Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Naprix D - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Anlodipino Besilato e Ramipril.

Classe terapêutica : Antihipertensivos e Diuréticos.

Apresentação :

Cada comprimido de Naprix D 5 / 25,0 contém:

Ramipril .................... 5 mg
Hidroclorotiazida .................... 25 mg

Excipientes: lactose, amido, celulose microcristalina, xido de ferro, carmelose sódica, dióxido de silício,
estearato de magnésio e polividona ............... q.s.p .................... 1 comprimido.

Cartucho contendo 2 blisters com 15 comprimidos sulcados cada.

Cada comprimido de Naprix D 5 / 12,5 contém:

Ramipril .................... 5 mg
Hidroclorotiazida .................... 12,5 mg

Excipientes: lactose, amido, celulose microcristalina, xido de ferro, carmelose sódica, dióxido de silício,
estearato de magnésio e polividona .................q.s.p .................... 1 comprimido.

Cartucho contendo 2 blisters com 15 comprimidos sulcados cada.

Indicação : hipertensão arterial.

Efeito Colateral :

Algumas reações adversas foram observadas com a terapia com ramipril e com hidroclorotiazida. Caso
ocorra algumas das seguintes reações comunique seu médico.
Hipotensão (fadiga, tontura, fraqueza) pode ocorrer particularmente no incio do tratamento ou em
pacientes com depleção de líquidos ou sódio.
Tambm ocorrem taquicardia, náuseas, sudorese, cefaleia e sonolência como conseqncia de uma
redução excessiva da pressão.
Pacientes com estenose de vasos sanguíneos, com hipertensão maligna, com insuficincia cardíaca severa,
desidratados ou que tiveram tratamento prvio com diuréticos são mais propensos redução indesejável
da pressão sanguínea com probabilidade de evoluir para choque circulatério. Nestes casos o tratamento
poderá ser reiniciado após a correção da hidratação e o restabelecimento da pressão.
Raramente pode ocorrer o angioedema das extremidades, face, lbios, lngua, glote e laringe. Neste
caso o tratamento deve ser imediatamente interrompido e o médico deve ser comunicado.
Ocorrem raramente hipercalemia e dor torácica. Existem relatos de neutropenia e agranulocitose,
depressão da medula óssea, pancitopenia e anemia hemolitica.
Tosse seca pode aparecer geralmente na primeira semana da terapia de forma intermitente ou eventual e
desaparece poucos dias após a suspensão do tratamento.
Podem ocorrer também diarreia, náuseas e disgeusia.
Tambm foram relatadas reações como: desequilíbrio eletrolítico, hipocalemia, pancreatite, insuficincia
hepática, febre e diminuição da libido. Se forem observadas reações adversas o médico deve ser informado
imediatamente.

Modo de Usar :

Para ambas Apresentações recomenda-se o tratamento com 1/2 comprimido por dia. Caso necessário
pode-se ajustar a dose a intervalos de 2 semanas, até, no máximo, 2 comprimidos ao dia.
Os pacientes que estiverem tomando outros diuréticos deverão descontinua-los 2 ou 3 dias antes de
iniciar o tratamento com NAPRIX D (ramipril / hidroclorotiazida). Caso seja possível o médico prescrever
um esquema com a redução gradual do diurético.
Pacientes com insuficincia renal deverão iniciar com 1/2 de comprimido ao dia e se necessário, aumentar
até, no máximo, 1 comprimido ao dia.
NAPRIX D (ramipril / hidroclorotiazida) deve ser administrado com o suficiente de água antes, durante
ou após s refeições.

Contra indicação :

NAPRIX D (ramipril / hidroclorotiazida) não deve ser utilizado em casos de: hipersensibilidade qualquer
componente da fórmula, pacientes com angioedema hereditério ou idioPótico, pacientes com histrico de
angioedema, pacientes com doenças autoimunes como lpus eritematoso e escleroderma, depressão da medula
óssea, insuficincia crebro-vascular, insuficincia coronária, diabetes mellitus, hipercalemia, estenose da
artria renal, transplante renal, insuficincia renal, insuficincia hepática severa, gravidez e lactação.

Precauções :

Deve-se ter cautela quando dirigir ou operar equipamentos que requeiram atenção, face a possibilidade
de ocorrer vertigem, especialmente após a dose inicial do medicamento.
Deve-se ter cuidado com exercícios intensos, principalmente no verão, devido ao risco de desidratação.
Os seguintes grupos de pacientes devem ser controlados com atenção especial face a possibilidade de
uma diminuição excessiva de pressão sanguínea: pacientes com insuficincia cardíaca severa, pacientes
com hipertensão maligna, pacientes desidratados, pacientes com estenose importante da artria renal,
pacientes tratados previamente com diuréticos, pacientes com estenose de artrias coronárias ou cerebrais.
Caso ocorram edemas nos lbios, Pólpebras ou lngua deve-se informar imediatamente o médico e
suspender a administração do medicamento.
Deve-se monitorar a pressão sanguínea do paciente principalmente após a dose inicial ou após ajuste na
dosagem.
Em pacientes com função renal alterada ou com problemas vasculares renais deve-se monitorar a função
renal e o potássio srico.
Não foram feitos estudos adequados e bem controlados na população peditrica.

Modo de usar :

Para ambas Apresentações recomenda-se o tratamento com 1/2 comprimido por dia. Caso necessário
pode-se ajustar a dose a intervalos de 2 semanas, até, no máximo, 2 comprimidos ao dia.
Os pacientes que estiverem tomando outros diuréticos deverão descontinua-los 2 ou 3 dias antes de
iniciar o tratamento com NAPRIX D (ramipril / hidroclorotiazida). Caso seja possível o médico prescrever
um esquema com a redução gradual do diurético.
Pacientes com insuficincia renal deverão iniciar com 1/2 de comprimido ao dia e se necessário, aumentar
até, no máximo, 1 comprimido ao dia.
NAPRIX D (ramipril / hidroclorotiazida) deve ser administrado com o suficiente de água antes, durante
ou após s refeições.

 

Informaçães Técnicas

O ramipril é bem absorvido (50 a 60%) no trato gastrintestinal e metabolizado pelo fgado para
ramiprilato que é a sua forma ativa. O ramiprilato é um produto inibidor da enzima de conversão da
angiotensina (ECA).
O ramipril tem meia-vida de 5,1 horas e o ramiprilato tem meia-vida de 13 a 17 horas. Sua ação se inicia
cerca de 1 hora após a administração. Sua eliminação se d 40% por via biliar e 60% por via renal.
A hidroclorotiazida é um anti-hipertensivo que reduz a pressão, reduzindo o volume do plasma e do
fluido extra celular e também apresenta uma ação direta nos vasos sanguíneos, reduzindo a resistância
perifrica.
A hidroclorotiazida tem meia-vida de 15 horas e eliminada quase que totalmente por via renal.
A associação do ramipril com a hidroclorotiazida pode ser mais eficaz do que a ação isolada de cada um
dos componentes, mesmo em maiores doses, reduzindo assim o potencial de efeitos colaterais.

Informações ao paciênte

NAPRIX D É composto por ramipril e hidroclorotiazida. é um hipotensor inibidor da ECA associado
hidroclorotiazida, um diurético que deve reduzir a pressão arterial aumentada.
Este medicamento deve ser conservado temperatura ambiente, entre 15 e 30ºC, protegido da luz e
umidade.
O prazo de validade é de 24 meses após a data de fabricação impressa no cartucho e embalagem interna.
Não utilize o produto após o prazo de validade, sob o risco de não produzir os efeitos esperados.
Informe seu médico a Ocorrência de gravidez na vigncia do tratamento ou após o seu trmino . Informar
ao médico se está amamentando.
Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horrios, as doses e a duração do tratamento
NAPRIX D (ramipril / hidroclorotiazida) deve ser administrado conforme as instruções de seu médico. Os
comprimidos devem ser tomados sem mastigar, com auxilio de um pouco de líquido antes, durante ou
após as refeições.
Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Informe seu médico o aparecimento de reações tais como: tontura, cefaleia, nsia de vômito ou outras
reações desagradveis.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. A ingestão de bebidas alcolicas durante o tratamento pode reduzir o nível de atenção prejudicando
tarefas como operar máquinas e dirigir veículos.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do incio, ou durante o
tratamento.
Não deve ser utilizado durante a gravidez e a lactação.
NO TOME Remédio SEM O CONHECIMENTO DO SEU médico. PODE SER PERIGOSO
PARA SUA Saúde.

Interação Medicamentosa :

As seguintes Interações com outros medicamentos ou alimentos devem ser considerados quando do uso
concomitante com NAPRIX D (ramipril / hidroclorotiazida):
álcool ou diuréticos podem potencializar o efeito hipotensivo.
antiinflamatórios não esteroidais, especialmente indometacina, podem reduzir o efeito anti-hipertensivo.
Ciclosporina, medicações contendo potássio, substitutos do sal que contenham potássio podem levar a
hipercalemia.
Depressores da medula óssea podem levar a neutropenia grave ou a agranulocitose.
Estrognios podem aumentar a pressão sanguínea .
O lítio tem seu nível aumentado quando utilizado juntamente com inibidores da ECA. A monitorização
frequentemente de seu nível recomendada.
Os simpaticomimáticos reduzem o efeito anti-hipertensivo do ramipril.

Pacientes Idosos

Naprix d (ramipril / hidroclorotiazida) poderá ser usado em pacientes acima de 65 anos de idade,
Desde que observadas as contra-indicações, precauções, Interações Medicamentosas: e reações adversas
Deste medicamento.

Superdosagem :

Em caso de superdosagem pode ser necessário corrigir a hipotensão com infusão de solução fisiológica
e/ou angiotensina II. Monitorar o paciente e, se necessário, adotar medidas gerais de suporte.

Fabricante :

Libbs Farmacêutica Ltda.

FONE: (11) 3879-2500
SAC LIBBS: 0800 13 5044

Medicamentos do mesmo fabricante :

ancoron, aplicav, caltren, cardilol, cebralat, cebrilin, deflanil, diminut, energoplex, ernegoplex, erradic_ug, erradic, fagolipo, finalop, fluconal150, gestinol_28, herivyl, libiam, lisapres, logat, loranil-d, loranil, naprix_a, naprix_d, naprix, natifa_pro., natifa, nitrileno, peprazol, pozato, prostide, repogen, selecta, selimax, sensitram, siblima, sumax_nasal, sumax, uritrat, verotina


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular