Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Otosynalar - Bula

Bula de Otosynalar, antibiótico aminoglicosídeo de amplo espectro, indicado para: otite externa e outras condições inflamatórias que respondem à corticoterapia.

Princípio ativo : Acetonido de Fluocinolona, Neomicina e Polimixina B.

Classe terapêutica : Antibióticos Tópicos Oral e Corticoides Topicos Oral

Apresentação : Solução otológica, frascos com 5 ml, com bico conta-gotas.

Para que serve: Otite externa e outras condições inflamatórias que respondem à corticoterapia onde infecção bacteriana esteja presente ou suspeita.

Efeito Colateral :

Sensação de ardor, coceira, irritação, secura, foliculite, hipertricose, erupções acneiformes, hipopigmentação, dermatite alérgica de contato, infecção secundária e atrofia da pele, têm sido relatadas com o uso de corticosteróides de uso tópico.

Tem sido relatadas ototoxicidade e nefrotoxicidade com o uso tópico de neomicina.

Contra indicação :

Infecções do ouvido, mictica ou virais, não tratadas.

2. Herpes simples, vacina e varicela.
3. Hipersensibilidade aos componentes da fórmula.
4. Nas perfurações timpônicas.

Advertências e Precauções:

O uso prolongado de corticosteróides tópicos pode produzir atrofia da pele e tecidos subcutâneos.

Os glicorticóides podem mascarar alguns sinais de infecção e novas infecções podem aparecer durante o seu uso.

Não é recomendado no primeiro trimestre da gravidez. Se for usado no segundo trimestre deve-se avaliar os benefícios esperados frente os perigos potenciais ao feto.

O uso prolongado pode resultar em supercrescimento de bactrias e fungos não-sucetíveis.

Uma vez que não se tem observado atividade sistêmica com as doses terapêuticas de OTOSYLANAR, deve-se tomar cuidado ao transferir paciente sob corticoterapia sistêmica para OTOSYNALAR se houver uma suspeita de função adrenal prejudicada. a administração de corticosteróides tópicos a criança deve-se restringir a um curto período de tempo e menor quantidade possível do produto, compatével com um regime terapêutico eficaz.

Podem ocorrer reações cruzadas alérgicas as quais poderão impedir o uso futuro de Kanamicina, paranomicina e estreptomicina.

Esta preparação não se destina a uso oftálmico.

Fórmula :

Acetonido de flucionolona....................0,275 mg (.)
Sulfato de polimixina B....................11.000 U.I
Neomicina base(como sulfato)....................3,85 mg
Cloridrato de lidocana....................0,02 g
ácido cítrico....................0,10 mg
Propilenoglicol....................0,40 g
água destilada q.s.p....................1,00 ml
(.) inclui 10% de excesso

Descrição

A terapêutica tópica das otites externas exige, em geral, a instituição simultânea de um medicamento capaz de corrigir o fator inflamatório, de tanta importncia nas mesmas e responsáveis pela dor em muitos casos, e de um antibiótico ou associação antibiótica eficaz contra os germes mais habitualmente responsáveis pelos processos infecciosos auriculares.

No primeiro estágio , o acetonido de flucinolona Syntex (Synalar) constitui o esteroide antiiflamatório tópico que da lugar, de um modo rápido, regresso da sintomatologia inflamatória ou alérgica e ao quadro subjetivo que a acompanha.

O acetonido de flucinolona capaz, por si, de corrigir os quadros de eczema e prurido do ouvido externo, assim como grande número de otites externas, frequentemente de origem alérgica.

Por outra parte, a otalgia que acompanha estas síndromes também desaparece, ou substancialmente aliviada.

Em veículo adequado o OTOSYNALAR se difunde nas secreções próprias das otites e chega ileso, levando a cabo sua ação antiiflamatória.

A polimixina B constitui um antibiótico bactericida face aos germes Gram-negativos habitualmente responsáveis pelas infecções auriculares, sobre as quais resulta ser eficaz.

A neomicina, antibiótico de largo espectro e de notável estabilidade, não refora a atividade da polimixina B sobre alguns germes, como também aumenta o campo de ação antibiótica.

O cloridrato de lidocaina, como anestésico local, combate o sintoma dor, muito frequente nas afecções do ouvido.

O propilenoglicol que aparece como veículo solvente da flucinolona, facilita a penetração das substâncias ativas.

OTOSYNALAR constitui, por conseguinte, medicamento eficaz nas síndromes otológicas externas, nas quais ao mesmo tempo em que corrige a inflamação e a infecção, faz desaparecer os sintomas subjetivos (prurido,ardor e dor).

Informação ao Paciente

OTOSYLANAR é uma associação medicamentosa para tratamento tópico das afecções do ouvido externo (conduto auditivo externo).
Os medicamentos devem ser sempre conservados em local fresco e seco, em condições de higiene mantendo seus rótulos de maneira sempre visível e legvel, para fácil Identificação no momento de usar.

Manter o frasco sempre fechado para evitar contaminação.

Evitar o uso de medicamentos com prazo de validade esgotado.

O medicamento deve ser empregado sob prescrição médica e de acordo com o modo de usar e posologia constante desta bula.

Informar ao médico sobre possíveis ocorrências de fenômenos indesejáveis.

O medicamento está contra indicado nos casos de hipersensibilidade aos componentes da formulação; nas perfurações do tímpano e também no herpes simples, vacina e varicela.

Não é recomendado o uso do produto no primeiro trimestre da gravidez e no segundo trimestre deve-se avaliar os benefícios frente aos riscos que podem advir ao feto.

O uso em crianças deve-se limitar a curto espao de tempo e usando a menor quantidade possível do produto, condizente com o tratamento eficaz.

Este medicamento não se destina a uso oftálmico.

Modo de Usar :

Dose inicial usual três ou quatro gotas instaladas no ouvido 2 a 4 vezes ao dia.

Não há evidência de que excedendo as doses máximas recomendadas obtenha-se maior eficácia, portanto, doses maiores devem ser evitadas.

Fabricante :

Laboratório Silva Araujo Roussel S.A.
Rua Do Rocha 155, Rio De Janeiro (RJ) 20969-900
Brazil

Medicamentos do mesmo fabricante :

Antietanol, Flanax, Fonergin, Hemogenin, Hidantal, Naprosyn, Otosynalar, Rulid_150_mg, Setux, Staporos, Urbanil.

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.