Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Pepsamar - Bula

Esta bula é meramente informatica destinada ao público em geral.

Princípio ativo : Hidróxido de alumínio

Classe terapêutica : Aparelho digestivo. Antiácidos e antiulcerosos. Antiácidos.

Apresentação : 240 mg Comprimidos para mastigar

Indicação : Pepsamar, 240 mg, comprimidos para mastigar, é um antiácido que alivia rapidamenteazia, ardor de estômago, acidez e indisposição gástrica.

Antes de TomarPepsamar

Não tome Pepsamar
- Se tem alergia (hipersensibilidade) à substância ativa ou a qualquer dos componentesdo medicamento.
- O uso de medicamentos contendo hidróxido de alumínio, está contra indicado duranteos tratamentos com tetraciclinas, quinolonas e outras substâncias que formem complexoscom o alumínio, visto que o antiácido interfere com a absorção destes antibióticos.
- está contra-indicada a administração a doentes com insuficincia renal.

Tome especial cuidado com Pepsamar

Recomenda-se particular cuidado aquando do emprego de doses elevadas em doentescom insuficincia renal, visto que nesses doentes, a administração de compostos dealumínio, pode agravar uma osteodistrofia existente, ou causar uma miopatia proximal.

Tambm se recomenda especial cuidado no uso do Pepsamar em doentes geritricos comosteoporose, dado que esta pode ser agravada pela deplecção de fsforo, hipercalciria einibição da absorção de flor, que resultam em alguns casos, da administração decompostos de alumínio em doses elevadas e durante perãodos prolongados.

Não tomar mais do que 16 comprimidos para mastigar em 24 horas ou usar a dosemáxima por mais do que duas semanas, excepto se for por directa indicação do médico.
Se os sintomas persistirem ou se agravarem durante o tratamento, consulte um médico.

Os antiácidos podem mascarar os sintomas de hemorragia interna secundária ao uso de
AINEs

Tomar Pepsamar com outros medicamentos
Pepsamar, está contra indicado durante os tratamentos com tetraciclinas, quinolonas eoutras substâncias que formem complexos com o alumínio, visto que o antiácido interferecom a absorção destes antibióticos.

Tomar Pepsamar com alimentos e bebidas
Não aplicvel.

Gravidez e aleitamento
Não existem quaisquer dados sugestivos de que Administração de Pepsamar, durante agravidez ou o aleitamento, tenham efeitos nocivos para o feto ou para as criançasamamentadas.

Contudo, se está grávida, ou a amamentar crianças de idade inferior a 3 meses, procure oconselho do médico ou do farmacêutico, antes de utilizar este medicamento.

De um modo geral o Pepsamar pode ser administrado em mulheres grávidas ou emperiodo de aleitamento sob vigilância médica

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não foram observados efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas com a administração.

3.COMO TOMAR Pepsamar

Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Administrar por via oral.

A dose habitual é:
1 a 4 comprimidos para mastigar, entre as refeições e ao deitar, até quatro vezes ao dia ousegundo a indicação do médico.

Não se recomenda a administração em crianças.

Se tomar mais Pepsamar do que deveria
Em caso de sobredosagem acidental, procure assistência médica imediatamente. improvável a Ocorrência de sintomas graves após uma sobredosagem, de qualquermaneira, o tratamento deve ser sintomático.

A ingestão de grandes quantidades do medicamento pode ser nociva em doentes cominsuficincia renal, devido é ação do io alumínio, que pode causar paralisias flcidas erisco de depresso respiratéria. Em tais casos, proceder-se- hidratação dos doentes,devendo administrar-se 10 a 20 ml de gluconato ou cloreto de cálcio por via endovenosa.
A hemodilise, s ser necessária em casos extremos.

Caso se tenha esquecido de tomar Pepsamar
Se for omitida a administração de uma ou mais doses, o tratamento deve continuar.
Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Pepsamar
Não necessária qualquer precaução especial, para a suspenso do tratamento.
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico

Efeitos secundários possíveis

Efeitos endócrinos / metabólicos: a ingestão de altas doses de hidróxido de alumínio poderesultar numa sndroma de deplecção de fsforo devido à ligação dos ies de alumíniocom o fsforo contido na dieta, formando sais insolveis de fosfato de alumínio. Adeplecção de fsforo pode manifestar-se por hipofosfatêmia, hipofosfatéria,hipercalciria, dor óssea, fraqueza muscular, parestesias, convulsões e mal estar geral. Osdoentes desnutridos, como os alcolicos, apresentam um risco aumentado de deplecçãode fsforo, pelo que é aconselhada monotorização sérica dos níveis deste io ou eventualsuplementação oral.

Efeitos gastrointestinais: frequente a Ocorrência de obstipação após terapêutica de longaduração com sais de alumínio; a utilização de doses excessivas de Hidróxido de alumíniopode resultar em obstrução do trato intestinal. Em casos raros foi descrito oaparecimento de bezoar gástricos nos doentes medicados com comprimidos de Hidróxidode alumínio. também frequente a Ocorrência de xerostomia.

Efeitos musculo-esquelticos: osteomalcia secundária a uma deficiente absorção defsforo foi descrita em casos raros.

Efeitos neurológicos: em casos raros, em indivíduos idosos especialmente predispostos, a administração de hidróxido de alumínio durante perãodos prolongados pode contribuirpara o aparecimento de quadros demenciais, devido é acumulação de pequenssimasquantidades de catio absorvidas.

5. COMO CONSERVAR Pepsamar

Não conservar acima de 25 C.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Pepsamar após o prazo de validade impresso no blister e na embalagem exterior a seguir é abreviatura utilizada para prazo de validade. O prazo de validadecorresponde ao ltimo dia do mês indicado.

Não utilize Pepsamar se verificar sinais de deterioração.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. Outras Informações

Qual a composição de Pepsamar
- A substância ativa do Pepsamar : Hidróxido de alumínio. Um comprimido paramastigar contêm 400 mg de complexo polimerizado de hidróxido de alumínioequivalente a 240 mg de hidróxido de alumínio.
- Os outros componentes so: óleo essencial de hortel-pimenta, amido de milho,manitol, sacarina sódica, talco e estearato de magnésio.

Qual o aspecto de Pepsamar e conteúdo da embalagem
Pepsamar apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidos para mastigar,acondicionados em blister de PVC/Alumínio. Embalagem com 20 ou 60 comprimidospara mastigar.

Fabricante :
L. Lepori, Lda
Rua João Chagas, n 53 ? Piso 3
1495-764 Cruz Quebrada-Dafundo
Portugal

Fabricante
Sofarimex Indústria química e farmacêutica, Lda.
Avenida das Indústrias Alto de Colaride Agualva
2735-213 Cacm
Portugal


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.