Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Kitnos - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : etofamida

Apresentação : Kitnos 500 mg em embalagem contendo 6 comprimidos.

composição: Cada comprimido de Kitnos contém 500 mg de etofamida.
Excipientes: metilcelulose, corante amarelo tartrazina (FD&C no 5), amido de milho, celulose microcristalina, estearato de magnésio e água purificadaa. a = removida durante o processo de fabricação .
PARTE II

Indicações:

Entamoeba histolytica, conhecida popularmente como ameba, é um parasita (protozorio) microscpico, invisível a olho nu, que infecta o homem na forma de cisto (conhecido popularmente como “ovo”), através da ingestão de material contaminado (alimento, água). Esses cistos, pela ação do suco gástrico e intestinal, liberam o parasita na sua primeira forma evolutiva (trofozotas). Estes trofozotas se instalam no intestino onde se reproduzem, gerando outros cistos que são eliminados através das fezes, que retornam ao meio ambiente onde poderão infectar outras pessoas. Em algumas situações os trofozotas podem, através do sistema circulatério (vasos sanguíneos e sangue), alcançar outros rgos, formando abscessos.
Kitnos (etofamida) É um medicamento base de etofamida, uma substância dotada de ação especfica contra amebas. , portanto, um medicamento amebicida (capaz de matar amebas) que age apenas dentro do intestino, local onde estáo as formas trofozotas das amebas.
Kitnos deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C), protegido da luz e umidade.
O prazo de validade é indicado na embalagem externa do produto. Não use medicamento com o prazo de validade vencido, pode ser perigoso para sua Saúde.
Kitnos , como qualquer outro medicamento, não é recomendado durante os três primeiros meses de gravidez, a não ser sob recomendação médica.
Informe ao seu médico a Ocorrência de gravidez na vigncia do tratamento ou após o seu trmino.
Informe ao seu médico se está amamentando. Kitnos deve ser administrado após as refeições.
Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horrios, as doses e a duração do tratamento.
Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
muito importante informar ao seu médico o aparecimento de qualquer reação desagradável durante o tratamento com Kitnos , tais como o aumento de gases intestinais (que geralmente desaparecem logo após o trmino do tratamento), urticária (erupção da pele de origem alérgica) e coceira. Os efeitos desagradveis de Kitnos são muito leves.
Informe ao seu médico caso esteja usando outros medicamentos antes do incio ou durante o tratamento com Kitnos .
Kitnos É contra indicado a pacientes que apresentam hipersensibilidade (alergia) etofamida ou a qualquer componente da fórmula.
Este produto contém o corante amarelo de TARTRAZINA que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. NO TOME Remédio SEM O CONHECIMENTO DO SEU médico, PODE SER PERIGOSO PARA SUA Saúde.
PARTE III

Informações Técnicas

Kitnos (etofamida) É um medicamento base de etofamida, um derivado da dicloroacetamida, a 2,2-dicloro-N-(2-etoxietil)-N-[4-(4-nitrofenoxi)benzil]acetamida. é um quimioterpico dotado de elevada atividade antiprotozoria especfica contra a Entamoeba histolytica. Por não ser absorvido, o efeito amebicida de Kitnos exercido localmente na luz do trato intestinal. Portanto, altas concentrações de etofamida são encontradas nas fezes nos três dias seguintes após uma administração oral. Classificado como amebicida luminal, é ativo nas formas intestinais da ameba.
Por não ser absorvido pelo trato gastrintestinal, Kitnos É um medicamento ativo na amebase intestinal, mas não age no protozorio localizado em outros rgos como, por exemplo, no fgado. Por outro lado, pelo fato de não ser absorvido, praticamente atéxico.

Indicação : Kitnos (etofamida) é indicado em todas as formas de parasitismo (agudo ou crônico) por
Entamoeba histolytica:
• Isoladamente: É indicado nos casos assintomáticos ou de portadores sãos (eliminadores de cistos) por destruir o ciclo não-patogúnico mantido pela forma “minuta” do parasita, que responsável pela produção de cistos e, portanto, pela transmissão da amebase.
• Em associação: Com outros quimioterpicos que agem nos tecidos extra-intestinais, É indicado nos casos de disenteria de colite crônica ou nas infecções extra-intestinais por impedir a reinvasão dos tecidos e assegurar a erradicação do parasita.

Contra indicação :

Kitnos (etofamida) É contra indicado a pacientes que apresentam hipersensibilidade etofamida ou a qualquer componente da fórmula.

Advertências e Precauções

Como qualquer outro medicamento, Kitnos (etofamida) não é recomendado nos três primeiros meses de gravidez.
Nos casos de amebase extra-intestinal, Kitnos só deverá ser administrado em associação com outros fármacos que agem em tecidos extra-intestinais.
Este produto contém o corante amarelo de TARTRAZINA, que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico.

Interação Medicamentosa :

Não são conhecidas Interações da etofamida com outros medicamentos.

reações ADVERSAS
Kitnos (etofamida) muito bem tolerado. Podem ocorrer, ocasionalmente, flatulência, urticária e prurido que desaparecem logo após o trmino do tratamento.

Modo de Usar :

Uso em Adultos

2 comprimidos ao dia, após as refeições, durante três dias consecutivos.

Uso em Idosos

Aos pacientes idosos aplicam-se todas as recomendações acima descritas.

Superdosagem :

Não são conhecidos efeitos da superdosagem da etofamida.
PARTE IV

MS - 1.0216.0142 farmacêutica responsável: Raquel Oppermann – CRF-SP no 36144
VENDA SOB PRESCRIção médica.
Número de lote e data de fabricação : vide embalagem externa.

Fabricante :

LABORATÓRIOS PFIZER LTDA.

Av. Presidente Tancredo de Almeida Neves, 1555 CEP 07112-070 – Guarulhos – SP CNPJ no 46.070.868/0001-69

Fale Pfizer 0800-7701575

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA USO RESTRITO A HOSPITAIS

CUIDADO: AGENTE CITOTÓXICO

Medicamentos do mesm fabricante :

Adriblastina, Aracytin, Aromasin, Bextra, Caverject, Dalacin V, Dalacin, Detrusitol, Diabinese, Dostinex, Dostinex, Drenol, Ecalta, Epelin, Eunades, Farlutal, Farmorubicina, Feldene, Fibrase, Fragmin, Frontal, Gelfoam, Genotropin, Geodon, Gino-fibrase, Gino-pletil, Gino-tralen, Kitnos, Legifol, Lomotil, Loniten, Lopid, Lyrica, Macugem, Mansil, Miantrex, Miantrex, Minipres, Minipress, Neuronti, Norvas, Ponsta, Propi, Vncizinacs


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular