Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Parasimed - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : benzoato de benzila

Apresentação :

Sabonete: 60 g
Emulsão tópica: Frasco com 60 ml

Composição:
Cada 1g de PARASIMED sabonete contém:
benzoato de benzila ................................................ 100 mg
Excipientes* qsp ............................................................ 1g
* massa base e essência.
Cada ml de PARASIMED emulsão contém:
benzoato de benzila ................................................ 250 mg
Veículo* qsp ............................................................... 1ml
* metilparabeno, propilparabeno, trolamina, ácido oléico, laurilsulfato de sódio, simeticona emulsão e água deionizada.

Indicação : PARASIMED, quando aplicado topicamente (uso externo), em concentrações de 10% a 30%, atua, eficazmente e seletivamente, na escabiose e pediculose, destruindo o ectoparasita causador da moléstia, sem prejudicar o hospedeiro.
Evitar calor excessivo (temperatura superior a 40OC). Manter sempre bem fechado.
O produto se conserva estável por um período de 36 meses, a partir da data da sua fabricação.
O prazo de validade está gravado nas embalagens. Não use medicamento com o prazo vencido.
Informe ao seu médico a Ocorrência de gravidez, na vigência do tratamento ou após o seu término. O uso em gestantes e crianças deve obedecer cuidados e observações rigorosos.
Diluir com água (crianças: 3 partes de água; idosos: igual volume de água) para amenizar a irritação local.
Não amamentar durante o tratamento.
Para uma melhor eficácia terapêutica de PARASIMED, é conveniente fazer uso das duas formas farmacêuticas, concomitantemente.
Como normas gerais de higiene, recomenda-se:
· Ferver as roupas de cama e de uso pessoal, mantendo-as limpas;
· Manter as unhas curtas e limpas. No caso de pediculose (piolhos) e ftiríase (chatos), manter os cabelos curtos e limpos;
· Não coçar exageradamente e colocar luvas de proteção nas crianças;
· Evitar o contato com possíveis portadores e seus objetos de uso;
· Alertar os responsáveis pelas instituições coletivas frequentadas pelo portador do parasita.
Manter o produto longe dos olhos.
Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Se houver interrupção do tratamento, pode ocorrer reinfestação.

No caso de ingestão acidental, o tratamento é, principalmente, de suporte. Deve-se induzir ao vômito, nos indivíduos conscientes e realizar lavagem gástrica nos inconscientes.
No caso de superdosagem, os sintomas mais comuns são: excitação central, dermatite de contato e retenção urinária. Procure orientação médica.
Pacientes Idosos:
Para amenizar a irritação local, deve-se diluir PARASIMED emulsão em igual volume de água.
SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR, NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.
Nº de lote, data de fabricação e prazo de validade: vide embalagens
Reg. MS nº 1.4381.0014
Farm. Resp. Charles Ricardo Mafra CRF-MG 10.883

Fabricante :

Cimed Indústria Farmacêutica Ltda.

Registrado por: Cimed Indústria de Medicamentos Ltda.

Rua Engenheiro Prudente,121 - CEP: 01550-000 São Paulo/SP - CNPJ: 02.814.497/0001-07

Fabricado por: Cimed Indústria de Medicamentos Ltda.

Av. Cel. Armando Rubens Storino, 2750 Pouso Alegre – MG CEP: 37.550-000 - CNPJ: 02.814.497/0002-98

Indústria Brasileira - Marca registrada

SAC: 0800-7044647

Medicamentos do mesmo fabricante :

Amoximed
Acebrofilina
Acetato-de-dexametasona
Alergomine
Algexin-composto
Ambroxmel
Amoximed
Azimed
Aziol
Babymed
Bactropin
Befolik
Bepantriz
Calamed
Captomed
Carbocin
Carbocisteina
Cefacimed
Cetomed
Ciconazol
Ciflogex
Cimecort
Cimegripe 77C
Cimegripe bebe
Cimegripe crianca
Cimegripe dia
Cimegripe gotas
Cimegripe
Cimelide
Cleartop
Clofen k
Clofen s
Clofen k
Clofen s
Cloridrato de ciprofloxacino
Cloridrato de metformina
Cloridrato de propranolol
Colujet
Colutoide camomila
Dexmine
Diad
Diclofenaco dietilamonio
Diclofenaco resinato
Dipronil
Dipropionato de betametasona sulfato de gentamicina
Diurit
Dorfebril
Ducodil curvas
Enalamed
Epativan
Flamostat
Flucomed
Frenotosse
Gineng Cimed
Ginkomed
Ginseng
Glibeneck
Glimepirida
Gravtest
Hepamed
Hidroclorotiazida
Hidromed
Ibuprofeno
K-med gel
Kuramed sept
Kuramed
Larvitan
Lasene
Lavitan A Z
Lavitan calcio D
Lavitan kids
Lavitan mulher
Lavitan omega
Lavitan senior
Loratamed
Magnazia
Maleato de dexclorfeniramina betametasona
Maleato de dexclorfeniramina
Maleato de enalapril
Mebenix
Meme
Mentalol
Metronidazol
Multibic 3
Multibic 4
Narix
Nebacimed
Nemoxil
Neomed
Neprazol
Nerizina
Nitrato de miconazol
Norfloxmed
Otoloide
Parasimed
pediletan
Plavom
Probenxilreg gel
Propramed
Quadritop
Robenxil
Sedamed
Sinvastamed
Soronal
Sulfametoxazol-trimetoprima
Sulfato de neomicina bacitracina zincica
Tonico cimed
Ulcerocin
Unalmes
Upmep
Valerato de betametasona sulfato de gentamicina tolnaftato clioquinol
Valerimed
Vantil
Xo inseto

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular