Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Iperisan - bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : extrato de Hypericum perforatum

Apresentação : Caixa com 20 comprimidos revestidos.

Indicação : Tratamento dos estados depressivos leves a moderados e desordens psicovegetativas. Alívio dos sintomas vegetativos associados à depressão: pacientes sofrendo de depressãosão particularmente atingidos por distúrbios somáticos e sintomas como: problemas do sono, exaustào, fadiga, dores musculares e cefaleia. Ocorre melhora dos sintomas citados com o uso de Iperisan.

Emboranão possua efeito sedativo, a melhora nos casos de problemas relacionados ao sono é devida a açào do produto sobre a fadiga e exaustão.

Alívio da depressão propriamente dita: existem diversos estudos mostrando uma melhora importante do score de Hamilton, método objetivo de avaliação da depressão, com o uso de Iperisan por pelo menos 4 semanas.

Melhora da atenção e concentração: em pacientes deprimidos, o poder para se concentrar, entender e lembrar algo lido ou ouvido é afetado de uma maneira às vezes intensa, que alguns pacientes deprimidos poderáo ser erroneamente diagnosticados como dementes.

Realmente, o poder de pensamento de tais pacientes está rebaixado e o poder de concentração, decisão e memória estão prejudicados.

Estudos mostram que a concentração dos pacientes melhora após 4 semanas de tratamento com Iperisan, devido a sua ação antidepressiva.

Além disso, medindo-se os potenciais evocados dos pacientes tratados com Iperisan, há uma redução do período de laténcia, comparado ao início do tratamento. Portanto, o processamento do estímulo no córtex se torna acelerado, melhorando as funções cognitivas.

Efeito Colateral :

Iperisan é bem tolerado enão apresenta efeitos colaterais relevantes, inclusive quando administrado para idosos. Possui também a vantagem denão causar sedação.

Estudos em humanos mostram uma frequência pequena de efeitos colaterais com o uso de Iperisan, tais como: irritações gastrintestinais, reações alérgicas, fadiga, agitação.

Modo de Usar :

Adultos e maiores de 65 anos: 1 comprimido revestido 1 a 3 vezes ao dia ou a critério médico.

- Superdosagem : até o presente momentonão foram discutidos seus efeitos tóxicos, quando em altas doses.

porém, caso ocorra a ingestão de doses excessivas, deve-se provocar o esvaziamento gástrico logo após o acidente. Pacientes idosos: Iperisan é bem tolerado.

Não apresenta efeitos colaterais relevantes, inclusive quando administrado para idosos, possuindo também a vantagem denão causar sedação.

Contra indicação :

Não existem dados disponíveis a respeito de gravidez e lactação, porém sabe-se que o extrato de Hypericum perforatum poderá inibir a secreção de prolactina.

Estudos em cultura de queratinócitos humanos demonstraram que as doses terapêuticas de Hypericumsão aproximadamente 30 a 50 vezes abaixo do nível de fototoxicidade.

Interações Medicamentosas:: em estudos farmacológicos, o extrato de Hypericum perforatumnão demonstrou interação com o álcool. A interação com alimentos ricos em tiaminanão foi considerada nos estudos realizados.

Precauções :

Pacientes deprimidos frequentemente têm idade que possuem um trabalho regular.

Consequentemente, o reflexo de tais pacientes em sua profissão ou para dirigir veículosnão deve ser afetado quando em tratamento.

Os pacientes tratados com Iperisannão tém seu reflexo afetado, o que se torna uma grande vantagem de seu uso. Considerações farmacológicas de natureza teórica indicam que os IMAO em geral podem precipitar crise hipertensiva em paciente com tireotoxicose ou feocromocitoma , embora os estudos clínicos com Hypericum perforatumnão tenham demonstrado estes efeitos.

Fórmula :

Cada comprimido revestido contém: extrato de Hypericum perforatum 300 mg. Excipientes: cellactose, explotab, estearato de magnésio, corante LA e eudragit.

Dizeres Legais :

Farmacêutico Responsável: Regina Helena Vieira de Souza Marques CRF/SP no 6394

Fabricante : Marjan Farma Indústria e Comércio

Endereço: R. Gibraltar, 165 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04755-070
Telefone: (11) 5642-9888

E-mail e SAC: 0800-55-4545

Medicamentos do mesmo fabricante :

Ambroten, ambroten, anemofer, aplause, asdron, bactricin, barivit, calde k2, calde Mag, calde, climadil, colpagex N, denacen, dexagil, foliron ITF, foliron, inflanan FC, inflanan, iperisan, ketonan, magnen b6, magstress, modelo, monaless, nicord, normaten FIT, ostenan, pasalix, permear, prostat-hpb, prostat, radan, sonoripan, takil, tamaril, tenag, tenflax, trivagel N, vagi C, vecasten, vicog, vinocard Q10, vitergan pre natal, vitersol d


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular