Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Pravastatina - Normon - Bula

Esta bula é meramente informatica destinada ao público em geral.

Princípio ativo : Pravastatina

Apresentação :

10 mg Comprimidos
20 mg Comprimidos
40 mg Comprimidos

Indicação :

A pravastatina é uma molécula que pertence a um grupo de medicamentos conhecidoscomo inibidores da reductase da hidroxi-3-metil-glutaril-coenzima A (HMG-CoA). Apravastatina é um antidislipidmico utilizado para controlar os níveis de colesterol.

Indicaçõesterapêuticas
A pravastatina está indicada no tratamento das seguintes situações:
Hipercolesterolemia (aumento da quantidade de colesterol no sangue);
Preveno de eventos cardiovasculares graves em doentes de risco (doentes comhipercolesterolemia, com enfarte do miocárdio ou angina pectoris instvel (dor no peitodevido ao fornecimento insuficiente de oxignio ao coração);
Reduo de hiperlipidemia (aumento da concentração de lpidos no sangue) em doentes areceber terapêutica imunossupressora após transplante de rgo slido.

Antes de TomarPRAVASTATINA SOLUFARMA

Não tome Pravastatina Solufarma
- se tem alergia (hipersensibilidade) pravastatina ou a qualquer outro componente de
Pravastatina Solufarma;

- se sofre de doença hepática ativa;
- se está grávida ou a amamentar.

Tome especial cuidado com Pravastatina Solufarma
- se sofre de hipercolesterolemia hereditéria;
- se sofre de hipercolesterolemia devida ao colesterol-HDL elevado;
- se sofre de insuficincia hepática;
- se apresenta alterações dos parâmetros hepáticos;
- se toma fibratos;
- se tem comportamentos de abuso de álcool;
- se lhe surgir subitamente ou inexplicavelmente dor muscular, fraqueza ou sensibilidadeexagerada, informe o seu médico.

Tomar Pravastatina Solufarma com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Uso de Pravastatina Solufarma em Associação com:

Fibratos (mediamentos usados para baixar a concentração dos lpidos no sangue): estaassociao de medicamentos deve ser evitada.

Colestiramina/Colestipol (mediamentos usados para baixar a concentração dos lpidos nosangue): Estes medicamentos diminuem o efeito da pravastatina. A pravastatina deve sertomada uma hora antes ou quatro horas após a colestiramina ou uma hora antes docolestipol.

Ciclosporina (imunossupressor): Este medicamento aumenta bastante o efeito e, porconseguinte, a toxicidade da pravastatina.

Eritromicina e claritromicina (antibióticos): estes medicamentos aumentam aconcentração de pravastatina sérica. Deve-se ter precauo na Associação de pravastatinacom estes medicamentos.

Não se verificou interaco com os seguintes medicamentos:
Varfarina e outros anticoagulantes orais (medicamentos que fluidificam o sangue);
Medicamentos metabolizados pelo citocromo P450 (e.g. dialtiazem, verapamil,itraconazol, cetoconazol, inibidores da protease, sumo de toranja, fluconazol);
ácido acetilsalicílico;
Antiácidos;
ácido nicotúnico;
Probucol (mediamentos usados para baixar a concentração dos lpidos no sangue).

Gravidez e aleitamento
Se está grávida ou tenciona engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes detomar qualquer medicamento.

Não tome este medicamento se estiver grávida.
Comunique imediatamente ao seu médico se engravidar ou tencionar engravidar duranteo tratamento.
Não deve tomar este medicamento se estiver a amamentar.

Conduo de veículos e utilização de máquinas
Não se verificaram efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas. no entanto, ao conduzir ou usar máquinas deve ter em consideração a possibilidade detonturas durante o tratamento.

Informaçães importantes sobre alguns componentes de Pravastatina Solufarma
Este medicamento contêm lactose. Se foi informado pelo seu médico que temintolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Modo de Usar: PRAVASTATINA SOLUFARMA

Antes de iniciar o tratamento com pravastatina, o doente deve ser colocado sob uma dietapadro para baixar o colesterol, a qual se deve manter durante o tratamento.

Modo de Administração
Os comprimidos deverão ser deglutidos inteiros com um pouco de água, uma vez ao dia,preferencialmente à noite com ou sem alimentos.

Hipercolesterolmia
A dose recomendada é de 10-40 mg, dependendo da resposta terapêutica.

Preveno Cardiovascular
A dose diária recomendada é de 40 mg.

Posologia após transplante
Recomenda-se uma dose diária inicial de 20 mg que pode ser ajustada até 40 mg diáriosdependendo da resposta terapêutica.

Duração do tratamento
Seu médico indicar-lhe-é a duração do seu tratamento com Pravastatina Solufarma. Nãosuspenda o tratamento antes, uma vez que o tratamento poderá não ser eficaz.

Se tomar mais Pravastatina Solufarma do que deveria:
até ao presente a experiência de sobredosagem com pravastatina tem sido limitada.
No caso de uma sobredosagem acidental, o doente deve ser tratado sintomaticamente e asmedidas de suporte instituídas como necessário.
Em caso de sobredosagem ou ingestão acidental, suspenda a utilização do medicamentocontacte o seu médico ou farmacêutico.

Caso se tenha esquecido de tomar Pravastatina Solufarma:

Deve tomar este medicamento dentro do horrio recomendado pelo médico. Mas se seesquecer de tomar um comprimido Não tome uma dose dobrada para compensar a doseque se esqueceu de tomar. Volte a tomar os comprimidos no horrio seguinte previsto.

4. Efeitos secundários POSSVEIS

Como os demais medicamentos, Pravastatina Solufarma pode causar efeitos secundários,no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

A pravastatina geralmente bem tolerada, sendo os seus efeitos secundários normalmenteligeiros e transitórios.

Os efeitos secundários mais comuns, embora pouco frequentes, incluem: tonturas,cefaleias (dor de cabeça), perturbações do sono, alterações da viso (e.g. viso turva),dispepsia (digestáo difcil e dolorosa), azia, dor abdominal, náuseas, vômitos, obstipao,diarreia, flatulência (gases), prurido, exantema (manifestao cutânea), urticária (eruPóocutânea), alopécia (queda temporria, parcial ou geral, dos Pólos ou cabelos), alteraçõesda mico (alteração no urinar), disfunção sexual, fadiga.

5. COMO CONSERVAR PRAVASTATINA SOLUFARMA

Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Não conservar acima de 30ºC. Conservar na embalagem de origem para proteger da luz eda humidade.

Não utilize Pravastatina Solufarma após após expirar o prazo de validade impresso nacaixa a seguir a ?VAL?. O prazo de validade corresponde ao ltimo dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalizao ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente,

6. Outras Informações

Qual a composição de Pravastatina Solufarma
A substância ativa é a pravastatina sob a forma de pravastatina sódica.
Os outros componentes so: lactose monohidratada, celulose microcristalina, xido deferro amarelo (E-172), croscarmelose sódica, estearato de magnésio, slica coloidal anidrae carbonato de magnésio pesado.

Qual o aspecto de Pravastatina Solufarma e conteúdo da embalagem:
Pravastatina Solufarma apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidosacondicionados em blisters de Alu/PVC-PVDC.

Pravastatina Solufarma 10 mg Comprimidos apresenta-se em embalagens de 20comprimidos e 60 comprimidos. Os comprimidos so de cor amarela, com a formaredonda, biconvexa e ranhurados.
Pravastatina Solufarma 20 mg Comprimidos apresenta-se em embalagens de 20comprimidos e 60 comprimidos. Os comprimidos so de cor amarela com a formaredonda, biconvexa e ranhurados.
Pravastatina Solufarma 40 mg Comprimidos apresenta-se em embalagens de 20comprimidos, 60 comprimidos e 280 comprimidos (embalagem hospitalar). Oscomprimidos so de cor amarela com a forma redonda e biconvexa.

É possível que não sejam comercializadas todas as Apresentações.

Fabricante :
Solufarma ? Produtos farmacêuticos, Unipessoal, Lda.
Rua do Tejo n 56, 9A Esquerdo
2775 325 Parede

Fabricante
Laboratorios Normon, S.A.
Ronda de Valdecarrizo, 6
ES-28760 Tres Cantos ? Madrid
Espanha

Medicamento sujeito a receita médica


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.