Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Norprolac - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Quinagolida

Apresentação : 25 + 50 microgramas, Comprimidos

1.O QUE Norprolac E PARA QUe é utilizado

Como Atua Norprolac?
Norprolac é um agonista dos receptores da dopamina ou inibidor da prolactina. NorprolacAtua reduzindo a secreção da hormona prolactina, que necessária é normal produção deleite em mães que estejam a amamentar e para uma normal atividade sexual de amboshomens e mulheres.

Indicação : Norprolac é utilizado para o tratamento dos níveis elevados da hormona prolactina (situaçãoidioPótica (que não provocada por outra doença) ou originada por um tumor benigno daglndula pituitéria que secreta prolactina microadenoma ou macroadenoma pituitériosecretor de prolactina).

2.ANTES DE TOMAR Norprolac

Não tome Norprolac:se tem alergia (hipersensibilidade) quinagolida ou a qualquer outro componente de
Norprolac;se tem as funções renal ou hepática gravemente diminuídas;

Tome especial cuidado com Norprolac:
As mulheres que não desejem engravidar devem usar um método de contracepção segurodurante o tratamento, uma vez que Norprolac pode aumentar a fertilidade. Esta situaçãotambm se aplica a mulheres infrteis pois Norprolac pode restabelecer a fertilidade.

Os idosos e aqueles que sofram das seguintes doenças devem consultar os seus médicos antesde iniciarem o tratamento com Norprolac: doenças psiquitricas, funções do rim e do fgadodiminuídas.

A queda da presso sanguínea acompanhada de tonturas quando se está de Pó ou quando selevanta de repente pode em casos raros resultar em enfraquecimento. Assim sendo, deveverificar a presso sanguínea tanto deitado como de Pó durante os primeiros dias detratamento e após os aumentos de dose.
Foi reportada apetncia patológica para o jogo, libido aumentada e hipersexualidade emdoentes tratados com agonistas dopaminrgicos indicados para a doença de Parkinson.

Não há experiência de tratamento de crianças e idosos com Norprolac.

Em casos raros, alguns doentes podem adormecer de repente sem se terem sentido cansadosantecipadamente. Isto deve ser tido em consideração quando um estado de vigilância apertada
necessário, por exemplo na condução ou na utilização de máquinas. Se se sentir sonolentode repente, deve informar o seu médico.

Tomar Norprolac com outros medicamentos:
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica, uma vez que estespodem afectar ou ser afectados pelo tratamento com Norprolac.

Tomar Norprolac com alimentos e bebidas:
Não deve beber álcool enquanto tomar este medicamento uma vez que os efeitos secundáriospodem ocorrer mais facilmente.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
A experiência de uso de Norprolac durante a gravidez limitada. Geralmente, o uso de
Norprolac durante a gravidez não é recomendado.
Norprolac suprime a produção de leite. As mães que estáo a tomar Norprolac não devemamamentar.

Condução de veículos e utilização de máquinas:
Em algumas pessoas, Norprolac pode causar uma redução na capacidade de reagir, o que deveser tido em consideração quando necessária uma vigilância apertada, por exemplo nacondução e em trabalhos de preciso.
Em casos raros, alguns doentes podem adormecer de repente sem se terem sentido cansadosantecipadamente. Se tiver esta sensação, não deve conduzir ou empreender atividades ondeuma vigilância diminuída possa Pó-lo a si e a outros em risco de lesões graves (por ex.:utilização de máquinas).

Informaçães importantes sobre alguns componentes de Norprolac:
Se lhe foi dito pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte o seu médicoantes de tomar este medicamento.

3.COMO TOMAR Norprolac

Tomar Norprolac sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Fale com o seu médico oufarmacêutico se tiver dúvidas.
A dose individual e o seu médico irá prescrever-lhe a dose mais adequada para si.
Norprolac deve ser tomado juntamente com alimentos uma vez por dia à noite para reduzir os efeitos secundários como as náuseas e a sonolência.
O tratamento inicia-se com doses baixas que so aumentadas progressivamente, com a ajudada embalagem de iniciação. Assim, tome 25 microgramas uma vez por dia durante os trêsprimeiros dias, seguido de 50 microgramas uma vez por dia durante os três dias seguintes.
Do dia 7 em diante, a dose de 75 microgramas diariamente, que poderá ser aumentada até adose ptima ser atingida. A dose normal de 75-150 microgramas diariamente. Algunsdoentes podem necessitar de 300 microgramas ou mais por dia, sendo a dose tambmaumentada progressivamente.

Se tomar mais Norprolac do que deveria:
de esperar que cause náuseas, vômitos, cefaleias, tonturas, sonolência, hipotenso,alucinações. O tratamento da sobredosagem deve ser sintomático. Se justificado pode fazer-seuma lavagem ao estômago ou carvo ativado.
Se tomou acidentalmente demasiado Norprolac, contacte sempre o seu médico, o hospital ouo Centro de Informação Anti-Venenos (telefone: 808 250 143).

4.EFEITOS secundáriOS POSSVEIS

Como todos os medicamentos, Norprolac pode causar efeitos secundários, no entanto estesnão se manifestam em todas as pessoas.
A maioria dos efeitos secundários dose dependente. Não altere a dose prescrita pelo médico.
Os efeitos secundários possveis aparecem durante os primeiros dias de tratamento e tendem adesaparecer com a continuação do tratamento.

Os efeitos secundários frequentes (aparecem em mais de 1 em cada 100 doentes) so:náuseas, vômitos, dores abdominais, obstipação, diarreia, dores de cabeça, tonturas, fadiga,fraqueza muscular, queda da presso sanguínea com sensação de tonturas, perda de apetite,dificuldades em adormecer, congestáo nasal.

Os efeitos secundários raros (aparecem em menos de 1 em cada 1000 doentes) so: psicoseaguda, que reverte quando o tratamento interrompido, adormecimento sbito com ou semanterior fadiga (sonolência).

Em doentes tratados com agonistas da dopamina para tratamento da doença de Parkinson,especialmente em doses altastêm sido reportados sinais de jogo patológico, libido aumentadae hipersexualidade, geralmente reversíveis com a redução da dose ou a descontinuação dotratamento.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5.COMO CONSERVAR Norprolac

Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Não conservar acima de 25ºC.
sensível luz. Conservar na embalagem de origem para proteger da luz e da humidade.

Não utilize Norprolac após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após Val. Oprazo de validade corresponde ao últim dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Devedevolver todos os medicamentos antigos e não utilizados ao seu farmacêutico. Estas medidasirão ajudar a proteger o ambiente.

6.Outras informações

Qual a composição de Norprolac
- A substância ativa é quinagolida (sob a forma de cloridrato)
- Os outros componentes so lactose mono-hidratada, celulose microcristalina, amido demilho, hipromelose, estearato de magnésio, slica anidra coloidal. Os comprimidos de 25microgramas contêm também xido de ferro vermelho (E172) e os comprimidos de 50microgramas indigotina (E132).

Qual o aspecto de Norprolac
- Comprimido de 25 microgramas: Cor rosa claro com pontos pigmentados isolados, circular,plano, com bordos biselados, 7 mm de dimetro, com as inscrições: ?norprolac? circular numdos lados e ?25? linear no outro lado.
- Comprimido de 50 microgramas: Cor azul claro com pontos pigmentados isolados, circular,plano, com bordos biselados, 7 mm de dimetro, com as inscrições: ?norprolac? circular numdos lados e ?50? linear no outro lado.

Conteúdo das embalagens
Embalagem de iniciação 25+50 microgramas: 3 comprimidos de 25 microgramas + 3comprimidos de 50 microgramas, acondicionados em blisters de alumínio e plástico que soselados em embalagem de alumínio prova de humidade.
A embalagem exterior de carto.

Fabricante :
Ferring Portuguesa ? Produtos farmacêuticos, Sociedade Unipessoal, Lda.
Rua Alexandre Herculano
Edifício 1 , Piso 6
2795-240 Linda-a-Velha.


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.