Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Miticocan - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Ácido Estearico, Benzoato de Benzila e Trietanolamina.

Classe terapêutica : Parasiticidas Topicos e Pediculicidas

Indicação : Parasitoses cutâneas e do couro cabeludo; escabioses e pediculoses.

Efeito Colateral :

Ocasionalmente poderão ocorrer irritações locais com o emprego de Miticoan . Caso estas reações se desenvolvam em lesões do tipo alérgico, o emprego do produto Deverá ser suspenso. Se houver maior absorção do que a desejada, possivel ocorrer vertigem, dor
de cabeça, náuseas, vômitos, diarreias, convulsões, dispnéias, cianose, colapso circulatério e reações cutâneas eritematosas.

Contra indicação :

Pessoas hipersensíveis ao benzoato de benzila.
lesões da pele, feridas e queimaduras ou condições que possibilitem maior absorção.

Precauções :

O produto deve ser administrado com cautela em pacientes apresentando histrico de hipersensibilidade a outros produtos de aplicação tópica ou a pacientes debilitados.
O contato com os olhos deve ser evitado.
Miticoan é um produto de apilcação exclusivamente tópica, não devondo nunca ser ingerido, pois poderão ocorrer manifestações tóxicas.
O uso em gestantes deve obedecer a cuidados e observação rigorosa.

Apresentação : Frasco com 100 ml.
Sabonete de 80 g.

Fórmula :

líquido
Cada 100 ml contém:
Benzoato de benzila 20,0 ml
Trietanolamina0,533 ml
ácido esteárico2,0 g
Excipiente q.s.p100 ml
Sabonete
Cada sabonete contém:
Benzoato de benzila 8,0 g.
Excipiente q.s.p80 g

Informaçães Técnicas

O benzoato de benzila eficaz no tratamento da escabiose. Seu efeito rpido e seguro fez com que desapaream prontamente todos os sintomas, inclusive o prurido, permitindo a cura na quase totalidade dos casos com um único tratamento. também eficaz no tratamento das pediculoses, da parasitoses cutâneas e do couro cabeludo., Trietanolamina (bem como a espuma do sabonete) garante-lhe perfeita penetração cutânea, facilitando o acesso aos tneis intradrmicos dos parasitas.
As formas de Apresentação : de Miticoan não são oleosas, possuem cheiro aromático e não irritam ou ressecam a pele.

Informações ao paciênte

Miticoan deve ser mantido em local fresco e seco, ao abrigo da luz, em sua embalagem original, para uma boa conservação.
Ao adquirir um medicamento, confira sempre o prazo de validade na embalagem externa do produto. Não tome nem utilize medicamento cujo prazo de validade esteja vencido, pois as substâncias podem estar alteradas e causar prejuzo para a sua Saúde.
Informe seu médico caso ocorra gravidez antes do incio ou durante o tratamento.
Caso ocorra alguma emergência, informe ao médico que lhe atender seu histrico clínico e os tratamentos que segue, inclusive o tratamento com Miticoan.
Siga corretamente o modo de usar não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
Miticoan não deve ser utilizado na regio dos olhos.
Mtticoan líquido destina-se ao uso externo, não devendo, portanto, ser ingerido.
Informe seu médico caso ocorram reações desagradveis com o uso do produto.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. Miticoan É contra indicado para pessoas que apresentam hipersensibilidade ao benzoato de benzila.
NO TOME Remédio SEM O CONHECIMENTO DE SEU médico.
PODE SER PERIGOSO PARA SUA Saúde.

Interações

Miticoan pode apresentar efeito irritativo sobre a pele e mucosas, não sendo recomendado o uso conjuntamente com outras substâncias de ação lesiva ou irritativa sobre a pele como ácido salicílico, hidroquinona, etc., pois poderá ocorrer uma potencialização do efeito lesivo.

Modo de Usar :

A) líquido:
Na escabiose o tratamento feito de preferência à noite, após o banho com sabão (banhos quentes são contra indicados), quando deve ser aplicado Miticoan líquido sobre a pele ainda mida, especialmente nas localizações preferenciais da escabiose (regiões interdigitais, axilas, abdômen e nádegas). Deixar secar fazendo logo nova aplicação do Miticoan líquido e, sem enxugar, vestir-se ou deitar-se.
Na manhã seguinte, tomar novo banho e mudar as roupas do corpo e da cama, que devem ser lavadas e passadas em seguida. Repetir o tratamento após 24 horas, se necessário.
Normalmente o tratamento só deve durar dois dias pois vrias aplicações do produto podem passar a ter papel irritante e perpetuador das lesões, ao invs de curativo.
Havendo outros portadores de escabiose na mesma casa, todos devem tratar-se simultaneamente, para evitar reinfecção.
Nas pediculosas, friccionar Miticoan líquido sobre as reas afetadas.
Agite bem antes de usar.
b) Sabonete:
Lavar cuidadosamente a parte afetatda pela escabiose com o sabonete, produzindo uma espuma que Deverá permanecer na pele até
secar.
Nas pediculoses, deve-se lavar o local afetado, produzindo espuma densa que Deverá permanecer no local por 5 minutos. Os parasitas deverão ser retirados com o auxílio de um pente fino. Se necessário, a apliação pode ser repetida.

Superdosagem - ingestão Acidental

Quando corretamente utilizado, inexiste o quadro de intoxicação por supendosagem com Miticoan, entretanto, se ingerido, o
benzoato de benzila pode ocasionar estimulação do sistema nervoso central, com aparecimento de quadro clínico de agitação,
náuseas, diarreia, palpitação e convulsões.

Tratamento do Quadro de Intoxicação

Indução de emese e lavagem gástrica são os procedimentos indicados: a administração de anticonvulsivantes poderá ser indicada.

Fabricante :

Asta médica Ltda.

Endereço
Rua Glicério, 497 Liberdade - Sao Paulo
CEP: 01.514-000 - São Paulo - SP

Telefone: (11) 3209-1660

Medicamentos do mesmo fabricante :

Benflogin, Dasten, Dilatrend, Dualid S, Erdotin, Eriflogin, Euglucon 5 mg, Flogo rosa, Flogoral, Genuxal, Holoxane, Ilosone, Isocord, Kamillosan, Katadolon, Lanitop, Maliasin, Meracilina, Microvacin, Miltex, Mitexan, Miticocan, Montricin, Multigen-al, Narcaricina, Neprazol, Nisulid, Orofungin, Ossopan 800, Ostac, Paraqueimol, Prelone, Recormon, Rino-lastin, Ronvan, Rumalon, Selvigon, Sonin, Zanidip


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.