Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Narix - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : cloridrato de nafazolina

Apresentação : Solução nasal: Frasco com 30 ml

Composição:

Cada ml de NARIX ADULTO contém:
cloridrato de nafazolina.................................0,5 mg cloreto de sódio.................................................9 mg cloreto de benzalcônio...................................0,1 mg Veículo* q.s.p. .................................................. 1 ml * água deionizada.

Indicação :

NARIX ADULTO tem ação de descongestionante nasal. O início da ação se dá dentro de 10 minutos e seu efeito dura até 6 horas. Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30oC). Proteger da luz. Prazo de validade: o prazo de validade está gravado nas embalagens. Não use remédio com o prazo vencido.

Informar ao médico a Ocorrência de gravidez durante o tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.

Cada frasco de NARIX ADULTO não deve ser utilizado por mais de uma pessoa, para evitar propagação de infecções.

Não exceder a dose recomendada.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Informar ao médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como: queimação local, formigamento, rinorréia, ressecamento da mucosa nasal e cefaleia.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Não usar NARIX ADULTO em casos de hipersensibilidade co- nhecida aos componentes da fórmula.

Deve ser usado com cuidado em pacientes portadores de hipertensão, distúrbios cardiovasculares, diabetes mellitus ou hipertireoidismo.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usan- do, antes do início ou durante o tratamento.

NARIX ADULTO deve ser evitado durante a gravidez.

O tratamento não deve exceder a duração de 3-5 dias. Se a obstru- ção nasal persistir sem melhora, mesmo provisória, o uso deve ser suspenso e a terapêutica reavaliada em consulta médica.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDI- CO, PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

Informações Técnicas:

Características:

O cloridrato de nafazolina é um vasoconstritor e descongestionante com marcante atividade alfa-adrenérgica, de ação imediata, e de efeito prolongado, usado nos estados de edema e congestão das membranas, como as nasais. A ação descongestionante manifesta-se 5 minutos após a aplicação e o seu efeito persiste por cerca de 6 horas.

Indicações:

Como antisséptico e descongestionante nasal.
Como vasoconstritor, no tratamento da congestão e afecções dos seios paranasais.

Contra Indicações :

Hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula.

Precauções e Advertências:

Não deve ser utilizado ininterruptamente durante longos períodos,

por exemplo, em resfriados crônicos. O uso prolongado pode conduzir à congestão nasal de rebote (nariz obstruído).Deve ser usado com cuidado em pacientes portadores de hipertensão, dis- túrbios cardiovasculares, diabetes melito ou hipertireoidismo. Usar com cautela em pacientes que apresentem forte reação a agentes simpatomiméticos, evidenciado por sinais de insônia, vertigem, etc. Como medida de precaução, nafazolina não deve ser usada durante a gravidez, devido à sua propriedade vasoconstritora.

Interações Medicamentosas::

Antidepressivos tricíclicos ou maprotilina usados concomitantemen- te podem potencializar o efeito pressor da nafazolina (se houver absorção).

Interferência em Exames:

Não há relatos até o momento.

Reações Adversas:

A tolerância do organismo ao NARIX ADULTO é muito boa, entre- tanto, alguns pacientes mais sensíveis podem apresentar reações: Locais: Sensação de ressecamento da mucosa nasal, queimação, espirro, formigamento, rinorréia, perda da sensação olfativa, hipe- remia reativa.

Sistêmicas: Quando absorvido podem ocorrer palpitações (batimen- tos cardíacos irregulares), cefaleia, nervosismo, tremor, dificuldade em dormir.
Em casos de uso prolongado pode produzir rinite atrófica.

Em caso de dosagem excessiva pode ocorrer alteração do pulso, hipertensão, sonolência e fraqueza.

Modo de usar :

Pingar 2 a 4 gotas em cada narina de 4 a 6 vezes ao dia.

Superdosagem:

Em caso de superdosagem ou Administração acidental via oral,

poderá determinar depressão do sistema nervoso central com dimi- nuição acentuada da temperatura corporal, bradicardia sintomática, sudorese, sonolência e coma, especialmente em crianças. Hiperten- são pode ser seguida de hipotensão. O tratamento é sintomático.

Pacientes Idosos:

Não há informações relacionando a idade com os efeitos do uso do produto em pacientes idosos. Entretanto nenhum problema ge- riátrico foi relatado até o momento após o uso de NARIX ADULTO.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

No de lote, data de fabricação e prazo de validade: vide embalagens

Dizeres Legais :

Farmacêutico Responsável : Charles Ricardo Mafra - CRF-MG No 10.883

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.

Fabricante :

Cimed Indústria Farmacêutica Ltda.

Registrado por: Cimed Indústria de Medicamentos Ltda.

Rua Engenheiro Prudente,121 - CEP: 01550-000 São Paulo/SP - CNPJ: 02.814.497/0001-07

Fabricado por: Cimed Indústria de Medicamentos Ltda.

Av. Cel. Armando Rubens Storino, 2750 Pouso Alegre – MG CEP: 37.550-000 - CNPJ: 02.814.497/0002-98

Indústria Brasileira - Marca registrada

SAC: 0800-7044647

Medicamentos do mesmo fabricante :

Amoximed, Acebrofilina, Acetato-de-dexametasona, Alergomine, Algexin-composto, Ambroxmel, Amoximed, Azimed, Aziol, Babymed, Bactropin, Befolik, Bepantriz, Calamed, Captomed, Carbocin, Carbocisteina, Cefacimed, Cetomed, Ciconazol, Ciflogex, Cimecort, Cimegripe 77C, Cimegripe bebe, Cimegripe crianca, Cimegripe dia, Cimegripe gotas, Cimegripe, Cimelide, Cleartop, Clofen k, Clofen s, Clofen k, Clofen s, Cloridrato de ciprofloxacino, Cloridrato de metformina, Cloridrato de propranolol, Colujet, Colutoide camomila, Dexmine, Diad, Diclofenaco dietilamonio, Diclofenaco resinato, Dipronil, Dipropionato de betametasona sulfato de gentamicina, Diurit, Dorfebril, Ducodil curvas, Enalamed, Epativan, Flamostat, Flucomed, Frenotosse, Gineng Cimed, Ginkomed, Ginseng, Glibeneck, Glimepirida, Gravtest, Hepamed, Hidroclorotiazida, Hidromed, Ibuprofeno, K-med gel, Kuramed sept, Kuramed, Larvitan, Lasene, Lavitan A Z, Lavitan calcio D, Lavitan kids, Lavitan mulher, Lavitan omega, Lavitan senior, Loratamed, Magnazia, Maleato de dexclorfeniramina betametasona, Maleato de dexclorfeniramina, Maleato de enalapril, Mebenix, Meme, Mentalol, Metronidazol, Multibic 3, Multibic 4, Narix, Nebacimed, Nemoxil, Neomed, Neprazol, Nerizina, Nitrato de miconazol, Norfloxmed, Otoloide, Parasimed, pediletan, Plavom, Probenxilreg gel, Propramed, Quadritop, Robenxil, Sedamed, Sinvastamed, Soronal, Sulfametoxazol-trimetoprima, Sulfato de neomicina bacitracina zincica, Tonico cimed, Ulcerocin, Unalmes, Upmep, Valerato de betametasona sulfato de gentamicina tolnaftato clioquinol, Valerimed, Vantil, Xo inseto



Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Índice remissivo :

Dizeres legais :

Fabricante