Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Paramolan - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Paracetamol

Apresentação : 500 mg - Comprimidos efervescentes

Indicação :

PARAMOLAN É um medicamento disponível na forma de comprimidos efervescentes doseados a 500 mg de paracetamol. Para Além da substância ativa, contêm ainda os seguintes componentes não activos (excipientes): ácido cítrico, bicarbonato de sódio, carbonato de sódio anidro, sacarina sódica, polividona e docusato de sódio. PARAMOLAN comprimidos efervescentes apresenta-se em embalagens com tubos de 10 ou 20 comprimidos.

QUEM é o responsável PELA AUTORIZAção DE INTRODUção NO MERCADO DE PARAMOLAN ? Laboratório MEDINFAR PRODUTOS farmacêuTICOS, S. A. Rua Manuel Ribeiro de Pavia, 1 1 Venda Nova 2700 547 Amadora

EM QUE SITUAções DEVO UTILIZAR PARAMOLAN ? PARAMOLAN é indicado no tratamento sintomático de processos dolorosos como dores de cabeça ligeiras a moderadas, dores de doentes, dores musculares ligeiras a moderadas, dores Pós-traumáticas, contuses e dores menstruais (dismenorreia primria). PARAMOLAN está igualmente indicado no tratamento da febre de duração não superior a 3 dias, e no tratamento sintomático de síndromes gripais e constipações.

QUE MAIS DEVEREI SABER SOBRE PARAMOLAN ? O PARAMOLAN contêm como substância ativa paracetamol, o qual se caracteriza pelas suas propriedades analgésicas e antipiráticas (grupo fármaco-teraPóutico II-9). Para Além de combater eficazmente as dores e a febre, possui as seguintes caractersticas: não ataca a mucosa do estômago, permitindo a sua utilização nas pessoas que possam apresentar queixas digestivas. Utilizado nas doses terapêuticas recomendadas e por curtos perãodos, não interfere no mecanismo da coagulação sanguínea podendo ser utilizado conjuntamente com anticoagulantes. Por outro lado, e ao contrrio dos salicilatos, o paracetamol nas doses terapêuticas utilizadas, destituído de ação anti-inflamatéria e anti-reumática.

O QUE DEVO SABER ANTES DE TOMAR PARAMOLAN ? Quando que nunca deverei tomar PARAMOLAN Não deve tomar este medicamento se: For alérgico ao paracetamol ou a qualquer dos excipientes (ver O QUE PARAMOLAN ?); Se sofrer de doença hepática grave.

Que precauções devo ter em atenção quando utilizar PARAMOLAN

PARAMOLAN deve ser administrado com precaução nas seguintes situações : doentes com perturbações funcionais hepáticas ou renais graves, hepatite aguda; doentes medicados com indutores enzimáticos e/ou fármacos que afectem a função hepática; doentes com historial de alcoolismo ou que ingiram habitualmente 3 ou mais bebidas alcolicas por dia; doentes com anemia, doenças cardíacas ou pulmonares (nestes casos, deve evitar-se o tratamento prolongado). Os comprimidos efervescentes PARAMOLAN não devem ser administrados a crianças com idade inferior a 6 anos, a não ser que indicado pelo médico. Os comprimidos efervescentes contêm sais de sódio na sua composição, por isso não devem ser usados por indivíduos quetêm que respeitar uma dieta de sal na alimentação. Este medicamento não deve ser utilizado para a auto-medicação da dor, durante mais de 7 dias nos adultos ou mais de 5 dias em crianças, excepto se prescrito pelo médico, pois uma dor intensa e -

prolongada pode requerer avaliação e tratamento médico. Este medicamento também não deve ser usado para auto-medicação da febre elevada (superior a 39C), febre de duração superior a 3 dias ou febre recorrente, excepto se prescrito pelo médico, pois estas situações podem requer a avaliação e tratamento médico. Deverá consultar o seu médico caso a dismenorreia se acompanhe de qualquer outra alteração não habitual.

Posso tomar PARAMOLAN

Como com qualquer medicamento, em caso de gravidez ou aleitamento, o médico deve ser consultado antes de iniciado o tratamento com paracetamol. Existe evidência epidemiológica e clínica da segurança da utilização do paracetamol durante a gravidez. O paracetamol excretado pelo leite materno, mas em quantidades insignificantes.

Posso utilizar PARAMOLAN

No caso de tomar algum dos seguintes medicamentos Deverá consultar o seu médico antes da toma de PARAMOLAN: varfarina (anticoagulante); anti-epilpticos; rifampicina; cloranfenicol; salicilatos ou outros anti-inflamatórios não esteróides; AZT (zidovudina);

Se estiver a tomar colestiramina (medicamento que reduz o colesterol no sangue), Deverá fazer um intervalo de 1 hora entre a administração deste medicamento e de PARAMOLAN comprimidos efervescentes. A ingestão de álcool (mais de 3 bebidas alcolicas/dia), agrava a toxicidade hepática do paracetamol.

Posso conduzir ou trabalhar com máquinas enquanto estiver a usar este medicamento ? Pode, pois não foram observados efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.

COMO DEVEREI TOMAR PARAMOLAN ? Salvo indicação médica em contrrio, PARAMOLAN comprimidos efervescentes pode ser administrado do seguinte modo :

durante a gravidez ou aleitamento se estiver a tomar outros medicamentos
Adultos, idosos e jovens com mais de 12 anos: 1 2 comprimidos, até 4 vezes ao dia, em intervalos de 4 a 6 horas. Não deve exceder a dose diária de 8 comprimidos/24 horas (4 g). Crianças de 7 a 12 anos : 1 comprimido, até 4 vezes ao dia. Os comprimidos devem ser tomados depois de desfeitos em água. Assim, deve dissolver os comprimidos em meio copo de água, aguardar até sua completa dissolução e a seguir beber o líquido.

Atenção: não exceder as doses diárias recomendadas. Em caso de insuficincia renal, poderá ser necessária uma redução da dose ou um alargamento do intervalo entre as administrações.

E se me esquecer de administrar uma dose ? Uma vez que a necessidade de usar este medicamento é consequncia de uma situação dolorosa ou de um estado febril, pouco provável que se esquea de o tomar. Contudo, se tal acontecer não administre uma dose a dobrar para compensar a que se esqueceu. Se estiver próximo da hora da nova toma, espere até l, tomando a dose habitual no horrio normal e prosseguindo o tratamento como de costume.

E se administrar uma dose excessiva do medicamento ? O paracetamol É um fármaco, que se administrado em doses maciças pode provocar sários danos ao nível do fgado, pelo que a toma de uma dose excessiva do medicamento pode tornar-se uma situação grave, podendo inclusivamente levar à morte. Contudo, em adultos e adolescentes a toxicidade hepática raramente tem sido descrita após ingestão de doses inferiores a 10 g. As lesões hepáticas so prováveis em adultos que ingiram doses de paracetamol iguais ou superiores a 10 g. As mortes so raras (menos de 3 a 4% dos casos não tratados) etêm sido pouco referidas para sobredoses inferiores a 15 g. Nas crianças, uma sobredose aguda inferior a 150 mg/kg não foi associada a efeitos txicos no fgado. Nas primeiras 24 horas, os primeiros sintomas que aparecem a seguir a uma sobredosagem com paracetamol potencialmente tóxica ao nível do fgado, podem ser : palidez, náuseas, vômitos, anorexia e dores abdominais.

Tratamento: O adequado controlo da sobredosagem com paracetamol exige um tratamento imediato, pelo que apesar da ausência de sintomas precoces, o doente Deverá ser conduzido urgência hospitalar para tratamento imediato. Conforme o grau de intoxicação ser-lhe-o administradas as adequadas medidas de tratamento e de suporte.

QUE EFEITOS indesejáveIS poderáO OCORRER DURANTE O TRATAMENTO COM PARAMOLAN MESMO SE USADO COMO INDICADO ? Nas doses terapêuticas habituais, o paracetamol geralmente bem tolerado. No entanto, pode surgir ocasionalmente alergia: erupção cutânea, prurido e edema. A erupção habitualmente do tipo eritema ou urticária, embora em alguns casos possa ocorrer febre e leso das mucosas. Estas reações alérgicas ocorrem com mais frequência nos indivíduos com história anterior de alergia aos salicilatos. O aparecimento destes efeitos alérgicos imPóe a suspenso do tratamento e a consulta do médico. Outros efeitos indesejáveis: Nuseas, vômitos, diarreia, dor abdominal; Dificuldade ou dor micção, micção inferior ao habitual, vestágios de sangue na urina Febre, hipoglicmia, icterícia, insuficincia hepática. está descrito, embora de Ocorrência rara, o aparecimento de alterações sanguíneas de neutroPónia, trombocitoPónia, e pancitoPónia, hemorragia, anemia hemoltica, leucoPónia, metahemoglobinmia, estando relacionadas com a administração prolongada de doses elevadas do fármaco. Caso detecte estes ou outros efeitos indesejáveis não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

COMO DEVEREI GUARDAR PARAMOLAN ? Tal como todos os medicamentos, deve guardar PARAMOLAN fora do alcance e da vista das crianças.

Após cada administração, mantenha o tubo bem fechado e em local seco Não guarde o medicamento acima de 25ºC. Antes de utilizar PARAMOLAN verifique a data de validade impressa na embalagem.

Fabricante :

MEDINFAR Produtos Farmacêuticos S/A

Endereço: Alameda Fernão Lopes, 1495-190 Algés, Portugal
Telefone:+351 21 499 7400

Medicamentos do mesmo fabricante :

Asp, Ceclor, Cetix, Kifen ibuprofeno, Paramolan, Prisma


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto