Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Perindopril - Tensoliber- 2 mg / 4 mg - Bula

Esta bula é meramente informatica destinada ao público em geral.

Princípio ativo : Perindopril

Apresentação : 2 mg / 4 mg - Comprimidos

Indicação :

Perindopril Tensoliber É um medicamento genrico que se apresenta na dose de 2 mg e 4 mg.

Perindopril Tensoliber é um inibidor da enzima de converso da angiotensina. Perindopril Tensoliber destina-se ao tratamento da hipertenso arterial e da insuficincia cardíaca sintomática.

Antes de tomar Perindopril Tensoliber

Não tome Perindopril Tensoliber

-se tiver mais do que três meses de gravidez (tambm preferível não tomar

Perindopril Tensoliber no incio da gravidez ver secção Gravidez);

-se tem alergia (hipersensibilidade) ao perindopril ou a qualquer outro componente de Perindopril Tensoliber ou a qualquer outro inibidor da ECA;

-se tem antecedentes de angioedema associado a uma terapêutica prvia com inibidores da ECA;

-se tem angioedema hereditério ou idioPótico.

Perindopril Tensoliber não é indicado em crianças. Tome especial cuidado com Perindopril Tensoliber

Deverá prevenir o seu médico em caso de insuficincia renal, de dieta rigorosa sem sal, de tratamento com diurético. Em caso de intervenção cirúrgica, prevenir o anestesista da toma de Perindopril Tensoliber.

Especialmente durante o primeiro mês de tratamento com um inibidor da ECA deverão ser cuidadosamente monitorizados os níveis de glicemia no diabético previamente medicado com antidiabéticos orais ou insulina.

Deve informar o seu médico se pensa estar grávida (ou planeia engravidar). Perindopril Tensoliber não está recomendado no incio da gravidez e não deve ser tomado após o terceiro mês de gravidez, uma vez que pode ser gravemente prejudicial para o beb se utilizado a partir desta altura.

Ao tomar Perindopril Tensoliber com outros medicamentos Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

A fim de evitar interações entre Vários medicamentos, deve informar sistematicamente o seu médico ou farmacêutico de qualquer outro tratamento em curso, particularmente se se tratar de um diurético, neurolptico ou de um antidepressor imipramúnico, lítio, anti-inflamatórios não esteroides, anti-hipertensores e vasodilatadores.

A administração concomitante de inibidores da ECA e antidiabéticos orais ou insulina, pode potenciar o efeito de diminuição da glucose sanguínea com risco de hipoglicemia.

Este fenmeno pode ocorrer com maior frequência: -durante as primeiras semanas de tratamento -em doentes com insuficincia renal

Ao tomar Perindopril Tensoliber com alimentos e bebidas

Recomenda-se que Perindopril Tensoliber seja tomado uma vez por dia, de manhã antes da refeição.

Gravidez e aleitamento

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento. Gravidez

Deve informar o seu médico se pensa que está grávida (ou planeia engravidar). O seu médico normalmente aconselhá-la-é a interromper Perindopril Tensoliber antes de engravidar ou assim que estiver grávida e a tomar outro medicamento em vez de Perindopril Tensoliber. Perindopril Tensoliber não está recomendado no incio da gravidez e não deve ser tomado após o terceiro mês de gravidez, uma vez que pode ser gravemente prejudicial para o beb se utilizado a partir desta altura.

Aleitamento

Deverá informar o seu médico de que se encontra a amamentar ou que pretende iniciar a amamentação. Perindopril Tensoliber não está recomendado em mães a amamentar, especialmente se o beb for recêm-nascido ou prematuro; nestes casos o seu médico poderá indicar outro tratamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Durante a condução de veículos e a utilização de máquinas deve ser tido em consideração que podem ocorrer ocasionalmente tonturas ou cansaço.

Informaçães importantes sobre alguns componentes de Perindopril Tensoliber

Perindopril Tensoliber contêm lactose mono-hidratada. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Como tomar Perindopril Tensoliber

Tomar Perindopril Tensoliber sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Hipertenso arterial:

A dose habitual é de 4 mg por via oral, numa toma matinal, mas que pode ser aumentada, se necessário após 1 mês de tratamento para 8 mg.

Insuficincia cardíaca sintomática:

Iniciar o tratamento com 2 mg numa toma matinal que pode, a maior parte das vezes ir a 4 mg (assegurar-se duma boa tolerância tensional).

Em caso de insuficincia renal: a posologia de Perindopril Tensoliber ser reajustada ao grau de insuficincia renal. Nestes doentes, a prtica clínica normal compreende um controlo peridico do potássio e da creatinina.

Podem ser recomendadas as seguintes posologias:

Clearance da creatinina Entre 30 e 60 ml/min Entre 15 e 30 ml/min < 15 ml/min

Dose recomendada 2 mg/dia

2 mg dia sim/dia não 2 mg no dia da dilise

Se tomar mais Perindopril Tensoliber do que deveria

Deve contactar imediatamente o médico ou hospital ou o Centro Anti-venenos tel.

808 250 143.

Os dados disponíveis sobre a sobredosagem no Homem so limitados. Os sintomas associados a uma sobredosagem com inibidores da ECA podem incluir hipotenso, choque circulatério, alterações electrolticas, falência renal, hiperventilação, taquicardia, palpitações, bradicardia, vertigens, ansiedade e tosse.

O tratamento recomendado para a sobredosagem é a administração por perfuso intravenosa de uma solução salina normal.

Se ocorrer hipotenso o doente deve ser colocado em posição de choque. Se disponível, pode também ser considerado o tratamento por perfuso de angiotensina II e/ou catecolaminas por via intravenosa. O perindopril pode ser removido da circulação geral por hemodilise. Recomenda-se terapêutica pacemaker em caso de bradicardia resistente terapia. Os sinais vitais, electrólitos no soro e concentrações de creatinina devem ser monitorizados permanentemente.

Caso se tenha esquecido de tomar Perindopril Tensoliber:

Se se esqueceu de tomar os comprimidos, Não tome uma dose dobrada para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Efeitos secundários Perindopril Tensoliber

Como todos os medicamentos, Perindopril Tensoliber pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Frequentes: dor de cabeça, tontura, vertigem, parestesia (sensação de formigueiro), distúrbios de viso, zumbidos, hipotenso, tosse, dispneia, náuseas, vômitos, desconforto abdominal, disgeusia (alteração do sabor dos alimentos), dispepsia (alteração da digestáo), diarreia, obstipação, cãibras, astenia (cansaço), rash (erupção cutânea), prurido (comicháo).

Pouco frequentes: alteração do humor ou perturbações do sono, broncospasmo, angioedema, urticária, insuficincia renal, impotncia, sudação, secura de boca.

Raros: diminuição da hemoglobina e do hematécrito, trombocitopenia (diminuição do n. de plaquetas), leucopenia (diminuição do n. de leuccitos), neutropenia (diminuição do n. de neutrófilos), agranulocitose (diminuição do n. de granulcitos) ou pancitopenia (diminuição do n. de elementos do sangue), aumento das enzimas hepáticas e da bilirrubina.

Muito raros: confuso, arritmia, angina de peito, enfarte do miocárdio, acidente cardiovascular (AVC), pneumonia eosinfila, rinite, pancreatite, hepatite citoltica ou colestática, eritema multiforme, falência renal aguda, anemia hemoltica.

Como conservar Perindopril Tensoliber

Não conservar acima de 30 C.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Perindopril Tensoliber após o prazo de validade impresso na cartonagem. O prazo de validade corresponde ao ltimo dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Qual a composição de Perindopril Tensoliber

A substância ativa é o perindopril na forma de sal de perindopril tert-butilamina. Cada comprimido de Perindopril Tensoliber 2 mg Comprimidos, contêm 2 mg de perindopril sal de tert-butilamina equivalente a 1,669 mg de perindopril. Cada comprimido de Perindopril Tensoliber 4 mg Comprimidos, contêm 4 mg de perindopril sal de tert-butilamina equivalente a 3,338 mg de perindopril.

Os outros componentes so: lactose mono-hidratada, celulose microcristalina, slica coloidal anidra e estearato de magnésio.

Qual o aspecto de Perindopril Tensoliber e conteúdo da embalagem Perindopril Tensoliber 2 mg Comprimidos:

Comprimidos brancos, redondos e convexos, com um dimetro aproximado de 5 mm;

Perindopril Tensoliber 4 mg Comprimidos:

Comprimidos brancos, em forma de cápsula, com uma dimenso aproximada de 8 x 4 mm e com ranhura de ambos os lados.

Perindopril Tensoliber 2 mg Comprimidos encontra-se disponível em embalagens de 14, 30, 60, 100, 500 comprimidos.

Perindopril Tensoliber 4 mg Comprimidos encontra-se disponível em embalagens de 14, 30, 60, 100, 500 comprimidos.

É possível que não sejam comercializadas todas as Apresentações.

Fabricante :

Pentafarma Sociedade Tcnico-Medicinal, S.A. Rua da Tapada Grande, 2 Abrunheira 2710-089 Sintra

Tel. 21 041 41 00

Fax 21 041 41 06

E-mail: dmk.pt@pentafarma.pt

Fabricante ;

Atlantic Pharma Produções farmacêuticas, S.A. Rua da Tapada Grande, n. 2, Abrunheira

2710-089 Sintra

Portugal


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.