Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Ostenan - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Alendronato Sódico.

Classe terapêutica : Metabolismo Ósseo.

Apresentação : Comprimidos: Caixas com 15 e 30 comprimidos revestidos.

Indicação : é indicado para o tratamento da osteoporose em mulheres após a menopausa e doença de Paget.

Efeito Colateral :

OSTENAN geralmente bem-tolerado. Todavia poderão ocorrer dor abdominal, distúrbios esofgicos. dispepsia, náuseas e, mais raramente, erupção cutânea e eritema. Poderão ocorrer reduções transitérias e assintomáticas de cálcio srico.

Modo de Usar :

A dose recomendada para osteoporose Pós-menopausa é de 10 mg uma vez ao dia. Para doença de Paget, estudos mostram o uso de 10 a 40 mg ao dia. OSTENAN Deverá ser ingerido pelo menos meia hora antes do primeiro alimento, bebida ou medicação do dia, com um copo cheio de água. Os pacientes não deverão se deitar após a ingestão de OSTENAN para minimizar a potencial irritação esofgica devida ao refluxo. Não é necessário ajustar a posologia para pacientes idosos ou com insuficincia renal leve e moderada (clearance de creatinina entre 35 e 60 ml/min). A hipocalcemia deve ser corrigida antes da terapêutica ser iniciada e os pacientes com osteoporose ou Paget devem receber suplemento de cálcio e vitamina D se a dieta for inadequada.

Contra indicação :

Hipersensibilidade ao principio ativo, hipocalcemia e outros distúrbios no metabolismo de cálcio, insuficincia renal grave (clearance de creatinina < 35 ml/min) e deficincia de vitamina D.

Modo de usar :

A dose recomendada para osteoporose Pós-menopausa é de 10 mg uma vez ao dia. Para doença de Paget, estudos mostram o uso de 10 a 40 mg ao dia. OSTENAN Deverá ser ingerido pelo menos meia hora antes do primeiro alimento, bebida ou medicação do dia, com um copo cheio de água. Os pacientes não deverão se deitar após a ingestão de OSTENAN para minimizar a potencial irritação esofgica devida ao refluxo. Não é necessário ajustar a posologia para pacientes idosos ou com insuficincia renal leve e moderada (clearance de creatinina entre 35 e 60 ml/min). A hipocalcemia deve ser corrigida antes da terapêutica ser iniciada e os pacientes com osteoporose ou Paget devem receber suplemento de cálcio e vitamina D se a dieta for inadequada.

Fórmula :

Cada comprimido revestido contêm: Alendronato sódico, 10 mg.

Informaçães Técnicas

O alendronato é um aminobisfosfonato sintético, anlogo ao pirofosfato, que se liga hidroxiapatita no osso, apresentando ação inibidora sobre o osteoclasto, que atua na reabsorção óssea. Inibe a reabsorção óssea de maneira dose-dependente e tem um efeito 100-1.000 vezes mais potente que o etidronato. O alendronato incorporado ao osso e tem uma meia-vida de eliminação estimada em 10 anos no homem. Entretanto, quando incorporado na matrix óssea, a droga não farmacologicamente ativa.

Informações ao paciênte

Cuidados na conservação: O medicamento deve ser conservado ao abrigo da luz, calor e umidade. Prazo de validade: 24 meses após data de fabricação . "Verifique a data de fabricação na embalagem". Conduta na gravidez e lactação: O uso de alendronato não foi estudado no grupo de mulheres grávidas e que amamentem. Por isto, informe ao médico a Ocorrência de gravidez se estiver fazendo uso da medicação . Cuidados na administração: OSTENAN Deverá ser ingerido pelo menos meia hora antes do primeiro alimento, bebida ou medicação do dia, com um copo cheio de água, uma vez que bebidas, alimentos e Outras medicações podem reduzir a absorção do alendronato. Recomenda-se não se deitar em seguida ingestão de OSTENAN. Interações Medicamentosas:: Leite e derivados, bebidas com alto teor de cálcio, suplementos de cálcio e antiácidos interferem na absorção de OSTENAN. Recomenda-se que os pacientes esperem pelo menos meia hora após a ingestão de OSTENAN para tomar alguma medicação . Contra-indicações: Em pacientes com hipersensibilidade ao Princípio ativo, em situações de hipocalcemia e outros distúrbios no metabolismo do cálcio, insuficincia renal grave e deficincia de vitamina D. reações adversas: OSTENAN geralmente bem-tolerado. Todavia poderão ocorrer dor abdominal, distúrbios esofgicos, dispepsia, náuseas e, mais raramente, erupção cutânea e eritema. Precauções: OSTENAN deve ser usado com cautela em pacientes com distúrbios do trato gastrintestinal superior (gastrite, duodenite ou úlcera, disfagia e esofagites). Advertências e recomendações para pacientes maiores de 65 anos: OSTENAN poderá ser utilizado por pacientes acima de 65 anos, desde que observadas as precauções e contra-Indicaçõescomuns ao produto.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. Pode ser perigoso para a sua Saúde.

Interação Medicamentosa :

A absorção de OSTENAN sofre interferncia com leite e derivados, bebidas ou suplementos com alto teor de cálcio e antiácidos. Deve-se esperar pelo menos meia hora após a ingestão de OSTENAN para se tomar alguma medicação .

Superdosagem :

Os efeitos adversos gastrintestinais poderão ocorrer devido à superdosagem. nestes casos indica-se a administração de leite ou antiácidos, que se ligam ao alendronato. dispositivo legal (portaria 11/81 da dimed), para todo e qualquer novo medicamento durante os primeiros 5 anos de comercialização: "este produto é um novo medicamento e, embora as pesquisas realizadas tenham indicado segurança e eficácia quando corretamente indicado, podem ocorrer reações adversas ainda não descritas ou conhecidas. em caso de suspeita de reação adversa, o médico responsável deve ser notificado".

Dizeres Legais :

Farmacêutico Responsável: Regina Helena Vieira de Souza Marques CRF/SP no 6394

Fabricante : Marjan Farma Indústria e Comércio

Endereço: R. Gibraltar, 165 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04755-070
Telefone: (11) 5642-9888

E-mail e SAC: 0800-55-4545

Medicamentos do mesmo fabricante :

Ambroten, ambroten, anemofer, aplause, asdron, bactricin, barivit, calde k2, calde Mag, calde, climadil, colpagex N, denacen, dexagil, foliron ITF, foliron, inflanan FC, inflanan, iperisan, ketonan, magnen b6, magstress, monaless, nicord, normaten FIT, ostenan, pasalix, permear, prostat-hpb, prostat, radan, sonoripan, takil, tamaril, tenag, tenflax, trivagel N, vagi C, vecasten, vicog, vinocard Q10, vitergan pre natal, vitersol d


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.