Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Inflanan Fc - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Piroxicam.

Classe terapêutica : Analgesicos, Antiartriticos, Antiinflamatórios e Antireumaticos.

Apresentação : Comprimidos revestidos FC 10 mg: caixa com 8 comprimidos. Comprimidos revestidos FC 20 mg: caixa com 8 e 16 comprimidos.

Indicações: Todas as patologias inflamatórias de natureza aguda ou crônica. Processos agudos das vias respiratórias: amigdalites, faringites, laringites. Processos inflamatórios e dolorosos, originados por: traumas osteoarticulares, contuses e distenses musculares traumáticas, pr e Pós-operatérios cirúrgicos de natureza ortopódica, odontológica e de cirurgia geral. Processos inflamatórios crônicos: artrite reumatéide, osteoartrites, espondilites anquilosantes, lombalgias, hárnias de disco e lpus eritematoso. Processos inflamatórios ginecológicos: dismenorria, salpingites, anexites.

Efeito Colateral :

Pacientes mais sensíveis podem apresentar dores de estômago, vômitos, azia e distensão abdominal principalmente quando a dose de 3 mg/dia for ultrapassada ou quando Inflanan FC for utilizado mais prolongadamente. Os comprimidos revestidos, por serem resistentes é acidez gástrica, tem menor possibilidade de produzir efeitos gástricos. Alguns pacientes podem apresentar, embora raramente, sonolência, vertigens e depressão. Advertências e recomendações para pacientes maiores de 65 anos: pacientes idosos, com insuficiência renal, cardíaca e hepática, aqueles fazendo uso de diuréticos, podem ter uma descompensação da função renal com o uso de antiinflamatórios, pela redução dose-dependente na formação de prostaglandinas. Por isto deve-se utilizar doses menores do medicamento nestes pacientes e monitorizar a função renal. Superdosagem: a ingestão acidental de doses elevadas ou erros de dosagens exige atitudes médicas que impeam a absorção e acelerem a sua eliminação. A absorção a nível intestinal pode ser diminuída por ingestão de substâncias que apresentem efeito adsortivo, como o carvo ativado, associado ou não, dependendo do tempo de ingestão, com medidas provocadoras de vômitos. Como o piroxicam apresenta ciclo entero-hepático a administração de colestiramina pode ser til. Uma hidratação adequada facilita a eliminação urinária do piroxicam.

Modo de Usar :

Comprimidos revestidos de 10 ou 20 mg: adultos 1 comprimido ao dia; crianças acima de 20 kg 1 comprimido de 10 mg ao dia. Observações: patologias agudas podem requerer uma dose inicial de 30 a 40 mg nos 2 primeiros dias. Para crianças com menos de 20 kg recomenda-se utilizar Inflanan Gotas.

Contra indicação :

Gastrite e úlcera péptica: pacientes portadores destas patologias correm maior risco de apresentar complicações com o uso de Piroxicam. Alergias: pacientes portadores de asma, bronquites, rinites ou urticária devem evitar o uso de Piroxicam assim como de outros antiinflamatórios não esteroides. Insuficiência renal: pacientes com a função renal prejudicada podem apresentar uma nefrite intersticial ou agravar a sua insuficiência renal. Gravidez e lactação: não deve ser utilizado nestas situações, pois não existe trabalho publicado que autorize o seu uso.

Precauções :

Apesar da literatura descrever poucas situações em que o Piroxicam desencadeou efeitos colaterais de natureza grave, deve se precaver quanto às alterações abaixo: Sistema gastrintestinal: sangramentos, micro-hemorragias e mesmo perfurações gástricas durante tratamentos clínicos prolongados, geralmente em pacientes com outros fatores de risco como alcoolismo, fumantes, portadores de úlceras, idosos e debilitados. Estes sintomas tendem a se reduzir muito com a nova forma de revestimento dos comprimidos de Inflanan FC. Sistema renal: pacientes que apresentem a função renal debilitada por insuficiência cardíaca, insuficiência renal ou insuficiência hepática podem desenvolver uma nefrite intersticial aguda ou ocasionalmente síndrome nefrtica. Sistema sanguíneo: são descritos de forma isolada e não confirmados como relacionados ao uso do Piroxicam: anemias aplásticas, leucopenia e trombocitopenia. Sua ação antiagregadora plaquetária pode acarretar problemas na hemostasia, não sendo conveniente o uso de Inflanan FC nos pacientes que irão ser submetidos a cirurgias com grandes riscos hemorrágicos. Sistema hepático: há casos na literatura de icterícia colestática desencadeada pelo Piroxicam durante o tratamento prolongado. Pele: o uso de Inflanan FC com posterior exposição exagerada ao sol pode desencadear quadro de fotodermatites. Sistema nervoso central: pacientes mais sensíveis podem apresentar tonturas, cefaleia, sonolência e vertigens. Cuidados na administração e interrupção: nos processos crônicos, existe uma laténcia de 6 a 7 dias para se obter uma resposta adequada, não se deve, portanto, interromper a medicação sem consultar o médico. - Interação medicamentosa: o Piroxicam pode interagir com drogas como antidiabéticos orais, anticoagulantes, diuréticos e outras drogas potencialmente nefrotóxicas.

Fórmula :

Cada comprimido revestido de 10 mg e 20 mgcontém, respectivamente, piroxicam 10 e 20 mg. Excipientes: lactose, estearato de magnésio.

Dizeres Legais :

Farmacêutico Responsável: Regina Helena Vieira de Souza Marques CRF/SP no 6394

Fabricante : Marjan Farma Indústria e Comércio

Endereço: R. Gibraltar, 165 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04755-070
Telefone: (11) 5642-9888

E-mail e SAC: 0800-55-4545

Medicamentos do mesmo fabricante :

Ambroten, ambroten, anemofer, aplause, asdron, bactricin, barivit, calde k2, calde Mag, calde, climadil, colpagex N, denacen, dexagil, foliron ITF, foliron, inflanan FC, inflanan, iperisan, ketonan, magnen b6, magstress, modelo, monaless, nicord, normaten FIT, ostenan, pasalix, permear, prostat-hpb, prostat, radan, sonoripan, takil, tamaril, tenag, tenflax, trivagel N, vagi C, vecasten, vicog, vinocard Q10, vitergan pre natal, vitersol d


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.