Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Ostac - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : baseanidra de clodronato dissódico

Classe terapêutica : Metabolismo Osseo.

Apresentação : Caixa com 40 cápsulas e caixa com 5 ampolas.

Indicação : Ostelise conseqente metstase óssea de tumores slidos (p. ex., carcinoma de mama, próstata ou tireide) ou em conseqncia de neoplasias hematológicas (p. ex., mieloma múltiplo). Hipercalcemia conseqente a metstases ósseas extensas ou induzida por tumores malignos, sem metstases ósseas.

Efeito Colateral :

No incio do tratamento, e se doses altas forem utilizadas, poderão ocorrer distúrbios gastrintestinais, como náuseas e diarreia. reações de hipersensibilidade cutânea podem ocorrer em casos isolados. Imediatamente após Administração intravenosa da infuso, observou-se uma proteinária passageira em casos isolados. Hipocalcemia pode ocorrer nos pacientes em tratamento com Ostac. há relatos de insuficincia renal aguda após a administração intravenosa de clodronato, portanto deve-se proceder ao controle da função renal durante o tratamento com Ostac. Algumas alterações laboratoriais reversíveis, como redução da fosfatemia, elevação da fosfatase alcalina, de DHL e do hormnio paratireoideano poderão ocorrer. - Interações Medicamentosas:: alimentos com alto teor de cálcio, como leite e laticnios, diminuem a absorção de clodronato administrado por via oral. A absorção também prejudicada por medicamentos contendo cálcio, ferro ou magnésio em doses altas e também por antiácidos. Para evitar qualquer possibilidade de incompatibilidade, Ostac Solução injetável deve ser diludo e administrado somente com solução isotúnica de cloreto de sódio.

Modo de Usar :

Ostac cápsulas: a dose diária em geral de 4 cápsulas. Caso necessário, pode ser utilizada uma dose diária de até 8 cápsulas no máximo. Ostac solução injetável para infuso: a posologia recomendada é de 1 ampola como dose única diária na forma de infuso intravenosa. O tempo de infuso deve ser de 2 horas no mínimo. A dose diária de 1 ampola não deve ser ultrapassada. - Ostac cápsulas: as cápsulas de Ostac devem ser ingeridas com algum líquido, exceto leite. Não se deve ingerir nenhum alimento uma hora antes e uma hora depois da ingestão de Ostac. A dose diária pode ser ingerida em uma única administração, por exemplo, antes de dormir, ou em dois horrios distintos, para melhorar a tolerância gastrintestinal. A duração do tratamento geralmente de 6 meses. Dependendo da evolução da enfermidade, o tratamento pode também prolongar-se por mais tempo. Em casos individuais, pode ser necessário repetir o tratamento com Ostac ou reinicia-lo após uma interrupção da terapia. Ostac Solução injetável: deve ser administrado como infuso intravenosa lenta, por, no mínimo, 2 horas. Para tanto, o conteúdo de uma ampola deve ser dissolvido em 500 ml de solução isotúnica de cloreto de sódio e a infuso deve ser efetuada lentamente. A solução preparada para infuso deve ser utilizada até no máximo 6 horas após preparo. Ostac deve ser administrado em infuso exclusivamente intravenosa, não devendo-se nunca administrar o composto por via intra-arterial. A duração do tratamento depende da reação do paciente; portanto, deve-se proceder diariamente é análise de cálcio srico. A duração da terapia por infuso intravenosa não deve ser superior a 10 dias. Na maioria dos casos É possível reduzir um nível elevado de cálcio srico a valores situados dentro dos limites normais em um perãodo de 2 a 5 dias. após normalização dos níveis elevados de cálcio srico, aconselha-se continuar o tratamento com Ostac cápsulas durante um perãodo de tempo de até 6 meses para manter a normocalcemia. Caso o nível srico de cálcio aumente novamente, o tratamento por infuso pode ser reiniciado por um perãodo de 5 até 10 dias no máximo. Como a ação de Ostac administrada por via intravenosa É consideravelmente mais rápida e potente, recomenda-se seu uso no incio do tratamento, mesmo em pacientes normocalcmicos. após o tratamento com Ostac por infuso, durante 5 dias, deve-se continuar o tratamento com Ostac cápsulas. Este procedimento é aconselhável especialmente nos casos de complicações, por exemplo, metstase na coluna vertebral ou em outros ossos de sustentação do esqueleto. Ostac solução injetável não deve ser administrado por via intra-arterial. - Superdosagem: até o momento não foram descritas intoxicações com ouso do clodronato; entretanto, podem ocorrer náuseas e vômitos no caso de superdosagem aguda. A terapia consiste em tratamento sintomático. através da ingestão de uma grande quantidade de clodronato dissódico pode desenvolver-se hipocalcemia, como conseqncia do efeito depletor de cálcio. A terapia para estes casos consiste no tratamento da hipocalcemia, por exemplo, através da administração de alimentos ricos em cálcio (leite) ou, em casos graves, de cálcio por via intravenosa.

Contra indicação :

Hipersensibilidade à substância ativa. Insuficincia renal, exceto quando necessário seu uso por curto prazo na insuficincia renal funcional decorrente de elevados níveis séricos de cálcio. Inflamações agudas do trato gastrintestinal. Gravidez e lactação.

Precauções :

Ostac solução injetável apenas deve ser administrado em infuso, em solução isotúnica de cloreto de sódio, para evitar possveis incompatibilidades. Durante o tratamento com Ostac, devem ser efetuados regularmente controles hematológicos e da função hepática, assim como do nível srico de fosfato. A função renal deve ser regularmente controlada durante a terapia com Ostac cápsulas e mais frequentemente durante o tratamento com Ostac injetível. Caso ocorra algum comprometimento da função renal, o tratamento com Ostac deve ser interrompido. O nível srico de cálcio deve ser monitorizado diariamente durante a terapia com Ostac injetável e em intervalos de no mínimo 4 semanas durante a terapia com Ostac cápsulas. O tratamento com Ostac injetável deve ser interrompido, caso ocorra hipocalcemia, sendo que para pacientes tratados com Ostac cápsulas, a dose deve ser reduzida de acordo com as necessidades individuais.

Fórmula :

Cada cápsula contêm: 499,74 mg = 400 mg na baseanidra de clodronato dissódico, 4H2O. Cada ampola de 10 ml contêm 374,84 mg = 300 mg na base anidra de clodronato dissódico, 4H2O.

Fabricante :

Asta médica Ltda.

Endereço
Rua Glicério, 497 Liberdade - Sao Paulo
CEP: 01.514-000 - São Paulo - SP

Telefone: (11) 3209-1660

Medicamentos do mesmo fabricante :

Benflogin, Dasten, Dilatrend, Dualid S, Erdotin, Eriflogin, Euglucon 5 mg, Flogo rosa, Flogoral, Genuxal, Holoxane, Ilosone, Isocord, Kamillosan, Katadolon, Lanitop, Maliasin, Meracilina, Microvacin, Miltex, Mitexan, Miticocan, Montricin, Multigen-al, Narcaricina, Neprazol, Nisulid, Orofungin, Ossopan 800, Ostac, Paraqueimol, Prelone, Recormon, Rino-lastin, Ronvan, Rumalon, Selvigon, Sonin, Zanidip


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular