Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Pancuron 2mg/ml - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : ácido acético, Brometo de Pancuronio, Acetato de Sódio.e Cloreto de Sódio.

Apresentação : 2mg/ml

Indicação : O PANCURON é indicado como um agente auxiliar na anestesia cirúrgica para obter-se o relaxamento da musculatura esqueltica. Pode também ser empregado para facilitar o controle de pacientes sob ventilação mecúnica.

Modo de Usar :

As informaçães sobre a dosagem recomendada a seguir so derivadas de estudos dose-respostas e servem apenas como orientação. desde que potentes agentes inalatérios e a administração prvia de succinilcolina mudam a intensidade do bloqueio e a duração do pancuron, estes fatos devem ser levados em consideração na escolha da dose inicial e nos seus incrementos.
Em pacientes adultos a dosagem intravenosa inicial varia de 0,04 a 0,1 mg/kg. doses incrementais podem iniciar-se com 0,01 mg/kg. estes incrementos aumentam levemente a magnitude do bloqueio e aumentam significativamente a sua duração porque um significante nmero de junções mioneurais estáo ainda bloqueadas quando há a necessidade clínica de mais droga.
Se o pancuron é usado para proporcionar relaxamento da musculatura esqueltica para intubação endotraqueal, doses de 0,06 a 0,1 mg/kg so recomendadas. condições satisfatérias para intubação normalmente aparecem dentro de 2 a 3 minutos.
Para crianças estudos indicam que, com exceção dos neonatos, a dosagem é a mesma dos adultos. os neonatos so sensíveis a agentes bloqueadores neuromusculares não-despolarizantes como o pancuron durante o primeiro mês de vida. recomenda-se que doses teste de 0,02 mg/kg sejam dadas para avaliação das respostas. nas cesreas a dosagem que proporciona o relaxamento para a intubação e cirurgia é a mesma para os procedimentos cirúrgicos gerais.

Contra indicação :

O PANCURON está contra-indicado em pacientes com reconhecida hipersensibilidade droga ou ao on brometo, ou ainda a algum componente da fórmula. está também contra-indicado em pacientes com miastenia grave.

Precauções :

Embora o PANCURON tenha sido usado com sucesso em muitos pacientes com problemas pulmonares, hepáticos ou renais, seu uso Deverá ser feito com muito cuidado. Isto particularmente importante nos pacientes com problemas renais pois a maior parte do PANCURON excretada inalterada na urina.

Modo de usar :

As informaçães sobre a dosagem recomendada a seguir so derivadas de estudos dose-respostas e servem apenas como orientação. desde que potentes agentes inalatérios e a administração prvia de succinilcolina mudam a intensidade do bloqueio e a duração do pancuron, estes fatos devem ser levados em consideração na escolha da dose inicial e nos seus incrementos.
Em pacientes adultos a dosagem intravenosa inicial varia de 0,04 a 0,1 mg/kg. doses incrementais podem iniciar-se com 0,01 mg/kg. estes incrementos aumentam levemente a magnitude do bloqueio e aumentam significativamente a sua duração porque um significante nmero de junções mioneurais estáo ainda bloqueadas quando há a necessidade clínica de mais droga.
Se o pancuron é usado para proporcionar relaxamento da musculatura esqueltica para intubação endotraqueal, doses de 0,06 a 0,1 mg/kg so recomendadas. condições satisfatérias para intubação normalmente aparecem dentro de 2 a 3 minutos.
Para crianças estudos indicam que, com exceção dos neonatos, a dosagem é a mesma dos adultos. os neonatos so sensíveis a agentes bloqueadores neuromusculares não-despolarizantes como o pancuron durante o primeiro mês de vida. recomenda-se que doses teste de 0,02 mg/kg sejam dadas para avaliação das respostas. nas cesreas a dosagem que proporciona o relaxamento para a intubação e cirurgia é a mesma para os procedimentos cirúrgicos gerais.

Apresentação : Embalagem com 50 ampolas de 2 ml.

Fórmula :

Brometo de Pancurnio (DCB 0951.02-1) .................... 4 mg
veículo estáril q.s.p. .................... 2 ml
(veículo estáril: acetato de sódio, ácido acético, cloreto de sódio, água para injetíveis).
USO pediátrico OU ADULTO

Cuidados

O PANCURON Deverá ser administrado na dosagem cuidadosamente ajustada por pessoal capacitado e que esteja familiarizado com as ações e possveis complicações que podem ocorrer após a administração do produto. O produto não Deverá ser administrado a não ser que as facilidades para intubação, respiração artificial, terapia com oxignio e drogas reversivas estejam disposição. Os médicos deverão estar preparados para assistir ou controlar a respiração.
Seu uso deve ser evitado nos pacientes com miastenia grave. O uso do estimulador nervoso perifrico vlido para assegurar o efeito do PANCURON em muitos pacientes.
USO NA GRAVIDEZ: O uso do PANCURON na gravidez não está ainda estabelecido com relação possibilidade de efeitos adversos no desenvolvimento fetal. Deste modo, não Deverá ser usado em mulheres com risco de gravidez e particularmente no incio da gravidez, a não ser que o médico julgue os benefícios esperados contra os riscos possveis. O PANCURON pode ser utilizado na cesrea, porêm a reverso poderá ser insatisfatéria em pacientes que receberam Sulfato de magnésio.

Informaçães Técnicas

O Brometo de Pancurnio É um agente bloqueador neuromuscular não despolarizante, que possui todas as Características e ações farmacológicas desta classe de drogas (curariforme).
O incio de ação depende da dose, sendo que com a administração de 0,04 mg/kg o incio da ação, medido com estimulador nervoso perifrico, acontece dentro de 45 segundos e o pico do efeito normalmente dentro de 4 1/2 minutos.
A recuperação de 90% do controle acontece em menos de 1 hora. Doses maiores, mais adequadas para a intubação endotraqueal, como 0,08 mg/kg, tem um incio de ação dentro de 30 segundos e o pico de ação de efeito dentro de 3 minutos.
O Brometo de Pancurnio tem pequeno efeito sobre o sistema circulatério.

Informações ao paciênte

O prazo de validade do PANCURON de 24 meses a partir da data de fabricação , quando armazenado sob refrigeração, entre 2 e 8C. Se armazenado em temperatura ambiente, entre 15 e 30ºC, o prazo de validade é de 6 meses. Não utilize medicamento vencido.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. NO TOME Remédio SEM O CONHECIMENTO DE SEU médico; PODE SER PERIGOSO PARA SUA Saúde.

Interação Medicamentosa :

A intensidade do bloqueio e duração da ação do PANCURON é aumentada em pacientes que estejam recebendo anestásicos inalatérios potentes como halotano, éter, enflurano e metoxiflurano. Não há aumento da intensidade do bloqueio ou duração da ação do PANCURONÉ com o uso de tiobarbituratos, Analgésicos narcticos, xido nitroso ou droperidol.
a administração prvia de succinilcolina, quando na intubação traqueal, provoca mudanças no efeito relaxante do PANCURON. Se a succinil-colina for usada antes da administração do PANCURON, este só deverá ser administrado após aparecerem os efeitos da succinilcolina.

reações Adversas / Colaterais

reações NEUROMUSCULARES: As reações mais frequentemente observadas consistem principalmente numa extenso da ação farmacológica da droga após o perãodo programado e necessário da cirurgia e anestesia. Isto pode variar de relaxamento leve a profundo da musculatura esqueltica para um prolongado relaxamento resultando numa apnia ou insuficincia respiratéria.
Reverso inadequada do bloqueio neuromuscular por agentes anticolinestersicos tem sido observada com o uso do PANCURONé bem como com todos os agentes curariformes. Estas reações adversas podem ser controladas por ventilação mecúnica ou manual.
reações CARDIOVASCULARES: um leve aumento no pulso.
reações GASTROINTESTINAIS: algumas vezes nota-se salivação durante a anestesia, especialmente se a pré-medicação anticolinrgica não utilizada.
reações DERMATOlógicAS: uma ocasional e passageira irritação da pele pode aparecer após o uso de PANCURON.


Dizeres Legais :

Farmacêutico Responsável: Dr. José Carlos Módolo CRF-SP no 10.446

No do lote, data de fabricação e prazo de validade: vide caixa.

Fabricante :

Cristália Produtos químicos farmacêuticos Ltda.

Rodovia Itapira-Lindóia, km 14 – Itapira - SP

Fone: (11) 3723-6475
Celular : (11) 98364-4442

E-mail : lidia.andreatta@cristalia.com.br

SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) : 0800 7011918

Medicamentos do mesmo fabricante :

Alfast, Alimax, Ana Flex, Anforicin, Aramin, Bacris, Bactomax, Bariogel 100, Benormal, Besilato de Anlodipino, Bioflac, Brevibloc, Cetoprofeno 50 mg, cetoprofeno 100 mg, Cetoprofeno IV, Cinetol, Cis, Clonidin, Cloridrato da Mbroxol, Cloridrato de Donepezila, Cloridrato de Lidocaina geleia
Codein, Crisapina, Dantrolen IV, Denyl, Dimorf, Dopacris, Dormire, Droperdal, Duoflam, Efedrin, Endocris, Epifrin, Fastfen, Fenilefrin, Fenocris, Fibrinase com Cloranfenicol, Flumazil, Fluoxetin, Funtyl, Helleva, Hemifumarato de Quetiapina, Hemofol, Imipra, Imunen 50 mg, Isoforine, Ketamin, Kollagenase, Labrea, Leflun, Leflunomida, Leuvec, Levozine, Medicaina, Mesilato de imatinibe, Metadon, Naderm, Nausedron, Neocaina, Neural, Nilperidol, Nitroprus 50 mg, Olanzapina, Pamergan, Pancuron 2 mg ml, Pancuron, Phosfoenema, Prosigne, Quetipin, Revia, Riluzol, Rocuron, Roxetin, Sevocris, Tegretard, Teosyal, Tinidazol, tracur, Tramadon, Trometamol cetorolaco, Zolcris


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.


Jesus a Chave Hermenêutica, Curso exclussivo com o Pastor Caio Fábio