Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Neutrofer - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : ferroquelato glicinato

Apresentação : Comprimidos 500 mg: caixa com 30 comprimidos em frasco de vidro mbar. Flaconete monodose 250 mg: caixas com 20 flaconetes de 5 ml.

Indicação : No tratamento das síndromes ferroPónicas latentes e moderadas. Anemias ferroprivas, devidas à subnutrição e/ou carncias alimentares qualitativa e quantitativas. Anemias das síndromes disabsorvitivas intestinais. Anemia ferropriva da gravidez e da lactação; anemia por hemorragias agudas ou crônicas e em condições onde seja convenientes suplementação dos fatores hematognios.

Efeito Colateral :

O preparado, sendo de excelente tolerância, apenas excepcionalmente provoca fenmenos gastrintestinais (sensação de plenitude, dores epigástricas, náuseas constipação ou diarreia), frequentemente observados com o uso dos sais ferrosos. A manifestação de reações de hipersensibilidade (sensação de calor, rubor, taquicardia, erupções, cutâneas), extremamente rara, ocorrendo quase que exclusivamente em indivíduos reconhecidamente alérgicos aos sais de ferro. A coloração escura da fazes, quando de seu uso, não caracterstica especfica do Neutrofer, mas de todos compostos de ferro, não tendo absolutamente significncia clínica. Restrições ou cuidados que devem ser considerados: flaconetes monodose: visto que os flaconetes contêm xarope de açúcar, desaconselha-se seu uso em pacientes diabéticos. No caso em que estes pacientes, por quaisquer razes, não possam usar a forma de comprimidos, isenta de açúcar, recomenda-se vigilância dos níveis glicmicos e respectiva adaptação da posologia da medicação antidiabtica e da dieta.

Modo de Usar :

Para o uso pediátrico, a dose diária de ferro a ser aplicada, calcula-se conforme a gravidade do caso, e, salvo critério médico diferente, na base de 2,5 a 5,0 mg por kg de peso. Esta dose pode ser administrada, conforme o volume total resultante, em uma ou mais tomadas. Para fins de célculo, lembrar-se de que o teor frrico de cada Apresentação : de Neutrofer é o seguinte: flaconetes monodose = 50 mg de ferro trivalente por flaconete (5 ml); comprimidos = 100 mg de ferro trivalente por comprimido. Prematuros, lactentes e crianças até 4 anos: flaconetes monodose: a dose diária total recomendada , conforme peso corporal e critério médico, de 1/2 flaconete (2,5 ml = 25 mg de ferro trivalente) a 1 flaconete (5 ml = 50 mg de ferro trivalente). Crianças de 4 a 12 anos: conforme peso corporal e a critério médico, so recomendadas doses diárias totais: flaconetes monodose: 1 (50 mg de ferro trivalente) a 2 (100 mg de ferro trivalente) flaconetes; comprimidos: 1 comprimido (100 mg de ferro trivalente), em 1 ou 2 tomadas. Adultos e adolescentes: no tratamento de ferropenias leves e moderadas recomenda-se doses diárias: flaconetes monodose: 1 (50 mg de ferro trivalente) a 2 (100 mg de ferro trivalente) flaconetes ao dia, ou a critério médico; comprimidos: 1/2 comprimido (50 mg de ferro trivalente) a 1 comprimido (100 mg de ferro trivalente) ao dia, ou a critério médico. Instruções de uso: recomenda-se administrar o preparado pouco antes ou durante as refeições. Os comprimidos podem ser mastigados ou ingeridos com água. A fim de garantir um tratamento eficiente, com adequada reposição do estoque orgânico de ferro, recomenda-se continuar com a administração de Neutrofer durante 1 mês após o desaparecimento dos sintomas clínicos e a normalização da taxa hemoglobúnica, conforme critério médico. - Superdosagem: quando da ingestão acidental de doses muito acima das preconizadas, sintomas como náuseas, sensação de plenitude gástrica podem ocorrer. Deve-se proceder ao esvaziamento gástrico e empregar medidas de apoio.

Contra indicação :

Hipersensibilidade aos derivados de ferro, hemocromatose, anemias associadas a leucemias agudas ou crônicas e hepatopatia aguda. Todas anemias não ferroPónicas, particularmente aquelas caracterizadas por acmulo do ferro ou incapacidade da sua utilização, tais como hemocromatose, anemia falciforme, anemia hemoltica, anemias sidero-acrsticas, anemias do chumbo, talassemia, anemias por tumores ou infecções (sem deficincia de ferro), anemias associadas à leucemia. Processos que impedem a absorção de ferro pela via oral, como diarreias crônicas, relocolite ulcerativa; artrite reumatéide, Doença de Crohn, asma brônquica.

Precauções :

Como todos preparados frricos, Neutrofer deve ser administrado com cautela na presença de alcoolismo, hepatite, infecções agudas e estados inflamatórios do trato gastrintestinal (enterite, colite ulcerativa), pancreatite e úlcera péptica. a administração do produto em pacientes submetidos a transfuses repetidas de sangue deve ser realizada sob rigoroso controle médico e observação do quadro sanguíneo, visto que a concomitncia da aplicação de sangue com alto nível de ferro eritrocitério e sais de ferro por via oral pode resultar em sobrecarga frrica. A ferroterapia parental deve ser justificada por diagnóstico exato da existância de uma anemia por deficincia de ferro, comprovada por exames laboratoriais apropriados, excluindo a presença de anemias de outras esPócies - particularmente hemoglobinopatias - a fim de evitar o risco de provocar sobrecarga frrica e finalmente, hemossiderose. Recomenda-se a realização periódica de exames hematológicos, adequando-se ferroterapia aos respectivos resultados obtidos. Deve-se levar em consideração o fato de que, Às vezes, dePósitos excessivos de ferro podem ser mascarados por uma morfologia hemática aparentemente normal. Portadores de hepatopatia em fase aguda ou pacientes que anteriormente apresentam sinais leves de hipersensibilidade ao ferro, devem usar o preparado apenas com muita cautela e sob constante vigilância médica. - Interações Medicamentosas:: graas é alta estabilidade do sal quelado, o produto, diferentemente dos sais ferrosos, não sofre diminuição da sua absorção por interação com certos medicamentos (p. ex., tetraciclinas, hormônios esteroides, anticoncepcionais, glicosdeos cardíacos), se porventura forem empregados concomitantemente. A ingestão excessiva de álcool, causando incremento do dePósito hepático de ferro, aumenta a probabilidade de efeitos colaterais e até txicos do ferro, quando em uso prolongado.

 

Fórmula :

Comprimidos (uso adulto e pediátrico): ferroquelato glicinato (equivalentes a 100 mg de Fe III) 500 mg. Excipientes q.s.p. 1 comprimido. (Aspartato Pó, essência caramelo Pó, sorbitol granulado, estearato de magnésio). Flaconetes monodose (uso adulto e pediátrico): ferro quelato glicinato (equivalentes a 50 mg de Fe III) 250 ml. veículo q.s.p. 5 ml. (Nipagin, nipasol, essência de caramelo, álcool 96, xarope, água desmineralizada)

Fabricante :

NOVAQUÍMICA - SIGMA PHARMA

Divisão da Nature's Plus Farmacêutica Ltda.
Rodovia SP - 101 - km 08 - Hortolândia - SP - CEP: 13186-481

Atendimento ao consumidor: 0800-191222

Azitrocina., Ceftriax im, Ceftriax iv, Helicocid, Kaomagma, Neutrofer, Nimesilam, Proflox, Velamox


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.