Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Metformina - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : cloridrato de metformina

Apresentação : Caixa com 30 comprimidos.

Indicação : Adjuvante da dieta do controle de diabetes insulinoindependente (tipo II) quando o regime alimentar sozinho não permite a normalização do peso e/ou glicemia. também indicado para complementar a insulinoterapia em diabetes insulinorresistentes.

Efeito Colateral :

As reações adversas mais comuns com o uso da Metformina são as perturbações do trato gastrintestinal como náusea, vômito, diarreia e desconforto abdominal, Além de mal-estar e hiperventilação. Esses efeitos ocorrem em aproximadamente 10 a 30% dos pacientes e raramente perduram apenas nos primeiros dias do tratamento. Isto pode ser evitado ou minimizado iniciando-se o tratamento com uma dosagem mais baixa e ingerindo a droga durante ou após s refeições. Caso ocorram estes sintomas descritos, que precedem a acidose lctica, interromper o tratamento e avisar o médico. A acidose lctica, Às vezes fatal, foi associada ao tratamento com a Metformina, porêm, quase todos os casos relatados envolviam pacientes com Contra indicação ao tratamento ou com ingestão de doses excessivamente altas. Anorexia (perda de peso), muitas vezes usadas como justificativa para associ-la com a insulina. Ocasionalmente podem ocorrer reações cutâneas e gosto metlico.

Modo de Usar :

A dose usual é de 1 comprimido (850 mg), 2 vezes ao dia, s refeições, esta dose pode ser paulatinamente aumentada até no máximo 3 comprimidos ao dia, a critério médico. Os comprimidos devem ser ingeridos com auxílio de água, logo após uma das refeições. Superdosagem: a superdosagem pode levar em conseqncia é acidose lctica. Neste caso recomenda-se o tratamento com bicarbonato de sódio e tratamento de apoio intensivo. A hipoglicemia pode requerer a administração de glicose.

Contra indicação :

Hipersensibilidade às biguanidas ou a outros componentes da fórmula; gravidez; diabetes insulinodependente; insuficiência renal; orgânica ou funcional; mesmo moderada; insuficiência hepática; acidose lctica; alcoolismo agudo ou crônico; qualquer situação médica aguda, tais como, colapso cardiovascular; insuficiência cardíaca congestiva, infarto do miocárdio, cirurgia ou septicemia; estados doentios que podem estar associados com hipoxemia; complicações agudas (vômitos ou diarreia) que provavelmente resultam em desidratação e azotemia pré-renal. Além desta, outras condições que predisPóem é acidose lctica.

Precauções :

Metformina, embora em menor proporção que a outra biguanida, pode provocar acidose lctica como efeito secundário, devido à gravidade deste quadro, recomenda-se que sejam rigorosamente seguidas as Indicaçõespara seu uso. No caso de ocorrer sintomas que precedem a acidose lctica, tais como: náuseas, vômito, hiperventilação, mal-estar ou dor abdominal, deve-se imediatamente interromper o tratamento e avisar o médico. Idosos (acima de 65 anos) requerem acompanhamento médico. - Interações Medicamentosas:: cimetidina: pode ocorrer redução do clearance da Metformina. Anticoagulantes cumarúnicos: aumento da excreção dos anticoagulantes. álcool, barbitúricos, salicilatos e fenotiazinas potencializam o risco de acidose lctica quando utilizados concomitantemente com a Metformina. Drogas com efeitos hiperglicemiantes (corticosteróides, tiazdicos, anovulatérios, etc.) podem modificar a evolução do diabetes e requerer ajuste da dosagem ou associações com outros agentes hipoglicemiantes (sulfoniluréias ou insulina). A Metformina dificulta a absorção de muitos fármacos, incluindo a vitamina B12.

Fórmula :

Cada comprimido contém: cloridrato de metformina 850 mg. Excipientes: polivinilpirrolidona, celulose microcristalina e estearato de magnésio.

Fabricante :

Fabricante : Neo Química Comércio e Indústria Ltda.

Rua Rangel Pestana, 1171 - Sapiranga,
Fortaleza, CE - CEP: 60833-012

Medicamentos do mesmo fabricante :

Asmapen, Ateneo, Atenoric, Boldopeptan, Bontoss, Butazil, Digesprid, Doralgina, Doxiciclina, Ductopan, Estomagel, Eucaliptol, Ferrotonico b12, Fungimax, Gerivix, Glipizida, Gonol, Histamin, Ibufran, Magnostase, Massageol, Metformina, Mucocistein, Neoflogin, Neossolvan, Neosulida, Neotoss, Neotrin, Neovermin, Nifedipina, Ouvidonal, Quadrilon, Resfry, Rifamp, Sulfiram, Ulcinax, Verapamil


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.