Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Nistagen - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Nistatina.

Apresentação :

Creme Vaginal: bisnaga de 60g, acompanhado de aplicador.
Suspenso Oral: frasco com 50ml, acompanhado de conta-gotas.

Indicação : NISTAGEN Creme Vaginal é indicado para o tratamento de candidase vaginal (moniliase).
NISTAGEN Suspenso Oral é indicada para o tratamento de candidase da cavidade bucal e do trato digestivo superior, esofagite por Candida encontrada em pacientes com molstias que necessitaram de uso prolongado de antibióticos, radioterapia ou drogas imunodepressoras que provocaram queda de resistância orgânica e na síndrome de Imunodeficincia Adquirida ( AIDS ).

Efeito Colateral :

NISTAGEN geralmente é bem tolerado nas Apresentações oral e vaginal. Existem alguns casos relatados de irritação e sensibilidade, incluindo sensação de queimação e prurido com o uso do creme vaginal. As Apresentações orais podem, em alguns pacientes, acarretar distúrbios gastrintestinais como náuseas e vômitos e, raramente, erupções cutâneas com urticárias.

Modo de Usar :

Creme Vaginal
Adultos: 1 aplicação (100.000UI) intra-vaginal à noite durante 10 a 14 dias; casos mais graves, a critério médico, podem ser feitas até 2 aplicações diárias.
Cuidados de Administração do creme vaginal: após remover a tampa da bisnaga, adaptar o aplicador sua extremidade, puxar o mbolo e apertar a base da bisnaga até encher completamente o aplicador. A paciente deve deitar-se de costas, introduzir o aplicador na vagina profundamente de forma delicada e empurrar o mbolo até a aplicação de todo o conteúdo. Antes e após o uso, o aplicador deve ser lavado com água morna e sabão, não havendo necessidade de esterilização. Aconselha-se a utilização de um absorvente higiúnico , principalmente se existir corrimento antes do tratamento. As aplicações não devem ser interrompidas durante o período menstrual.
NISTAGEN Suspenso Oral
Prematuros e crianças de baixo peso Estudos clínicos demonstram que a dose de 1ml (100.000 UI de NISTATINA) quatro vezes ao dia efetiva.
Lactentes: dose recomendada é de 1 ou 2ml (100.000 ou 200.000UI de NISTATINA) quatro vezes ao dia.
Crianças e Adultos: dose varia de 1 a 6ml (100.000 a 600.000UI de NISTATINA) quatro vezes ao dia.
A solução deve ser bochechada e mantida por algum tempo na cavidade oral antes de ser engolida. Nos lactentes e crianças menores deve-se colocar a metade da dose utilizada em cada lado da boca.
A fim de evitar recidivas, o esquema posológico para todas as Apresentações sintomas e da negativação das culturas.
Se os sinais e sintomas piorarem ou persistirem (após o 14 dia do tratamento) o paciente Deverá ser reavaliado e considerar-se uma terapia alternativa.

Precauções :

NISTAGEN suspenso não deve ser usado para o tratamento das micoses sistêmicas.
NISTAGEN Creme Vaginal não deve ser usado para tratamento oral, tópico ou em infecções oculares.
Não existem estudos comprovados que possam assegurar o uso de NISTAGEN em gestantes ou mulheres em fase de lactação; a administração das formas orais ( drágeas e suspenso ) ou vaginal (creme) deve ser precedida de uma avaliação médica dos fatores riscos/benefícios. Como NISTAGEN tem uso específico, aconselha-se um prvio diagnóstico para confirmação da candidase e excluso de outras infecções causadas por outros patégenos antes da prescrição.
O uso em idosos (acima de 65 anos) deve ser restrito prescrição e acompanhamento médico.
Lactantes: Ainda não foi comprovado se a NISTATINA excretada no leite humano. Embora a absorção gastrintestinal seja insignificante, precauções devem ser tomadas quando a NISTATINA for prescrita a lactantes.
Uso pediátrico: (VIDE POSOLOGIA).

Modo de usar :

Creme Vaginal
Adultos: 1 aplicação (100.000UI) intra-vaginal à noite durante 10 a 14 dias; casos mais graves, a critério médico, podem ser feitas até 2 aplicações diárias.
Cuidados de Administração do creme vaginal: após remover a tampa da bisnaga, adaptar o aplicador sua extremidade, puxar o mbolo e apertar a base da bisnaga até encher completamente o aplicador. A paciente deve deitar-se de costas, introduzir o aplicador na vagina profundamente de forma delicada e empurrar o mbolo até a aplicação de todo o conteúdo. Antes e após o uso, o aplicador deve ser lavado com água morna e sabão, não havendo necessidade de esterilização. Aconselha-se a utilização de um absorvente higiúnico , principalmente se existir corrimento antes do tratamento. As aplicações não devem ser interrompidas durante o período menstrual.
NISTAGEN Suspenso Oral
Prematuros e crianças de baixo peso Estudos clínicos demonstram que a dose de 1ml (100.000 UI de NISTATINA) quatro vezes ao dia efetiva.
Lactentes: dose recomendada é de 1 ou 2ml (100.000 ou 200.000UI de NISTATINA) quatro vezes ao dia.
Crianças e Adultos: dose varia de 1 a 6ml (100.000 a 600.000UI de NISTATINA) quatro vezes ao dia.
A solução deve ser bochechada e mantida por algum tempo na cavidade oral antes de ser engolida. Nos lactentes e crianças menores deve-se colocar a metade da dose utilizada em cada lado da boca.
A fim de evitar recidivas, o esquema posológico para todas as Apresentações sintomas e da negativação das culturas.
Se os sinais e sintomas piorarem ou persistirem (após o 14 dia do tratamento) o paciente Deverá ser reavaliado e considerar-se uma terapia alternativa.

 

Composições

Cada ml de Suspenso Oral contêm:
Nistatina .................... 100.000UI
veículos: álcool etlico, sacarina sódica, ciclamato de sódio, metilparabeno, propilparabeno, metabissulfito de sódio, glicerina, silicato de alumínio, carboximetilcelulose, essência de tutti-frutti e água deionizada.
Cada 4 gramas (uma aplicação ) do Creme Vaginal contêm:
Nistatina .................... 100.000UI
Excipientes: metilparabeno, propilparabeno, polawax (Uniox C), cloreto de benzalcnio slido, EDTA dissódico, metabissulfito de sódio, borato de sódio e água deionizada.

Contra- indicações

As Apresentações de NISTAGEN so contra-indicadas nos pacientes com história de hipersensibilidade a qualquer um de seus componentes.

Informações ao paciênte

NISTAGEN é usado no tratamento das infecções causadas por Cndida albicans ( candidase oral "sapinhos", candidase vaginal e intestinal ).
- Cuidados de conservação:
Conservar o produto em temperatura ambiente (15 - 30ºC). Proteger da luz e umidade.
- Prazo de validade:
24 meses a partir da data de fabricação (VIDE CARTUCHO). Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
"Informe seu médico a Ocorrência de gravidez na vigncia do tratamento ou após seu trmino, e se está amamentando".
Cuidados de Administração do creme vaginal: após remover a tampa da bisnaga, adaptar o aplicador sua extremidade, puxar o mbolo e apertar a base da bisnaga até encher completamente o aplicador. A paciente deve deitar-se de costas, introduzir o aplicador na vagina profundamente de forma delicada e empurrar o mbolo até a aplicação de todo o conteúdo. Antes e após o uso, o aplicador deve ser lavado com água morna e sabão, não havendo necessidade de esterilização. Aconselha-se a utilização de um absorvente higiúnico , principalmente se existir corrimento antes do tratamento. As aplicações não devem ser interrompidas durante o período menstrual.
Quando for administrar a solução oral, deve ser bochechada e mantida por algum tempo na cavidade oral antes de ser engolida. Nos lactantes e crianças menores deve-se colocar a metade da dose utilizada em cada lado da boca.
Para a aplicação da suspenso oral recomendamos que a higiene bucal seja feita de maneira adequada, incluindo os cuidados necessários com a limpeza de prteses dentárias.
"Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horrios, as doses e a duração do tratamento".
"Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica".
"Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico".
Informe o médico o aparecimento de reações desagradveis. Existem alguns casos relatados de irritação e sensibilidade, incluindo sensação de queimação e prurido com o uso do creme vaginal. As Apresentações orais podem, em alguns pacientes, acarretar distúrbios gastrintestinais como náuseas, vômitos, e raramente, erupções cutâneas com urticárias.
"TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS crianças".
- Contra-indicações:
as Apresentações de NISTAGEN so contra-indicadas nos pacientes com história de hipersensibilidade a qualquer um de seus componentes.
Precauções: NISTAGEN suspenso não deve ser usada para o tratamento das micoses sistêmicas.
NISTAGEN Creme Vaginal não deve ser usada para tratamento oral, tópico ou em infecções oculares.
Não existem estudos comprovados que possam assegurar o uso de NISTAGEN em gestantes ou mulheres em fase lactação; a administração das formas oral (suspenso) ou vaginal (creme) deve ser precedida de uma avaliação médica dos fatores riscos/benefícios. Como NISTAGEN tem uso específico, aconselha-se um prvio diagnóstico para confirmação da candidase e excluso de outras infecções causadas por outros patégenos antes da prescrição.
Uso em idosos (acima de 65 anos) deve ser restrito prescrição e acompanhamento médico.
Lactantes: Ainda não foi comprovado se a NISTATINA excretada no leite humano. Embora a absorção gastrintestinal seja insignificante, precauções devem ser tomadas quando a NISTATINA for prescrita a lactantes.
Uso pediátrico: (VIDE POSOLOGIA).
"Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do incio ou durante o tratamento".
NISTAGEN Creme Vaginal não deve ser usado para o tratamento das infecções na boca, pele e olhos.
A Apresentação : creme vaginal de uso exclusivo em adultos.
"NO TOME Remédio SEM O CONHECIMENTO DO SEU médico, PODE SER PERIGOSO PARA SUA Saúde".
Informações Técnicas
FARMACOLOGIA clínica
Farmacocinética
NISTATINA não é absorvida através da pele e das mucosas ntegras.
A absorção gastrintestinal de NISTATINA insignificante. A quase totalidade da NISTATINA administrada por via oral eliminada inalterada pelas fezes. Concentrações significantes de NISTATINA podem ocasionalmente aparecer no plasma de pacientes com insuficincia renal durante a terapia oral com as doses convencionais.
Microbiologia
A NISTATINA tem ação fungistática e fungicida "in vitro" contra uma grande variedade de leveduras e fungos leveduriformes. O mecanismo de ação da NISTATINA se dé através da ligação aos esteroides existentes na membrana celular dos fungos sucetíveis, com resultante alteração na permeabilidade da membrana celular e conseqente extravasamento do conteúdo citoplasmático. Em subculturas de repetição com níveis crescentes de NISTATINA, a Candida albicans não desenvolve resistância NISTATINA. Geralmente a resistância NISTATINA não se desenvolve durante o tratamento. A NISTATINA não apresenta atividade contra bactrias , protozorios ou vrus.

Interação Medicamentosa :

Não existem relatos até o momento de interação de NISTATINA com outros medicamentos.

Superdosagem :

Deve-se proceder medidas de suporte a critério médico.

Uso Em Idosos

Uso em idosos (acima de 65 anos) deve ser restrito a prescrição e acompanhamento médico.

Fabricante :

Vitapan Indústria farmacêutica Ltda.

Endereço: Rua VPR 01, Quadra 02-A, Modulo 01, Daia
Anápolis - GO, 75132-020
Telefone: (62) 3902-6100
CNPJ: 30.222.814/0001-31
Industria Brasileira.

Medicamentos do mesmo fabricante :

Aceclofenaco, Alendrin, Algy Flanderil, Amlodil, Ancloric, Assedatil, Atenoclor, Baczin, Beritin BC, Binafin, Bronquil, Butacid, Cecoflan, Celoxin, Cifloxan, Cinazin, Clarivit, Clordilon, Cloridrato de Amilorida Hidroclorotiazida, Clotigen, Dermitrat, Dermonil, Descoflan, Dexamex, Dibetam, Digoxan, Dimedril, Dimenidrin, Diureclor, Doralex, Dorfenol, Doxilina, Dnergrip-C, Feldran, Ferrison, Flamalgen, Flamatrat, Fluconid, Fungitrin, Gellat, Ginecol,
  • Glicomet, Hemodase, Ivermectina, Katrizan, Lisinoprid, Lorasc, Lorasliv, Losacoron, Mebendathil, Meloflan, Micotrin, Miocardil, Mucovit, Nimelid, Nimelit, Nistagen, Panvermin, Peptovit, Permitrat, Predcort, Pressomet, Pulmotrat, Quadrineo, Renapril, Resfriol, Reumotec, Ritroxim, Secdazol, Sivastin, Soripan, Suavebaby, Sulfato de Salbutamol, Tenolon, Ulcevit, Vertizan, Vitaglos, Vital Colírio, Vitromicin,

    Advertências :

    Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

    Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

    Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

    Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

    Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

    O ministério da saúde adverte:

    A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

    Como descartar os medicamentos :

    Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

    Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

    Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

    Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

    Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

    As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

    Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

    Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

    No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

    Mantenha-o longe do alcance de crianças.

    Manuseie-o com as mãos limpas.

    Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

    O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

    Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

    Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

    Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

    Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

  • Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular