Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Lidospray - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Lidocaina.

Apresentação :

Solução tópica spray: frasco contendo 50 ml.
Solução para anestesia tópica

Indicação :

Na prevenção da dor associada com :
Otorrinolaringologia :
punção dos seios maxilares;
parecentese do témpano;
anestesia da faringe para prevenir náuseas e vômito durante instrumentação.
Obstetírcia :
durante o estágio final do parto, antes da episiotomia e sutura perineal como adjuvante no controle da dor.
Odontologia:
antes de injeções. Impresses dentárias, radiografias, remoção de trtaro.

Contra indicação :

Em pacientes com antecedentes de hipersensibilidade aos anestásicos locais do tipo amida ou aos demais componentes da fórmula. LIDOSPRAY não deve ser aplicado na laringe. O seu uso não é recomendado em crianças menores de 5 anos ou com menos de 20 kg de peso, em vista da concentração elevada (10%) e de sua rápida absorção.

Interação Medicamentosa :

A lidocana deve ser usada com cuidado em pacientes que estáo sendo tratados com drogas antiarrtmicas, como a tocainida, pois há adição de efeitos txicos.
reações Adversas e Alterações de Exames Laboratoriais
são extremamente raros os casos de reações alérgicas associadas a anestásicos locais do tipo amida (nos casos mais graves, choque anafiltico).
As reações adversas sistémicas são raras e podem resultar de níveis plasmáticos elevados devido a excesso de dose, por rápida absorção ou por hipersensibilidade, idiossincrasia ou reduzida tolerância por parte do paciente.
As reações do SNC incluem: nervosismo, tontura, convulsões, inconsciência e possivelmente parada respiratéria.
As reações cardiovasculares incluem: hipotensão, depressão miocrdica, bradicardia e possivelmente parada cardíaca.

Posologia e Modo de Usar

Como para qualquer anestásico local, as reações e complicações são evitadas utilizando-se a mínima dose eficaz. Nos pacientes idosos ou debilitados e nas crianças, deve-se adequar as doses de acordo com a idade e as condições fsicas.
Cada nebulização libera 10 mg de lidocana base. desnecessário secar o local antes da aplicação .
Não se deve fazer mais de 20 nebulizações em qualquer adulto para se alcançar a anestesia desejada.
Odontologia: 1 a 5 aplicações.
Otorrinolaringologia: 3 aplicações para punção da cavidade maxilar.
Durante o parto: até 20 aplicações.
Durante instrumentação: até 20 aplicações (200 mg de lidocana base).

Precauções e Advertências

A absorção através das mucosas e superfcies feridas relativamente alta, especialmente na rvore brônquica.
Em pacientes com mucosa traumatizada e/ou infecção no local da aplicação , com epilepsia, falha na condução cardíaca, bradicardia, disfunção hepática e choque grave se a dose ou local de Administração propiciarem altos níveis sanguíneos.
A anestesia tópica da orofaringe pode interferir com a deglutição e causar perigo da aspiração. Isto particularmente importante em crianças devido à frequência das alimentações. A dormncia da lngua e da mucosa bucal pode aumentar o risco de trauma por mordida.
Evite contato com os olhos.
Gravidez e Lactação
A lidocana atravessa a barreira placentária e pode penetrar nos tecidos fetais. razovel assumir que a lidocana tem sido administrada a um grande nmero de mulheres grávidas ou que possam vir a engravidar. Não tém sido relatados distúrbios específicos no processo de reprodução, tais como aumento de Incidência de malformações ou outros efeitos malficos diretos ou indiretos no feto.
A lidocana também excretada pelo leite materno, porêm em pequenas quantidades, de tal modo que, geralmente, não há risco para a criança quando utilizada nas doses terapêuticas.
Como para qualquer outra droga, a lidocana somente deve ser usada durante a gravidez ou lactação se, a critério médico, os benefícios potenciais superarem os possveis riscos.
Pediatria
LIDOSPRAY não é recomendado em crianças menores de 5 anos ou com menos de 20 kg de peso, em vista da concentração elevada (10%) e de sua rápida absorção.
Geriatria
As mesmas recomendadas relativas aos adultos, devendo ser adaptadas as doses de acordo com as condições fsicas.

Fabricante :

Apsen Brasil Indústria Química Farmacêutica

Endereço: Rua la Paz, 39, São Paulo - SP, 04755-020
Fone: 0800-165678
FAX: 11 5644-8226
E-mail: infomed@apsen.com.br

Medicamentos do mesmo fabricante :

Analgina, Arpadol, Azulfin, Colchis 1 mg, Colchis 05 mg, Delgar, Destilbenol, Diserim, Donaren, Enteronorm, Etoxin, Finigas, Fitoscar, Gastrodine, Hantina, Inibina, Labirin, Liberan, Lidospray, Litocit, Meclin, Miodrina, Noodipina, Plamin, Postec, Primidona, Rectocetil, Retemic, Reuquinol, Reutrexato, Suspirin, Unoprost, Xilodase, Yomax


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular