Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Klimakt - Heel T - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Sanguinaria canadensis D4 + ASSOCIAÇÃO

Apresentação : Comprimidos sublinguais de 301,5 mg – Frasco com 50 comprimidos.

Indicação : indicado para auxiliar no tratamento das manifestações clínicas do climatério.

Fórmula :

1 comprimido contém: 30 mg de Sanguinaria canadensis D6 trit.; 30 mg de Sepia officinalis D4 trit.; 30 mg de Sulfur D4 trit.; 30 mg de Strychnos ignatii D4 trit.; 30 mg de Simarouba cedron D4 trit; 60 mg de Stannum metallicum D12 trit. e 90 mg de Lachesis mutus D12 trit.. Excipientes: estearato de magnésio e lactose q.s.p..

Características Farmacológicas:

O medicamento Klimakt-Heel T é preparado segundo a farmacotécnica homeopática, cujos métodos de diluição e de dinamização estão descritos na Farmacopéia Homeopática Alemã. Sua aplicação atende aos princípios da Homotoxicologia.

Esta terapêutica considera as enfermidades como a expressão de uma resposta defensiva do organismo contra as homotoxinas endógenas e as exógenas, ou o resultado de danos tóxicos que o organismo tenta compensar, com a finalidade de restabelecer dentro do possível a homeostase.

A Homotoxicologia está baseada nos princípios da Homeopatia aplicados ao conhecimento da cibernética e da imunologia e integrados ao conceito médico da patologia humoral de Hipócrates, da patologia solidária de Giorgio Baglivi, (os responsáveis pelas enfermidades devem ser os elementos integrantes do organismo como portadores de vida que são, ou como causas, e não uma mescla confusa de humores: sangue, fleuma, bilis amarela e negra), os conceitos da patologia celular de Rudolf Virchow (1858) e os da patologia molecular ligada aos nomes de H. Schade e P. Grawitz (1946).

Este complexo foi elaborado de acordo com o Principio do Efeito Inverso descrito por Arndt-Schutz, também denominado Lei Biológica Básica, que estabelece que “estímulos fracos provocam a atividade vital; estímulos médios aumentam a atividade vital; estímulos fortes detêm a atividade vital e estímulos muito fortes destroem a atividade vital”, e o Princípio de Burgi que estabelece que “Duas substâncias que provocam a mesma alteração funcional, respectivamente e que eliminam o mesmo sintoma da doença, somam-se em suas atuações quando possuem os mesmos pontos de atuação e se potencializam quanto estes são distintos”. Portanto as substâncias que compõem este complexo foram selecionadas tendo por base a patogênesia descrita nas Matérias Médicas e sua indicação está embasada nas atividades dos componentes homeopáticos individuais, descritos em matérias médicas homeopáticas.

Sanguinaria canadensis: distúrbios climatérios, acesso de febre, pópilo uterino, desordens vasomotoras, recaída periódica da dor de cabeça.

Sepia officinalis: desordens climatéricas, exaustão nervosa, depressão, apatia, inflamação crônica do útero e anexos, hiperhidrólise.

Enxofre: Reagente para todas as doenças crônicas, atividade celular é influenciada cataliticamente.

Strychnos ignatii: instabilidade de humor, lamentação, glóbus histérico, enxaqueca, depressão. Simarouba cedron: neuralgia recorrente.

Stannum metallicum: remédio geral para debilidade, condições de exaustão nervosa, visceroptosis.

Lachesis mutus: desordens climatéricas, palpitações, rubor.

Considerando estes conceitos, o medicamento antihomotóxico, Klimakt-Heel T auxilia no tratamento das manifestações clínicas do climatério.

Contra indicação :

Klimakt-Heel T é contra indicado a pacientes hipersensíveis à LACTOSE e as outras substâncias da fórmula.

Advertências e Precauções

As orientações e recomendações previstas na bula estão relacionadas à via de Administração indicada. O uso por outras vias pode envolver risco e devem estar sob a responsabilidade do prescritor.
Klimakt-Heel T está na categoria B de risco na gravidez. Este medicamento não deve ser utilizado durante a gravidez, exceto sob orientação médica, ou do cirurgião dentista.
Nervoheel N não deve ser utilizado durante a lactação sem acompanhamento médico. Este medicamento contém LACTOSE.

Interação Medicamentosa :

Não são conhecidas Interações Medicamentosas: com outros medicamentos e alimentos.

CUIDADOS DE ARMAZENAMENTO DO MEDICAMENTO

Este medicamento deve ser armazenado, em local seco e à temperatura ambiente (entre 15 e 30°C), longe de qualquer tipo de fonte de calor e, ou umidade.

O comprimido de Klimakt-Heel é redondo com superfícies planas, de branco a levemente amarelado com eventuais pontos pretos, inodoro ou com odor levemente marinho, e levemente adocicado.

Este medicamento tem validade de 36 meses.

de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.

Para sua segurança, mantenha o medicamento na embalagem original.

Proteger da luz solar e de fontes de radiação eletromagnética, como por exemplo: forno de microondas, aparelho celular, televisão, etc.

Antes de usar observe o aspecto do medicamento. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

POSOLOGIA E MODO DE USAR

Via oral. Adultos: 1 comprimido sublingual, de 1 a 3 vezes ao dia por uma semana.

REAÇÕES ADVERSAS

O médico deve informar ao paciente para entrar em contato, caso os sintomas persistam por mais de 5 dias, ou se agravem. No caso do tratamento ser longo, acompanhar a evolução do paciente durante todo o período do tratamento.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, ou para o Centro de Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

SUPERDOSE

A conduta nos casos de ingestão acidental e, ou ingestão acima da dose sugerida, ou prescrita, é informar o paciente para observar o surgimento de alguma manifestação clínica, tais como: tontura, enjôo, náuseas e dor de cabeça e, caso isto aconteça, o médico deve suspender o uso do medicamento.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder. MS: 1.6198.0004.001-1 Farmacêutico responsável: Marialba Salvador L. Moreno CRF-SP no 16.619

Fabricante :

Heel do Brasil Biomédica Ltda. filial brasileira da empresa alemã Biologische Heilmittel Heel GmbH, sediada em Baden-Baden, na Alemanha, que integra a holding Delton-Konzern.

Alameda Tocantins, 630 – G8
Alphaville 06455-020 – Barueri – SP
CNPJ: 05.994.539/0001-27
Tel: (11) 4208-3585
Fax:(11) 4208-7087
SAC: 0800-7709000

Medicamentos do mesmo fabricante :

Klimakt Heel, Nervoheel N Comprimidos, Nervoheel,

Medicamentos com o mesmo pricípio ativo :


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular