Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Pluriverm - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Mebendazol.

Classe terapêutica : Antihelminticos.

Apresentação :

Comprimidos - cartuchos com 6 unidades.
Suspenso oral - frasco com 30 ml, acompanhado de copo-medida.

Indicação : Como anti-helmntico polivalente, especialmente destinado ao tratamento das infestações isoladas ou mistas, causadas por Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura, Enterobius vermicularis, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Taenia solium, Taenia saginata.

Efeito Colateral :

Sintomas transitórios de dor abdominal e diarreia, podem ocorrer nos casos de infestao maciça com grande eliminao de vermes.
Efeitos colaterais raros em pacientes tratados com altas doses de mebendazol incluem reações alérgicas, alopecia, neutropenia reversível, agranulocitose e hipospermia.

Modo de Usar :

Infestações por nematédeos - 1 comprimido de 100 mg ou É copo medida (5 ml), 2 vezes ao dia, durante 3 dias consecutivos, independente do peso corPóreo e da idade.
Infestações por cestádeos - 2 comprimidos de 100 mg ou 1 copo medida (10 ml), 2 vezes ao dia, durante 3 dias consecutivos, independente do peso corPóreo e da idade.
Os comprimidos podem ser mastigados, deglutidos com água, triturados ou dissolvidos.
A suspenso oral deve ser agitada antes de usar.

Contra indicação :

O produto é contra indicado a pacientes com história de hipersensibilidade ao mebendazol, ou a algum dos componentes da fórmula.

Precauções :

Nos estudos realizados em ratas grávidas, com doses de 10 mg/kg, foram evidenciados efeitos embriotxicos e teratogúnicos. Tendo em vista estes achados, não se recomenda a administração de Pluriverm durante a gravidez, especialmente no primeiro trimestre.
Não se sabe se o mebendazol excretado no leite humano. Como muitas drogas so excretadas no leite materno, não se recomenda a administração de Pluriverm lactantes.
A segurança do uso de mebendazol em crianças com menos de 2 anos de idade ainda não foi estabelecida. Portanto, não se recomenda o uso de Pluriverm em crianças nesta faixa etária.
Aconselha-se praticar medidas higiúnicas de rotina, ligadas ao vesturio, alimentao, asseio, uso de calado e defecação em local adequado, a fim de evitar novas reinfestações.

Modo de usar :

Infestações por nematédeos - 1 comprimido de 100 mg ou É copo medida (5 ml), 2 vezes ao dia, durante 3 dias consecutivos, independente do peso corPóreo e da idade.
Infestações por cestádeos - 2 comprimidos de 100 mg ou 1 copo medida (10 ml), 2 vezes ao dia, durante 3 dias consecutivos, independente do peso corPóreo e da idade.
Os comprimidos podem ser mastigados, deglutidos com água, triturados ou dissolvidos.
A suspenso oral deve ser agitada antes de usar.

Caractersticas

Modo de ao: O mebendazol É um fármaco anti-helmntico de amplo espectro que apresenta ao contra nematédeos e cestádeos. Exerce sua atividade anti-helmntica através do bloqueio da captao de glicose pelo helminto. A consequente depleo do glicognio, resulta numa diminuição da formao de trifosfato de adenosina (ATP), necessária para a sobrevivncia e para a reproduo do helminto, acarretando a morte do parasita.

Composições

Cada comprimido contêm:
Mebendazol.................... 100 mg
Excipiente q.s.p.................... 1 comprimido
(lactose, talco, amido, fosfato de cálcio dibásico dihidratado, sacarina sódica, glicolato de amido e estearato de magnésio)
Cada 5 ml da suspenso oral contêm:
Mebendazol.................... 100 mg
veículo q.s.p.................... 5 ml
(Simeticona, propilenoglicol, metilparabeno, propilparabeno, ácido cítrico, açucar, carboximetilcelulose, polissorbato 20, silicato de alumínio e magnésio, álcool etlico, corante, essência e água deionizada)

Farmacocinética :

Absoro: pouco absorvido pelo trato gastrointestinal (apenas 5 a 10% da dose administrada).
Distribuio: Os níveis plasmáticos de mebendazol so muito baixos, uma vez que o fármaco pouco e irregularmente absorvido no tubo digestivo.
Ligao proteínas: Apresenta alto ndice de ligao s proteínas plasmáticas: 95%.
Biotransformao: O mebendazol intensamente metabolizado no fgado. A baixa biodisponibilidade sistêmica do mebendazol resulta da combinao de baixa absoro, pouca solubilidade do fármaco e rápida metabolizao hepática, durante o efeito de primeira passagem. transformado em metabólitos amino, hidroxi e hidroxilamino, que so inativos.
Meia vida: Com função hepática normal: De 2,5 a 5,5 horas. Na disfunção hepática (colestase): Aproximadamente, 35 horas.
Incio e Duração da ao: O mebendazol age por contato direto com os parasitas na luz intestinal do hospedeiro. A imobilizao e morte dos parasitas ocorre lentamente e sua eliminao do trato gastrointestinal se completa alguns dias após o tratamento. Em casos de infestao maciça, necessário repetir o tratamento.
Eliminao: Cerca de 2% da dose de mebendazol administrada eliminada na urina, durante as primeiras 24 a 48 horas. O fármaco , em sua maior parte, eliminado pela bile, inalterado ou sob a forma de metabólitos conjugados.

 

Informações ao paciênte

Ao esperada do medicamento: Pluriverm é um potente anti-helmntico polivalente.
A eliminao dos parasitas do trato gastrointestinal se completa alguns dias após o tratamento. Em casos de infestao maciça, necessário repetir o tratamento.
Cuidados de armazenamento: Pluriverm comprimidos Deverá ser conservado em temperatura ambiente(entre 15 - 30ºC), ao abrigo da umidade. Pluriverm suspenso Deverá ser conservado em temperatura ambiente(entre 15 - 30ºC).
Prazo de validade: Pluriverm não deve ser utilizado se o seu prazo de validade estiver vencido, o que pode ser verificado na embalagem externa do produto.
Gravidez e lactao: O uso de Pluriverm não é recomendado durante a gravidez e amamentao.
Informe seu médico a Ocorrência de gravidez na vigncia do tratamento ou após o seu trmino. Informe seu médico se está amamentando.
Cuidados de Administração: Siga a orientao do seu médico, respeitando sempre os horrios, as doses e a duração do tratamento.
Não so necessários cuidados especiais (por exemplo: restrições alimentares ou jejum, uso simultâneo de outros medicamentos, purgantes ou enemas de limpeza) antes, durante nem imediatamente após o tratamento.
Os comprimidos podem ser mastigados, deglutidos com água, triturados ou dissolvidos.
A suspenso oral deve ser agitada antes de usar.
interrupção do tratamento: Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
reações adversas: Informe seu médico o aparecimento de reações desagradveis. Pluriverm em geral bem tolerado. Contudo, quando há grande eliminao de vermes, podem ocorrer dor abdominal e diarreia. Seu médico deve ser informado da Ocorrência destes sintomas quando se mostrarem muito incmodos.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. ingestão concomitante com outras substâncias: Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do incio ou durante o tratamento.
Contra-Indicaçõese Precauções: Pluriverm É contra indicado a pacientes alérgicos ao mebendazol ou a algum dos componentes da fórmula. não é recomendado crianças com menos de 2 anos de idade.
Pluriverm suspenso, contêm açucar em sua formulao, portanto não deve ser utilizado por pacientes diabéticos.
NO TOME Remédio SEM O CONHECIMENTO DO SEU médico. PODE SER PERIGOSO PARA SUA Saúde.

Superdosagem :

Sintomas: No caso de superdose acidental, célicas abdominais, náuseas, vômito e diarreia podem ocorrer.
Tratamento: Não existe antídoto específico. Induzir o vômito e a evacuao.
Normas de higiene:
Estes so os cuidados que devem ser tomados na profilaxia e tratamento das parasitoses intestinais:
1 - Manter limpas as instalações sanitérias;
2 - Ferver roupas de cama, roupas interiores e toalhas;
3 - Somente usar chupetas depois de ferv-las;
4 - Lavar as mos das crianças antes das refeições;
5 - Cortar e escovar sempre as unhas das crianças;
6 - Evitar que as crianças andem descalas;
7 - Beber água filtrada ou fervida;
8 - Ferver sempre o leite;
9 - Evitar carne mal-cozida;
10- Lavar com água fervida ou filtrada as frutas, verduras e legumes antes de com-los;
11- Conservar alimentos e dePósitos de água sempre cobertos.
SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR, NO DASAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAO médica.

Fabricante :

Medley Indústria Farmacêutica Ltda.

Unidade Campinas
Rua Macedo Costa 55 - Jardim Santa Genebra
CEP: 13080-180 - Campinas - SP – Brasil
(19) 2117-8222

Unidade Sumaré
Rua São Policarpo, nº 100 - Chácara Novo Horizonte
CEP: 13180-161
Sumaré – SP - Brasil

SAC: 0800 7298000

Alguns medicamento do mesmo Fabricante :

Absten S, Acetato de Clostebol, Acetofen, Aciclovir, Acido Mefenamic, Activelle, Adapel, Alenthu, Alergitrat, Ampicil, Angio, Atenolol, Aviral 200 mg, Aviral 400 mg, Bentyl, Bromoprida, Bromoprida, Catoprol, Cefaclor, Cetoconazol, Ciflox, Cintilan, Citroplus, Clamicin, Clofenak, Clomid, Clotrimazol, Clotrimix, Desonol, Dilaflux, Dimeticona, Facyl 500, Facyl M, Fenitoina, Ferrotrat 500, Fluvert, Furosemid, Gramcilin, Iskevert, Kliogest, Lisinopril, Loratadina, Lorazepam, Mebendazol, Mucibron, Neotop, Nimesulida, Nistatina, Novolax, Omeprazol, Optacili, Ortoflan, Otomicina, Paracetamol, Perida, Plenty, Pluriver, Prazol, Prevencor, Profol, Rinisone, Rinosbon, Salder S, Sarcoton, Seczol, Valtrian-HCT, Zoxipan,

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.