Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Noctal - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Estazolam.

Classe terapêutica : Indutores do Sono.

Apresentação : Embalagens contendo 20 comprimidos de 2 mg.

Indicação : Agente hipnético nas insônias leves a moderadas, caracterizadas por dificuldade em adormecer, despertar frequente à noite ou despertar demasiadamente cedo pela manhã. Noctal pode ser usado em casos clínicos agudos e crônicos, em que se necessita um sono reparador, inclusive nos estados de ansiedade e distúrbios emocionais em que manifestem insônia. Noctal pode também ser usado para induzir o sono em pacientes ansiosos na vspera de cirurgia, devido a seu efeito já na primeira noite de Administração.

Efeito Colateral : Os efeitos colaterais relatados so sensação de ataxia, vertigens, cefaleia e sonolência residual pela manhã. Nesses casos, a dose deve ser reduzida. Outros efeitos com Incidência menor que 1% foram: indisposição geral, dor articular, distúrbios gastrintestinais, sensação de dormncia, irritabilidade e emocionalismo. Houve, na experiência prvia acumulada, algumas observações de aumentos da TGO e TGP, de diminuição do nmero de eritrcitos e leuccitos e de hipotenso.

Modo de Usar : A dose de Noctal deve ser ajustada de acordo com a idade, condições do paciente e doença. Nos casos comuns de insônia, a dose deve ser de 1 comprimido hora de deitar. Para insônia em pacientes idosos ou debilitados, dose inicial de 0,5 a 1 mg recomendada, com posterior aumento gradual, se necessário. Como indutor do sono na noite da vspera de cirurgia, recomendado 1 comprimido no momento de deitar. - Superdosagem: manifesta-se usualmente por graus variveis de depresso do SNC, que vo de sedação leve a coma. Assim como no tratamento de superdosagem com qualquer outra droga, deve ter-se em mente que múltiplos agentes podem ter sido ingeridos. Não há antídotos específicos para os benzodiazepúnicos. O tratamento para superdosagem deve consistir das medidas gerais empregadas no tratamento da mesma situação com qualquer outro depressor do SNC. Evacuação gástrica, tanto pela indução de vômitos, lavagem, ou ambas, deve ser realizada imediatamente. Medidas gerais de suporte, incluindo monitorização frequente dos sinais vitais e observação intensiva do paciente, so indicadas. Hipotenso, embora raramente relatada, pode ocorrer com grandes superdoses.

Contra indicação : Pacientes com conhecida hipersensibilidade droga, em pacientes com miastenia grave, em pacientes com função respiratéria severamente deprimida.

Precauções : A experiência com Noctal em psicoses limitada e não permite sua recomendação nesses casos; quando administrado a pacientes com desordens, tais como esquizofrenia, podem ocorrer reações paradoxais tais como excitação e confuso. Os mesmos cuidados devem ser observados em pacientes deprimidos, pela possibilidade de tendências suicidas latentes. Da mesma forma que produtos similares, Noctal deve ser administrado com precaução em pacientes nos quais seja considerado haver potencial psicológico para dependência a drogas. a administração prolongada em altas doses não é recomendável. Em tais casos, a interrupção da terapêutica deve ser gradual, pois a retirada abrupta pode produzir sintomas, incluindo convulsões. Portanto, precaução necessária em pacientes com história de crises convulsivas. O uso em pacientes idosos ou debilitados deve ser feito com cuidado e visando um ajuste cauteloso de doses, já que eles podem responder com ataxia ou sedação excessiva. Apesar de haver experiência prvia com Administração de Noctal, por 3 a 6 meses, a pacientes com insuficincia renal, com excelente segurança, recomenda-se cuidado no seu uso em pacientes com funções renal e hepática comprometidas. O uso deve ser igualmente cauteloso em pacientes que se dedicam a tarefas fsicas arriscadas ou que operam maquinaria pesada. Da mesma forma que com outros benzodiazepúnicos, os pacientes devem ser advertidos quanto a dirigir automáveis ou fazer tarefas arriscadas que requeiram alerta mental, poucas horas após a ingestão. Em pacientes muito sensíveis a benzodiazepúnicos, os efeitos podem persistir na manhã seguinte. já que Noctal tem efeito depressor no SNC, os pacientes devem ser avisados dos efeitos somatérios que podem ocorrer com o uso concomitante de outros fármacos com ação similar sobre o SNC ou álcool. Como a insônia frequentemente transitéria e intermitente, a administração prolongada de Noctal geralmente desnecessária e não recomendada. Uso durante a gravidez e lactação: o medicamento não deve ser tomado durante o perãodo da gravidez, a não ser que os benefícios paciente justifiquem o risco potencial ao feto. Noctal não deve ser administrado a mulheres que amamentam. Uso em pediatria: devido à experiência clínica limitada, Noctal não é recomendado para uso em crianças menores que 12 anos. - Interações Medicamentosas:: se o Noctal for combinado em tratamento com outros fármacos que atuem sobre o SNC, a farmacologia destes deve ser cuidadosamente considerada. A ação dos benzodiazepúnicos pode ser potencializada por barbitúricos, narcticos, fenotiazinas, inibidores da MAO e outros antidepressivos. Benzodiazepúnicos podem potencializar o efeito de Analgésicos.

Fórmula :

fórmula por comprimido: estazolam 2 mg; excipiente q.s.p. 1 comprimido.

Fabricante :

Abbott Laboratórios do Brasil Ltda.

Endereço: Estrada dos Bandeirantes, 2400 - Taquara, Rio de Janeiro - RJ, 22710-907

Medicamentos do mesmo fabricante :

Bufedil, Cetiva AE, Depakote, Ensure Pó, Etrane, Gentaplus, Iberol, Isomil, Klaricid UD, Klaricid, Leutrol, Lupron sc, Magnopyrol, Metiocolin b12, Noctal, Norvir, Ogastro, Pantomicina, Pedialyte 45 pó, Pedialyte 45, Pedialyte 90 pó, Pedialyte 90, Pedialyte, Quelicin, Selsun Azul, Selsun Ouro, Sevorane, Siliver, Sobrepin, Solvobil


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular