea. Preveno da leptospirose: dose semanal de 200 mg durante todo o perãodo de permanncia na rea, e 200 mg ao final do mesmo. Recomendações de Administração: ingerir quantidades adequadas de líquidos durante a administração de formas slidas orais de tetraciclinas. Ocorrendo irritao gástrica, administrar a doxiciclina com alimentos ou leite. Superdosagem: suspender a medicação e instituir tratamento sintomático e medidas de apoio. A dilise não altera a meia-vida plasmática da doxiciclina.

Contra indicação :

Hipersensibilidade às tetraciclinas, gravidez, lactao e em crianças menores de 8 anos. Advertências: o uso durante o desenvolvimento da dentição pode causar descoloração permanente dos dentes. As tetraciclinas podem causar aumento do nitrognio urico do sangue. Fotossensibilidade tem sido observada com as tetraciclinas. O produto não deve ser administrado a mulheres grávidas, a menos que o médico julgue ser essencial para a paciente. Em função do potencial para reações adversas graves em lactentes, o médico deve decidir entre suspender o produto ou interromper a amamentao.

Precauções :

A doxiciclina promove supresso substancial, mas não completa dos estágios sanguíneos assexuados de cepas de Plasmodium. A doxiciclina não suprime os gametcitos do estágio sanguíneo sexuado do P. falciparum. Na suspeita de co-existância de sífilis, realizar exame em campo-escuro antes de iniciar o tratamento e testes sorológicos mensalmente por pelo menos 4 meses. Em tratamentos prolongados, realizar avaliao laboratorial dos sistemas orgânicos. Interações Medicamentosas:: pacientes sob uso de anticoagulantes poderão necessitar de reduo na dose dos mesmos. Evitar a administração de tetraciclinas com penicilina. A absoro das tetraciclinas prejudicada pelo subsalicilato de bismuto, antiácidos contendo alumínio, cálcio ou magnésio e pelo ferro. álcool, barbitúricos, carbamazepina e fenitona diminuem a meia-vida da doxiciclina. O uso concomitante de tetraciclinas e metoxiflurano tem resultado em toxicidade renal fatal. O uso concomitante de tetraciclinas pode tornar os contraceptivos orais menos eficazes.

Fórmula :

Cápsulas com 100 e 200 mg de doxiciclina base ,sob forma de hiclato.

Fabricante :

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda.

Rua Conde Domingos Papaiz, 413 – Suzano – SP

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
sac.brasil@sanofi.com

Produtos Sanofi
Fone: 0800 703 00 14
(2ª à 6ª feira, das 9 às 17h)

CNPJ 02.685.377/0008 23
Indústria Brasileira

Medicamentos do mesmo fabricante :

Aas protect, Actiprofen, Actonel, Aderogil, Agreal, Allegra 60 mg, Allegra d, Allegra d, Allegra pediatrico, Allegra, Amaryl, Amitrex, Amplictil gotas, Amplictil, Anandron nilutamida, Anandron, Antigripine, Apidra solostar, Apidra, Aprovel, Aprozide, Arava, Arelix, Asafen, Asilone, Atlansil, Auditol, Avaxim, Benoflex, Besaprin, Beserol, Bgstar, Buclina, Buclivit, Cefamezin, Cefrom, Celsior, Cepacaina, Cepacol fluor, Cepacol menta, Cepacol plus advanced, Cepacol, Cepacolplus advanced, Cewin efervescente, Cewin gotas, Cewin, Ciprofibrato, Citrovit 1 g, Citrovit 2 g, Claforan, Claripex al, Clikstar, Clorana, Colestase, Colirio moura brasil, Coltrax injetavel, Coltrax, Confiare prevent, Conmel, Corastorva, Corediol, Dactil, Danatrol, Daonil, Depakine chrono 300, Depakine chrono 500, Depakine chronosphere, Depakine solucao, Depakine xarope, Depura kids, Depura, Dermacyd breeze, Dermacyd delicata, Dermacyd femina, Dermacyd infantil, Dermacyd neutralize, Dermacyd pocket delicata, Dermacyd teen fresh, Dermacyd teen sweet flower, Dermacyd, Dermatop creme, Dermatop pomada, Dermatop, Dicinone, Dienpax, Dientrin, Digesan, Dimercaprol, Diurana, Dogmatil 50 mg, Dogmatil 200 mg, Dogmatil capsulas, Dogmatil forte, Dogmatil Solução oral, Dogmatil, Dolantina, Dorico, Eloxatin, Enterogermina, Equilid 50 mg, Equilid, Eradacil, Esperson n, Esperson, Euvax, Expolid, Falmonox, Fasturtec, Franol, Fraxiparina, Frisium, Gama venina, Gino loprox, GinoLoprox, Glimepirida andissa, Glimepirida, Glucantime, Haemaccel, Halotano, Hidrastar, Hidroclorotiazida, Hidromed, Hypaque 50, Hypaque m 75, Hypaque m 76, Ibgstar, Id Flu, Immucyst, Inocor, Istivac, Jevtana, Ladogal, Lantus, Lasilactona, Lasix long, Lasix retard, Lasix solucao, Lasix, Ledopsan, Lesterol, Loprox nl, Loprox creme, Loprox, Lovenox, Lyxumia, Maalox, Matergam, Maxilase, Meloxicam winthrop 15, Meloxicam winthrop 75, Metronidazol, Miocacin, Mioflex, Mobility, Mozobil, Mucolisil, Nasacort, Novalfem, Novalgina, Oenobiol, Omeprasec, Omnipaque, Omniscan, Orastina, Oroxadin, Os cal, Pan fungex, Par, Pastilhas cepacol, Pediacel, Pentavac, Pergalen, Pertacel, Plastenan, Plavix, Plavom, Pneumo, Pneumovax 23, Prednisolon, Primacor iv, Primacor, Primeral, Primperan comprimidos, Primperan, Profenid, Protectina, Psicoglut, Puran t4, Puran, Redrate, Renagel, Rifaldin, Rifocina, Rulid 300 mg, Rulid d, Rulid, Sanofi ventis, Sculptra, Semi, Seprafilm, Seprefact depot, Skelid, Socian, Sulpan, Suprefact e, Suprefact, Sureptil, Sylador, Tamcore, Targifor c, Targifor, Targocid, Taxotere, Tetavax, Tetraxim, Thymoglobuline, Ticlid, Toplexil pediatrico, Toplexil, Trental injetavel, Trental, Triatec, Trimovax, Typhim, Ulcedine, Utrim, Valpakine, Varicela, Verorab, Vincagil, Vitawin 2, Vitawin kids, Vitawin, wintomylon, Xatral, Youtube, Zolben, Zolbenl,


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.