Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Pressat - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Amlodipina.

Apresentação : Caixas com 20 comprimidos de 5 mg e caixas com 20 comprimidos de 10 mg.

Indicação : Pressat é indicado como monodroga no tratamento da hipertenso arterial ou em Associação com outros agentes anti-hipertensivos (diuréticos tiazdicos, betabloqueadores adrenérgicos e inibidores da ECA). No tratamento da isquemia miocrdica, devido tanto é obstruo fixa (angina estável), como a vasoespasmo/vasoconstrio (angina de Prinzmetal ou angina variante) da vasculatura coronária. O Pressat pode ser usado em situações clínicas sugestivas, mas não confirmadas, de possível componente vasoesPóstico/vasoconstritor. Pode ser usado isolado como monoterapia ou em combinao com outras drogas antianginosas em pacientes com angina refratéria a nitratos e/ou doses adequadas de betabloqueadores.

Efeito Colateral :

Em estudos clínicos placebo-controlados envolvendo pacientes com angina ou hipertenso, os efeitos colaterais mais comumente observados foram: dor de cabeça, edema, fadiga, sonolência, náusea, dor abdominal, rubor, palpitações e tontura. O efeitos menos comuns incluem: prurido, rash cutâneo, dispnéia, astenia, cãimbras musculares, dispepsia, hiperplasia gengival e raramente eritema multiforme. Como os demais bloqueadores do canal de cálcio, os seguintes efeitos adversos foram relatados raramente, e não podem ser distinguidos da história natural da doença de base: infarto do miocárdio e dor torácica. - Interações Medicamentosas:: a amlodipina tem sido administrada com segurança com diuréticos tiazdicos, betabloqueadores, inibidores da ECA, nitratos de longa duração, nitroglicerina sublingual, drogas antiinflamatórias não esteroides, antibióticos e hipoglicemiantes orais. Estudos indicam que o uso concomitante da amlodipina e a digoxina não altera os níveis séricos e o clearance da digoxina em voluntários sadios. a administração conjunta da cimetidina não altera a farmacodinâmica da amlodipina. Estudos in vitro" com plasma humano indicam que a amlodipina não afeta a ligao a proteínas das seguintes drogas: digoxina, fenitona, varfarina sódica ou indometacina. Em voluntários sadios do sexo masculino, a co-Administração de amlodipina não altera significativamente o efeito da varfarina no tempo de resposta protrombina. Agentes bloqueadores beta-adrenérgicos: apesar dos efeitos adversos resultantes do uso concomitante de amlodipina com agentes bloqueadores beta-adrenérgicos estarem ausentes, ateno recomendada dada a similaridade da amlodipina e nifedipina; o uso concomitante de nifedipina com bloqueadores beta-adrenérgicos, embora geralmente bem tolerado, pode produzir hipotenso excessiva e em casos raros, pode aumentar a possibilidade de insuficincia cardíaca congestiva. Estrgeno: tende a aumentar a presso sanguínea. O paciente deve ser cuidadosamente monitorado para confirmar que o efeito desejado foi obtido. lítio: o uso concomitante pode causar neurotoxicidade (náusea, vômito, diarreia, ataxia, tremor e/ou zumbido). Simpatomimáticos: podem reduzir o efeito anti-hipertensivo da amlodipina.

Modo de Usar :

No tratamento da hipertenso e angina, a dose inicial usual de 5 mg de Pressat, uma vez ao dia, podendo ser aumentada para uma dose máxima de 10 mg de Pressat, dependendo da resposta individual do paciente. Não é necessário ajustar a dose de Pressat na administração concomitante com diuréticos, betabloqueadores e inibidores da ECA.
Uso em crianças: não há nenhuma experiência relatada sobre o uso da amlodipina em crianças.

Contra indicação :

O besilato de amlodipina É contra indicado em pacientes com hipersensibilidade às diidropiridinas, ou a qualquer um dos componentes da fórmula.

Precauções :

Gravidez e lactao: a segurança da amlodipina na gravidez ou lactao ainda não foi estabelecida. Desta maneira, o uso da droga nessas condições recomendado apenas quando não existe alternativa mais segura e quando a doença por si sé acarreta risco maior para me e para feto.
Insuficincia hepática: a meia-vida de eliminao da amlodipina prolongada em pacientes com insuficincia hepática, portanto, a droga deve ser administrada com cautela nestes pacientes.
Insuficincia renal: a amlodipina é amplamente metabolizada em metabólitos inativos, com 10% excretados como droga inalterada na urina. Alterações nas concentrações plasmáticas da amlodipina não estáo relacionadas com o grau de insuficincia renal. Pressat pode ser empregado em tais pacientes nas doses habituais.
Idosos: o tempo para alcançar o pico de concentração plasmática de amlodipina semelhante em idosos e jovens. O clearance de amlodipina em idosos tende a estar diminuído, fato que aumenta essa meia-vida de eliminao plasmática. Pressat é bem tolerado quando utilizado em doses semelhantes tanto em idosos como em jovens. Assim, so recomendados os regimes posológicos habituais.

Fórmula :

Besilato de amlodipina, sendo respectivamente,7,495 mg/comprimido equivalente a 5 mg de amlodipina base, e 14,990 mg/comprimido, equivalente a 10 mg de amlodipina base. Excipiente: celulose microcristalina, fosfato de cálcio dibásico, amido glicolato de sódio, estearato de magnésio.

Superdosagem :

Em seres humanos a experiência com superdosagem intencional limitada. Em alguns casos lavagem gástrica poderá ser necessária. Os dados disponíveis sugerem que uma grande superdosagem poderia resultar numa excessiva vasodilatao perifrica, levando a uma acentuada e provavelmente prolongada hipotenso sistêmica. Uma hipotenso clinicamente significante devido à superdosagem de amlodipina requer medida de suporte cardiovascular ativa, incluindo monitorizao frequente das funções cardíaca e respiratéria, elevao das extremidades, ateno para o volume do fluido circulante e eliminao urinária. Um vasoconstritor pode ser til na recuperação do tono vascular e presso sanguínea, desde que o uso do mesmo não seja contra indicado. Gluconato de cálcio i.v. pode ser benfico na reverso dos efeitos dos bloqueadores do canal de cálcio. A dilise não constitui um benefício para o paciente uma vez que a amlodipina é altamente ligada s proteínas.

Fabricante :

Biolab Sanus Farmacêutica

Endereço: Avenida Paulo Ayres, 280, Taboão da Serra - SP, 06767-220
Telefone:(11) 3573-6000

Medicamentos do mesmo fabricante :

Alergolon, Amiretic, Aradois h, Aradois, Benzitrat, Ciclovular, Coronar, Ecasil, Elamax, Eritos, Fastium, Gestrelan, Itrazol, Lipless, Lovelle, Nipride, Norestin, Novatropina, Pantogar, Plaket, Pressat, Quinoflox, Serenus, Suxar, Virustat, Wassertrat, Xefo


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular