Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Movalis - Bula

Bula da solução injetável, da classe dos anti-inflamatórios, cuja a substância ativa é o meloxicam.

Princípio ativo : Meloxicam

Classe terapêutica: Anti-inflamatórios não esteroides.

Apresentação : 15 mg comprimidos

Indicação :

Utilizado para reduzir a inflamação e dor nas articulações e músculos, e no tratamento sintomático de curta duração da osteoartrite no tratamento sintomático a longo prazo de: artrite reumatóide espondilite anquilosante (também conhecida como Doença de Bechterew).

Antes de Tomar:

Não tome nas seguintes situações: durante os últimos três meses de gravidez crianças e adolescentes com idade inferior 16 anosalergia (hipersensibilidade) ao meloxicamalergia (hipersensibilidade) ao ácido acetilsalicílico ou a outro medicamento anti-inflamatório (AINEs)alergia (hipersensibilidade) a qualquer um dos componentes de Movalis.

Outras informações: para a lista de outros ingredientes); se tiver tido qualquer um dos seguintes efeitos após tomar ácido acetilsalicílico ou outros AINEs:pieira, aperto no peito, falta de ar (asma) obstrução nasal devido a inchao no interior do nariz (Pólipos nasais) erupções cutâneas / irritação cutânea (urticária) inchaço súbito da pele ou mucosas, incluindo na zona dos olhos, face, lbios, boca ougarganta, possivelmente dificultando a respiração (edema angioneurtico)se tiver tido os seguintes efeitos após tratamento com AINEs ou história de hemorragia no estômago ou intestinos buracos (perfurações) no estômago ou intestinos úlcera ou hemorragia no estômago ou , história ou episódio recente de úlcera ou hemorragia no estômago ou intestinos (pelomenos dois episódios de úlcera ou hemorragia) insuficiência hepática grave insuficiência renal grave não submetida a dilise hemorragia no cérebro recente (hemorragia cerebrovascular) qualquer tipo de distúrbio hemorrágico insuficiência cardíaca grave intolerância a alguns açúcares porque este produto contém lactose.

Se não tiver a certeza se alguma das situações referidas acima se aplica a si, contacte porfavor o seu médico.

Tome especial cuidado.

Advertências

Medicamentos como o MOVALIS poderão estar associados a um risco ligeiramente aumentado de ataque cardíaco (enfarte do miocárdio) ou acidente vascular cerebral (apoplexia). Qualquer risco é maior com doses elevadas e tratamentos prolongados. Não deverá exceder a dose recomendada. Não tome MOVALIS por um período superior ao prescrito.

Se tem problemas cardíacos, se teve um acidente vascular cerebral prévio ou pensa estarem risco de sofrer de uma destas condições

Deverá discutir o seu tratamento com o seu médico ou farmacêutico.

Por exemplo, se tem pressão arterial elevada (hipertensão) tem níveis elevados de açúcar no sangue (diabetes mellitus) tem níveis elevados de colesterol no sangue (hipercolesterolemia)se é fumante

Se desenvolver reações alérgicas graves, deverá interromper o tratamento com MOVALIS assim que detectar o aparecimento de erupção cutânea, lesões dos tecidos moles (lesões das mucosas), ou qualquer outro sinal de alergia, e contactar o seu médico.

Pare imediatamente o seu tratamento com MOVALIS se detectar hemorragia (que tornaas fezes negras) ou ulceração do seu trato digestivo (que causa dor abdominal).

O MOVALIS não é indicado se necessitar de alívio imediato de dor aguda.

O MOVALIS pode mascarar os sintomas de infecção (por exemplo, febre). Se pensa que pode ter uma infecção deve consultar o seu médico.

O MOVALIS pode tornar mais difcil engravidar. Deve informar o seu médico se estivera planear engravidar ou se estiver a ter dificuldades em engravidar.

Precauções especiais de utilização

Como ser necessário ajustar o tratamento, importante que se aconselhe com o seu médico, antes de tomar MOVALIS em caso de história de inflamação do esfago (esofagite), inflamação do estômago (gastrite) ou qualquer outra doença do tracto digestivo, por exemplo, colite ulcerosa, Doença de Crohn, pressão arterial elevada (hipertensão) idade avançada doença do coração, do fígado ou dos rins, níveis elevados de açúcar no sangue (diabetes mellitus) volume sanguíneo reduzido (hipovolmia) que pode ocorrer se tiver uma perda de sangueou queimadura graves, cirurgia ou baixa ingestão de fluidosintolerância a alguns açúcares, diagnosticada pelo seu médico, uma vez que estemedicamento contém lactose, níveis elevados de potássio no sangue previamente diagnosticados pelo seu médico.

O seu médico ter necessidade de monitorizar a sua melhoria durante o tratamento.

Ao tomar MOVALIS com outros medicamentos

Como o MOVALIS pode afectar ou ser afectado por outros medicamentos, informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Particularmente, informe o seu médico se estiver a tomar ou tiver tomado algum dos seguintes medicamentos :outros anti-inflamatórios não esteroides, medicamentos que evitam a formação de coágulos no sangue medicamentos que destroem coágulos sanguíneos (trombolticos)medicamentos para tratar doenças do coração e dos rinscorticosteróides (por exemplo, utilizados para tratar inflamação ou reações alérgicas) ciclosporina ? utilizada após transplante de órgãos, ou para doenças de pele graves, artrite reumatéide ou síndrome nefrítico, qualquer medicamento diurético

O seu médico poderá monitorizar a sua função renal se estiver a tomar diuréticos.

Medicamentos para tratar a pressão arterial elevada (por exemplo, bloqueadores-beta)

lítio ? utilizado para tratar distúrbios de humorin ibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRSs) ? utilizados no tratamento dadepressão metotrexato ? utilizado no tratamento de tumores ou doenças de pele graves não controladas e artrite reumatóide ativacolestiramina - utilizada para diminuir os níveis de colesterolse mulher e estiver a utilizar um dispositivo intra-uterino (DIU)

Caso ainda tenha dúvidas sobre a deste medicamento, fale com o seu médico oufarmacêutico.

Gravidez

Se engravidar durante o tratamento com MOVALIS, deverá informar o seu médico.
Durante os primeiros 6 meses de gravidez, o seu médico poderá prescrever-lhepontualmente este medicamento, se necessário.

Durante os últimos três meses de gravidez, não utilize este medicamento, porque o MOVALIS pode ter efeitos graves no seu beb, nomeadamente efeitos cardiopulmonarese renais, mesmo apenas com uma única administração.

Aleitamento

Não se recomenda a administração deste medicamento durante o aleitamento.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Podem ocorrer perturbações da visão, sonolência, vertigens (tonturas) ou outrosdistúrbios do sistema nervoso central durante a utilização deste medicamento. Se notar tais efeitos, não conduza ou utilize máquinas.

Informaçães importantes sobre alguns componentes de MOVALI.

Este medicamento contém açúcar do leite (lactose). Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Modo de Usar:

Tomar MOVALIS sempre de acordo com as Indicaçõesdo médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose habitual é:

Tratamento da osteoartrite.

7,5 mg (meio comprimido) uma vez ao dia. A dose pode ser aumentada para 15 mg (umcomprimido) uma vez ao dia.

Artrite reumatéide:

15 mg (um comprimido) uma vez ao dia. A dose pode ser reduzida para 7,5 mg (meio comprimido) uma vez ao dia.

Espondilite anquilosante:

15 mg (um comprimido) uma vez ao dia. A dose pode ser reduzida para 7,5 mg (meio comprimido) uma vez ao dia.

Os comprimidos devem ser engolidos com água ou outro líquido, durante uma refeição.

Não ultrapassar a dose máxima recomendada de 15 mg por dia.

Se alguma das situações descritas em ? Tome especial cuidado com MOVALIS? se aplicar ao seu caso, o seu médico poderá restringir a sua dose a 7,5 mg (meiocomprimido) uma vez por dia.

MOVALIS não deve ser administrado a crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anos.

Se acha que o efeito de MOVALIS é demasiado forte ou fraco, ou se não sentir qualquermelhoria após vários dias, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Se tomar mais MOVALIS do que deveria.

Caso tenha tomado demasiados comprimidos ou suspeite de uma sobredosagem, contate o seu médico ou dirija-se ao hospital mais próximo imediatamente.

Os sintomas após sobredosagem aguda por AINEs são normalmente limitados a: falta de energia (letargia) sonolência m disposição (náuseas) e vômitosdor na zona do estômago (dor epigástrica).

Estes sintomas geralmente melhoram após a paragem do tratamento com MOVALIS.

Pode ter hemorragia do estômago ou intestinos (hemorragia gastrointestinal).

Uma sobredosagem grave pode resultar em efeitos secundários graves, pressão arterial elevada (hipertensão) insuficincia renal aguda (dos rins) disfunção hepática (do fígado) redução da amplitude/suspensão da respiração (depressão respiratória) perda de consciência (coma) ataques (convulsões) colapso da circulação sanguínea (colapso cardiovascular) paragem do coração (paragem cardíaca) reações alérgicas imediatas (hipersensibilidade), incluindo: desmaio dificuldade em respirarr e ações cutâneas

Caso se tenha esquecido de tomar MOVALI.

Não tome uma dose dobrada para compensar um comprimido que se esqueceu de tomar.

Tome apenas a dose seguinte hora habitual.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

Efeitos secundários possíveis:

Como todos os medicamentos, MOVALIS pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Pare o tratamento com MOVALIS e consulte imediatamente um médico ou o hospital mais próximo se sentir:

Quaisquer reações alérgicas (hipersensibilidade), que podem aparecer sob a forma de: reações cutâneas, tais como comichão (prurido), formação de bolhas ou descamação da pele, que pode ser grave (síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica tóxica), lesões dos tecidos moles (lesões das mucosas) ou eritema multiforme.

O eritema multiforme é uma reação cutânea alérgica grave que causa manchas, marcas vermelhas ou zonas de cor púrpura ou com bolhas. Também pode afectar a boca, os olhose outras superfcies hámidas do corpo, inchao da pele ou mucosas, tal como inchaço volta dos olhos, face e lábios, boca ougarganta, possivelmente dificultando a respiração, inchaço dos tornozelos ou pernas
(edema dos membros inferiores) dificuldade em respirar ou ataque de asma inflamação do fgado (hepatite).

Esta pode causar sintomas tais como: coloração amarelada da pele ou dos olhos (icterícia)dor no abdômenperda de apetite

Quaisquer efeitos secundários do trato digestivo, especialmente: hemorragia (que torna as fezes negras) ulceração do seu trato digestivo (que provoca dor abdominal)

As hemorragias do trato digestivo (hemorragia gastrointestinal), a formação de úlceras ou a formação de buracos no trato digestivo (perfuração) podem por vezes ser graves e potencialmente fatais, principalmente nos idosos.

Se já teve anteriormente quaisquer sintomas do trato digestivo devido à utilização prolongada de AINEs, procure aconselhamento médico imediatamente, principalmente sefor idoso. O seu médico poderá monitorizar a sua melhoria durante o tratamento.

Se detectar alterações da visão, não conduza ou utilize máquinas.

Efeitos secundários gerais dos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs)

A utilização de alguns medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) pode estar associada a um pequeno aumento do risco de oclusão das artérias (eventostrombticos arteriais), por exemplo ataque cardíaco (enfarte do miocárdio) ou acidente vascular cerebral (apoplexia), principalmente com doses elevadas e em tratamentosprolongados.

Foram reportados casos de retenção de fluidos (edema), pressão arterial elevada (hipertensão) e insuficincia cardíaca durante o tratamento com AINEs.

Os efeitos secundários mais frequentes afectam o tracto digestivo (efeitosgastrointestinais): úlceras no estômago e parte superior do intestino delgado (úlceras péptica/duodenal) um buraco na parede do intestino (perfuração) ou hemorragia do trato digestivo (por vezes fatal, principalmente no idoso)

Foram notificados os seguintes efeitos adversos após administração de AINEs:m disposição (náuseas) e vômitosfezes moles (diarreia) flatulência obstipação indigestão (dispepsia)dor abdominalfezes negras devido a hemorragia no tracto digestivo (melena) vômito com sangue (hematemese)inflamação com formação de úlceras na boca (estomatite ulcerosa) agravamento de inflamação do intestino grosso (exacerbação de colite) agravamento de inflamação do trato digestivo (exacerbação da Doença de Crohn)

Também foi observada, com menor frequência, inflamação do estômago (gastrite).

Efeitos secundários do meloxicam

Muito frequente: afecta mais de 1 utilizador em 10 indigestão (dispepsia)m disposição (náuseas) e vômitos, dor abdominalobstipaçãoflatulênciafezes moles (diarreia)

Frequente: afecta 1 a 10 utilizadores em 100dor de cabeça

Pouco frequente: afecta 1 a 10 utilizadores em 1000 tonturas sensação de tontura ou cabeça roda (vertigens) sonolência anemia (redução da concentração do pigmento vermelho do sangue, hemoglobina, dascélulas sanguíneas)aumento da pressão arterial (hipertensão) ruborização (vermelhidão temporria da face e pescoo) retenção de água e sódio aumento dos níveis de potássio (hipercalimia). Isto pode conduzir a sintomas tais como:alterações do batimento cardíaco (arritmias)palpitações (quando sente mais o seu batimento cardíaco do que o habitual) fraqueza muscular e ructação inflamação do estômago (gastrite) hemorragia do tracto digestivoinflamação da boca (estomatite) reações alérgicas sbitas (hipersensibilidade) comichão (prurido) erupção cutâneainchao provocado por retenção de fluidos (edema), incluindo tornozelos/pernas inchados (edema dos membros inferiores)inchao sbito da pele ou mucosas, tal como inchao volta dos olhos, face, lbios, bocaou garganta, possivelmente dificultando a respiração (edema angioneurtico) distúrbio momentâneo dos testes de função hepática (por exemplo, aumento das enzimas hepáticas como as transaminases, ou aumento do pigmento biliar bilirrubina). O seu médico pode detectar estas alterações através de um teste sanguíneo.

Alteração dos testes laboratoriais de investigação da função renal (por exemplo, aumentoda creatinina ou ureia)

Raro: afecta 1 a 10 utilizadores em 10000distúrbios do humorpesadelosalteração da contagem de células sanguíneascontagem diferencial de células sanguíneas alteradadiminuição do nmero de glbulos brancos (leucocitopenia)diminuição do nmero de plaquetas (trombocitopenia)

Estes efeitos secundários podem conduzir a um aumento do risco de infecção e sintomascomo ndoas negras e sangramento nasal.zumbidos nos ouvidos (tinido)sentir o seu batimento cardíaco (palpitações) úlceras do estômago ou parte superior do intestino delgado (úlceraspépticas/gastroduodenais)inflamação do esfago (esofagite)incio de crises de asma (em indivíduos alérgicos ao Ácido acetilsalicílico ou a outros AINEs)formação de bolhas ou descamação de pele graves (síndrome de Stevens-Johnson enecrólise epidérmica tóxica) urticária alterações da visão, incluindo visão turva, conjuntivite (inflamação do olho ou da pálpebra)inflamação do intestino grosso (colite)

Muito raro: afecta menos de 1 utilizador em 10000 reações cutâneas com formação de bolhas (reações bolhosas) e eritema multiforme.

O eritema multiforme é uma reação cutânea alérgica grave que causa manchas, marcasvermelhas ou zonas de cor púrpura ou com bolhas. também pode afectar a boca, os olhose outras superfícies hámidas do corpo.

Inflamação do fígado (hepatite).

Esta pode causar sintomas tais como: coloração amarelada da pele ou dos olhos (icterícia) dor no abdômen perda de apetite insuficiência renal aguda, principalmente em doentes com factores de risco, tais como doença cardíaca, diabetes ou doença renal

Buraco na parede do intestino (perfuração)

Desconhecido: a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis confusão desorientação dificuldade em respirar e reações cutâneas (reações anafiláticas/anafilactides), irritação cutânea devido a exposição solar (reações de fotossensibilidade) foram notificados casos de insuficincia cardíaca, associados ao tratamento com AINEs perda total de determinados tipos de glbulos brancos (agranulocitose), principalmenteem doentes que tomam MOVALIS juntamente com outros medicamentos com ação potencialmente inibitéria, depressora ou destrutiva de componentes da medula óssea (fármacos mielotxicos). Esta ação pode causar febre súbita garganta inflamada, infecções

Efeitos secundários causados por medicamentos anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs), mas ainda não notificados após toma de MOVALIS

Alterações na estrutura do rim, resultando em insuficiência renal aguda:casos muito raros de inflamação dos rins (nefrite intersticial) morte de algumas células renais (necrose tubular aguda ou necrose papilar).

Proteína na urina (síndrome nefrítico com proteinária)

Fabricante :

Boehringer Ingelheim, Lda.

Avenida de Pádua, 11
1800-294 Lisboa

Boehringer Ingelheim Pharma GmbH & Co. KG
Binger Strasse 173
D-55126 Ingelheim am Rhein
Alemanha

Boehringer Ingelheim Ellas A.E.
5 th km Paiania Markopoulo
194 00 Koropi
Gércia


Modo de Conservar:

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize MOVALIS após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após o prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Conservar na embalagem de origem para proteger da humidade.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.

Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.

Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.


Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular