Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Miorrelax - Bula

Bula do medicamento composta a base de dipirona monoidratada, indicado no alívio da dor associada a contraturas musculares decorrentes de processos traumáticos ou inflamatórios.

Princípio ativo : dipirona

Classe Terapêutica: analgésico.

Apresentação : Caixa com 20 e 100 comprimidos.

Indicação : alívio da dor, leve e moderada e de contratura muscular associada. Tal como acontece em traumatismos (entorses, distensões e contusões), na cefaleia tensional, nas desordens articulares e não articulares (artrites, fibrosites, miosites, mialgias, escolioses, lumbago, trismo e torcicolo). De utilidades também nas contraturas funcionais e discongnitas dos músculos voluntários.

Efeito Colateral :

Não são comuns, porém, a ação anticolinérgica da orfenadrina pode ser responsável pelos seguintes efeitos em alguns pacientes: visão turva, secura da boca, sensação de cabeça leve e síncope.

Especialmente em altas doses o paciente poderá experimentar um ou mais dos seguintes efeitos: taquicardia, palpitação, retenção urinária, midríase, aumento da pressão intraocular, náuseas e vômitos, cefaleias, constipação e tonteiras.

Mais raramente, urticária e outras dermatoses podem ocorrer.

Em pacientes idosos, também pode ocorrer um certo grau de confusão mental. Tais efeitos, Além de infrequentes, desaparecem com a redução da posologia e raramente exigem a descontinuação medicamentosa.

Modo de Usar :

1 a 2 comprimidos 3 a 4 vezes ao dia. (Este produto destina-se terapêutica em curto prazo).

Superdosagem: a ingestão de 2 a 3 g de uma só vez de orfenadrina pode levar à morte. Miorrelax pode provocar sintomas centrais excitatórios.

Contra indicação :

Gravidez, glaucoma, hipertrofia da próstata, estenose de colo vesical, obstrução pilórica ou duodenal, úlcera péptica estenosante, miastenia grave e casos de hipersensibilidade aos componentes.

O produto não pode ser usado junto com a clorpromazina e com o propoxifeno.

Precauções :

Não é recomendado para crianças com menos de 12 anos. A segurança do produto durante a gravidez e a lactação ainda não foi determinada. Portanto, os possíveis benefícios de seu emprego no primeiro trimestre da gravidez e durante a lactação serão avaliados em função dos riscos potenciais.

A dipirona tem sido apontada, em raras ocasiões, como causadora de agranulocitose. A orfenadrina pode prejudicar a capacidade do paciente para o desempenho de atividades como operar ou conduzir veículos. Em caso de uso prolongado, é aconselhável o controle periódico através de exames do sangue, urina e função hepática.

O uso em idoso (acima de 65 anos) requer prescrição e acompanhamento médico.

Interações Medicamentosas: problemas neuromotores foram relatados quando são administrados concomitantemente com propoxifeno. A dipirona pode potencializar eventual hipotermia causada por fenotiazínicos.

Fórmula :

Cada comprimido contém:

dipirona 300,00 mg;citrato de orfenadrina 35,00 mg; cafeína 50,00 mg. Excipiente q.s.p. 600,00 mg. Excipientes: amido de milho, álcool etílico, celulose microcristalizada MC 102, hidroxipirrolidina, estearato de magnésio.


Fabricante : Ducto Indústria e Farmácia Ltda.

Distrito Daia, 0 - Vpr 3 Qd. 2 A Modulos - Daia
Anápolis - GO - CEP 75133-600

FONE: (62) 3310-5700
SAC: 0800 704 9909

Bibliografia:

HARDIN, Kimeron N. e Ellen Mohr Catalano. Dores Crônicas, Um Guia Para Tratar e Prevenir - Grupo Editorial Summus, Página 168.

LARINI, Lourival., Fármacos e medicamentos - Artmed Editora, 2009. Página 127.

SANTOS, Luciana dos, Mayde S. Torriani, Elvino Barros., Medicamentos na Prática da Farmácia Clínica - Artmed Editora, 2013. Página 869.

Medicamentos do mesmo fabricante :

Asmoquinol, Buclimax, Ductoveran, Gonopac, Lincomicina, Metildopa, Miorrelax, Vitamina b 12.

Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.