Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Persantin S - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Dipiridamol.

Classe terapêutica : Antiagregantes Plaquetarios.

Apresentação : Embalagens com 30 capsulas.

Indicação : Profilaxia e tratamento de acidentes tromboembolicos.

Efeito Colateral :

Sintomas como nauseas, gastralgia e disturbios gastrintestinais podem ocorrer em toda medicacao que contenha oÁcido acetilsalicilico. tem sido relatada a ocorrencia de sangramento gastrintestinal com ou sem ulceracao, assim como de erupcoes cutaneas com o uso doÁcido acetilsalicilico. pode ocorrer irritacao da mucosa gastrica, mesmo com baixas doses, podendo ocorrer erosoes, hematemese e melena. pode surgir hipersensibilidade, manifestada principalmente como asma, com broncoespasmo paroxistico, edema angioneurotico e o aparecimento de reacoes cutaneas, urticaria e rash cutaneo. muito raramente pode ocorrer trombocitopenia. doses elevadas de persantin s podem provocar cefaleias, em geral passageiras. - superdosagem: sintomas circulatorios: sobretudo vasodilatacao periferica acentuada e hipotensao, podem ser atribuidos ao componente dipiridamol. oÁcido acetilsalicilico pode causar vertigem, zumbidos, sudorese intensa, nauseas e vomitos, confusao mental e hiperventilacao. em casos de intoxicacao grave podem surgir hiperpirexia, desidratacao, convulsoes, coma, colapso cardiaco circulatorio e depressao respiratoria. tratamento: esvaziamento do estomago por aspiracao ou inducao de vomito, ou lavagem gastrica com bicarbonato a 5%. nos casos de intoxicacao mais grave deve-se realizar lavagem gastrica, junto com diurese por infusao endovenosa de Solução fisiologica com bicarbonato de Sódio. Solução ringer lactato ou Solução de dextrose. Diuréticos osmoticos podem ser necessarios; sais de potassio devem ser administrados para corrigir as deficiencias. eletrolitos e equilibrio acidobasico devem ser monitorizados regularmente. em casos graves, com comprometimento cardiaco, renal ou respiratorio, pode ser necessaria hemodialise ou dialise peritoneal. nas reacoes alergicas agudas aoÁcido acetilsalicilico devem ser administrados adrenalina e corticosteroides, seguidos de anti-histaminicos.

Modo de Usar :

Em geral, 1 capsula 3 vezes ao dia. em determinados casos, p. ex. na purpura trombocitopenica trombotica, recomenda-se aumentar a dose para 2 capsulas 3 vezes ao dia. a criterio medico, sendo desejavel utilizar dose diaria menor deÁcido acetilsalicilico, administrar 1 capsula de persantin s ao dia, completando-se a necessidade diaria de dipiridamol com persantin (semÁcido acetilsalicilico).

Contra-indicaçao ;

Devido ao componenteÁcido acetilsalicilico, persantin s nao deve ser empregado em pacientes predispostos a dispepsias ou portadores de ulcera gastroduodenal. nao deve ser administrado a pacientes que tenham hipersensibilidade aoÁcido acetilsalicilico, a portadores de lesoes hepaticas ou renais, assim como aos hemofilicos. e contra indicado em qualquer fase da gestacao. oÁcido acetilsalicilico aumenta o tempo de coagulacao e seu uso deve ser suspenso uma semana antes de qualquer cirurgia.

Precauções :

Devido ao componenteÁcido acetilsalicilico recomenda-se precaucao especial quando do uso concomitante de anticoagulantes cumarinicos ou de heparina, assim como em casos de deficiencia congenita de glicose-6-fosfato-desidrogenase, em pacientes com asma, hipersensibilidade aos salicilatos e a outros Antiinflamatórios nao-esteroides; cuidados deverao ser tomados tambem em casos de insuficiencia renal e com disturbios gastrintestinais recorrentes; em mulheres lactantes que necessitarem do uso de persantin s recomenda-se suspender a amamentacao. recomenda-se precaucao especial quando do emprego deÁcido acetilsalicilico em portadores de viroses especificas ou de causa desconhecida, devendo seu uso ser suspenso imediatamente, caso ocorram sintomas digestivos, lesoes cutaneas ou hipersensibilidade. advertencia: a sindrome de reye e uma doenca rara e seria que podera manifestar-se apos complicacao de gripes ou varicelas em criancas ou adolescentes. a causa desta sindrome e desconhecida. alguns relatos tem correlacionado o seu aparecimento com o uso de salicilatos. embora nao haja uma relacao definida de causa e efeito, seu uso em criancas ou adolescentes com gripe ou varicela devera ser indicado pelo medico. - interacoes medicamentosas: devido ao componenteÁcido acetilsalicilico, o uso concomitante de derivados cumarinicos, heparina, corticoides e alcool pode aumentar o risco de hemorragias gastrintestinais. os salicilatos podem aumentar a toxicidade do metotrexato. o efeito uricosurico da probenecida e sulfimpirazona pode ser reduzido pelos salicilatos. no uso concomitante de antidiabeticos orais pode ocorrer um aumento do efeito hipoglicemiante dessas drogas. o efeito natriuretico da espironolactona e da furosemida pode ser reduzido pelos salicilatos.

Fórmula :

Cada capsula contem: dipiridamol 75 mg;Ácido acetilsalicilico 330 mg.

Fabricante ;

Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica LTDA. (Matriz)
Rochaverá Corporate Towers. Av. Nações Unidas, 14.171 - Torre Marble – 18º andar – São Paulo – SP. CEP: 04794-000. Telefone  (11) 4949-4700, (11) 4949-4701 ou (11) 4949-4702.

Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica LTDA. (Fábrica)
Rod. Régis Bittencourt (BR116), Km 286 Jd. Itapecerica - Itapecerica da Serra - SP - CEP 06888.700 Caixa Postal 11 Telefone (11) 2108-72

Care Center – Atendimento ao Cliente da Boehringer Ingelheim

O Care Center – Atendimento ao Cliente da Boehringer Ingelheim é um importante canal de comunicação entre o consumidor e a nossa empresa. Por meio desse serviço as dúvidas, reclamações e sugestões de nosssos clientes são transformadas em oportunidades para melhorar constantemente, retribuindo sua confiança em nós. Questões relativas à sua saúde devem ser dirigidas a seu médico de confiança , pois somente ele tem conhecimento sobre ela. Reações adversas a medicamentos precisam ser notificadas ao seu médico o mais rápido possível.

Telefone: 0800-701-6633.

Medicamentos do mesmo fabricante :

Actilyse, Aggrenox, Alveofact, Anador-comprimido, Anador, Atensina, Atrovent unidose-250, Atrovent unidose-500, Atrovent unidose-brometo de ipratropio, Atrovent, Berotec, Bipasmin, Bisolvon 8 mg, Bisolvon, Buscopam composto, Buscopam drágeas, Buscopam injetável, Buscopan, Cardizem cd, Cardizem sr, Cardizem, Combivent, Combivent, Dulcolax, Duovent, Efortil, Enbrel, Finn, Flunitec, Ginsana, Guttalax, Ibuprofeno abbott, Ilsatec, Infectrin f, Infectrin, Lagur, Mexitil, Midotens, Movatec, Mucosolvan, Parador 500, Perlutan, Persantin s, Persantin, Secotex, Sifrol, Spiriva, Vasculat, Viramune
Zepelan


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.