Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Maxitrol - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Dexametasona, Neomicina e Sulfato de Polimixina B.

Indicação : Nas condições inflamatórias oculares que respondam aos esteroides e onde exista infecção bacteriana ocular ou risco de infecção.
Os esteroides oculares são indicados nas condições inflamatórias das Pólpebras e conjuntiva bulbar, crnea e segmento anterior do globo, onde se aceita o risco inerente ao uso de esteroides em certas conjuntivites infectadas para se obter diminuição do edema e inflamação.
MAXITROL também indicado na uvete anterior crônica e traumas corneanos causados por queimaduras químicas, por radiação ou trmicas, e também em casos de corpo estranho.
O uso da combinação com antiinfeccioso é indicado onde o risco de infecção grande ou quando se suspeita que um nmero de bactrias potencialmente perigoso estar presente no olho.
MAXITROL é ativo contra Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Haemophilus influenzae, Klebsiella / Enterobacter sp, Neisseria sp e Pseudomonas aeruginosa.
Este produto não dÉ cobertura adequada contra Serratia marcescens e Streptococci, inclusive Streptococcus pneumoniae.

Efeito Colateral :

reações adversas tém ocorrido com a associação de agentes esteroides/antiinfecciosos que podem ser atribudas ao componente esteroide, ao componente antiinfeccioso, ou é associação.
A reação mais comum aos antiinfecciosos é a sensibilização.
As reações devidas ao componente esteroide são: elevação da pressão intra-ocular com possível desenvolvimento de glaucoma e dano ao nervo ptico. Formação de catarata subcapsular posterior e retarde na cicatrização.
Infecção secundária: Infecção secundária tem ocorrido após o uso de associações de esteroides e antimicrobianos. Como existe uma certa predisposição para o desenvolvimento de infecções corneanas micticas concomitantemente ao tratamento prolongado com esteroide tópico, deve-se considerar a possibilidade de invasão fngica em qualquer ulceração corneana persistente onde se tenha usado medicação esteroide. Pode também ocorrer infecção bacteriana ocular secundária após supressão da resposta do hospedeiro.

Modo de Usar :

Suspensão: AGITAR BEM ANTES DE USAR. Instilar 1 ou 2 gotas topicamente no saco conjuntival. Em casos graves, as gotas podem ser administradas de hora em hora, diminuindo-se gradativamente a dosagem até a interrupção quando se notar melhora da inflamação.
Em casos leves, as gotas podem ser utilizadas de 4 a 6 vezes por dia.
Pomada: Aplicar aproximadamente de 1 a 1,5 cm da pomada no saco conjuntival 3 a 4 vezes por dia, ou a critério médico. Quando se observar uma resposta clínica satisfatéria, a dose deve ser reduzida gradativamente até uma aplicação diária por Vários dias.
Para maior comodidade, a suspensão pode ser usada durante o dia e a pomada à noite, ao deitar-se.

Contra indicação :

Ceratite epitelial por herpes simples (ceratite dendrtica), vaccinia, varicela e outras doenças virais da crnea e conjuntiva.
lnfecções oculares por micobactrias. Doenças micticas oculares.
Hipersensibilidade aos componentes da fórmula (a hipersensibilidade aos componentes antibióticos mais comum que aos outros componentes).
O uso dessas associações sempre contra indicado após remoção não complicada de corpo estranho da crnea.

Precauções :

A repetição da prescrição inicial por mais de 20 ml no caso do Colírio e 8 g no caso da pomada deve ser feita pelo médico somente após examinar o paciente com o auxílio de magnificação , tal como biomicroscopia por lmpada de fenda e, se necessário, por coloração com fluorescena.
Deve-se considerar a possibilidade de infecções micticas persistentes da crnea após Administração prolongada de esteroides.
Uso em gestantes: Não se determinou a segurança do uso intensivo ou prolongado de esteroides tópicos em gestantes.

Advertências

NO DEVE SER INJETADO.
O uso prolongado pode suprimir a resposta do hospedeiro e, portanto, aumentar o perigo de infecções oculares secundárias.
Nas doenças que causam adelgaamento da crnea ou da esclera são conhecidos casos de perfuração com o uso de esteroides tópicos.
Em condições purulentas agudas dos olhos, os esteroides podem mascarar infecção ou exacerbar infecções existentes. O emprego de esteroides no tratamento do herpes simples requer grande cautela.
Se o produto for utilizado por 10 dias ou mais, a pressão intra-ocular deve ser rotineiramente avaliada, embora isso se torne difcil no caso de crianças e pacientes que não colaboram. O uso prolongado pode resultar em glaucoma com dano ao nervo ptico, defeitos na acuidade e nos campos visuais e formação de catarata subcapsular posterior.
O sulfato de neomicina pode causar sensibilização cutânea.

Apresentação : Frascos plásticos conta-gotas contendo 5 ml e bisnagas com 3,5 g.

Composições

Suspensão Oftlmica:
Cada ml contém:
Dexametasona micronizada bifsica.................... 0,001 g
Sulfato de neomicina (equivalente a 3,5 mg da base).................... 0,005 g
Sulfato de polimixina B.................... 6000 UI
Hipromelose (Hidroxipropilmetilcelulose)....................0,005 g
veículo constituído de cloreto de sódio, polissorbato 20, cloreto de benzalcnio como conservante e água purificada q.s.p. 1 ml
Pomada Oftlmica:
Cada g contém:
Dexametasona micronizada bifsica.................... 0,001 g
Sulfato de neomicina (equivalente a 3,5mg da base).................... 0,005 g
Sulfato de polimixina B.................... 6000 UI
Excipiente constituído de lanolina lqida anidra, com metilparabeno e propilparabeno como conservantes e vaselina slida q.s.p. 1 g

Alcon Laboratórios do Brasil Ltda.

Endereço: Avenida Nossa Senhora da Assunção, 736, São Paulo - SP, 05359-000
Telefone:(11) 3732-4001

Medicamentos do mesmo fabricante :

Anestalcon 05, Betoptic-s, Bss, Cilodex, Ciloxan, Claril, Claroft, Dunason, Flex_care, Glautimol 05, Iopidine 05, Lacrima, Maxicrom, Maxidex, Maxitrol, Miostat, Mydriacyl, Opti-clean, Opti-free, Opti-soak, Opti-tears, Pliagel, Polyclens, Polyzym, Procofen, Purpuralin, Soaclens, Vexol, Vislin


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular