Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Olcadil - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Cloxazolam.

Classe terapêutica : Ansioliticos.

Apresentação : Embalagens com 20 comprimidos de 1 mg, 2 mg e 4 mg.

Indicação : distúrbios emocionais, especialmente ansiedade, medo, fobias, tenso, inquietude, astenia e sintomas depressivos; distúrbios comportamentais, especialmente mé adaptação social; distúrbios do sono, tais como dificuldade em dormir ou sono interrompido e despertar precoce; Sintomas somáticos, funcionais de origem psicogênica, sentimentos de opresso e certos tipos de dores. As condições nas quais estes sintomas ocorrem frequentemente so: Neuroses, estados reacionais crônicos, reações patológicas sub-agudas; distúrbios psicossomáticos dos sistemas cardiovascular, gastrintestinal, respiratério, muscular esqueltico ou urogenital; reações afetivas devido a molstias agudas ou crônicas; síndrome de abstinncia ao álcool.
Outros empregos: pré-medicação anestásica; Tratamento coadjuvante em psicopatia, retardo mental, psicoses, depresso endgena e psicogênica, distúrbios geritricos.

Efeito Colateral :

Sedação, tontura e cefaleia podem ser verificadas com doses elevadas ingeridas de uma s vez. esses efeitos colaterais geralmente aparecem no incio do tratamento, mas podem ser evitados pelo aumento gradual da dose, ou podem ser revertidos pela redução da mesma.
Hipotenso ortostática, hipotonia muscular ou ataxia so fenmenos raros.

Modo de Usar :

Dose inicial
Pacientes com distúrbios de grau leve ou moderado, 1 a 3 mg ao dia.
Pacientes com distúrbios de grau moderado ou severo, 2 a 6 mg ao dia.
As doses poderão ser fracionadas em 2 ou 3 tomadas diárias.
Dose de manutenção
As doses devem ser ajustadas progressivamente de acordo com a resposta terapêutica.
Para casos leves, de 2 a 6 mg, e para casos graves, de 6 a 12 mg ao dia, em doses fracionadas.
Uma acentuada melhora (após 2 a 6 semanas) deve permitir a redução gradual da posologia ou até a retirada completa do medicamento.
pré-anestesia
So recomendados 0,1 mg/kg de peso corporal, uma ou duas horas antes da cirurgia, somente nos casos em que É possível a administração oral. Em casos de acentuada apreenso, a mesma dose poderá ser administrada na noite precedente intervenção cirúrgica.

Precauções :

Especialmente em doses elevadas, OLCADIL, como todos os medicamentos de ação central pode comprometer as reações do paciente ( ex.: condução de veículos, operação de máquinas, etc).
As experiências animais não revelaram efeitos adversos no feto, mas ainda não há experiência disponível sobre o uso de OLCADIL em mulheres grávidas. OLCADIL não é recomendado durante a lactação.
Na presena de doença hepática ou renal, síndrome cerebral crônica ou glaucoma de ângulo fechado, os pacientes devem ser cuidadosamente monitorizados e, se necessário, a dose de OLCADIL deve ser reduzida.
Embora os benzodiazepúnicos apresentem baixo potencial em causar dependência e não tenham sido relatados casos de criação de hábito com OLCADIL, deve-se ter cuidado ao prescrever omedicamento a pessoas com tendência ao vcio.

Modo de usar :

Dose inicial
Pacientes com distúrbios de grau leve ou moderado, 1 a 3 mg ao dia.
Pacientes com distúrbios de grau moderado ou severo, 2 a 6 mg ao dia.
As doses poderão ser fracionadas em 2 ou 3 tomadas diárias.
Dose de manutenção
As doses devem ser ajustadas progressivamente de acordo com a resposta terapêutica.
Para casos leves, de 2 a 6 mg, e para casos graves, de 6 a 12 mg ao dia, em doses fracionadas.
Uma acentuada melhora (após 2 a 6 semanas) deve permitir a redução gradual da posologia ou até a retirada completa do medicamento.
pré-anestesia
So recomendados 0,1 mg/kg de peso corporal, uma ou duas horas antes da cirurgia, somente nos casos em que É possível a administração oral. Em casos de acentuada apreenso, a mesma dose poderá ser administrada na noite precedente intervenção cirúrgica.

Fórmula :

Cloxazolam
Comprimidos 1 mg 2mg 4mg

Contra indicação

Estados comatosos ou depresso severa do sistema nervoso central; miastenia grave; história de hipersensibilidade a derivados benzodiazepúnicos.

Interações

OLCADIL pode potencializar os efeitos inibidores centrais dos neurolpticos, antidepressivos, ansiolticos, sedativos, hipnéticos, narcticos, Analgésicos e Anti-histamínicos. Essa potencialização pode ser utilizada terapeuticamente, especialmente pela combinação de OLCADIL com antidepressivos. A ingestão simultânea de álcool não recomendada.

Observação

Em crianças com menos de 15 anos, a experiência clínica com OLCADIL ainda está limitada.

Propriedades

OLCADIL é um benzodiazepúnico que produz alívio da ansiedade, do medo, da inquietude interior, da tenso, da agitação, dos sintomas depressivos e de Vários tipos de insônia, não causando de modo geral, sonolência ou ataxia.
OLCADIL apresenta um efeito relaxante muscular menos pronunciado que os tranqilizantes menores adotados como padro.

Fabricante :

Novartis Biocincias S.A.

Remédios da mesma Classe terapêutica

Bromazepam (genrico), Buspanil, Butal Sedin, Calman, Clozal

Remédios que contêm o mesmo Princípio Ativo

Clozal, Elum

Classes Terapeuticas : Ansiolticos
Princípios Ativos: Cloxazolam

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto