Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Infladoren - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Diclofenaco Dietilamonio e Diclofenaco Sodico.

Classe terapêutica : Antiartriticos, Antiinflamatórios e Antireumaticos

Apresentação : Comprimidos 50 mg: caixa com 10 comprimidos; comprimido 100 mg: caixa com 10 comprimidos; gel tópico a 1%: bisnaga com 20 gramas.

Indicação : Analgésico e antiinflamatório nos processos reumáticos e não reumáticos; reumatismo articular e extra-articular, artrite reumatéide, espondilite ancilosante, osteoartrose, espondiloartrose, reumatismo não articular, reações inflamatórias e edematosas Pós-traumáticas. Coadjuvante no tratamento das doenças infecciosas. Infladoren Gel É indicado no tratamento local de inflamações de origem traumática dos tendes, ligamentos, mêsculos e articulações.

Efeito Colateral :

Os efeitos colaterais mais frequentes são distúrbios gastrintestinais. há casos de ulceração péptica e hemorragia gastrintestinal. Outros efeitos colaterais incluem cefaleia, vertigem, erupção cutânea, pruridos, edema, depressão, sonolência, insônia, visão turva e outras reações oculares. Ocasionalmente podem ocorrer reações de hipersensibilidade, anormalidade nos testes de função hepática, prejuzo da função renal, agranulocitose e trombocitopenia.

Modo de Usar :

Recomenda-se uniformizar a posologia do produto, adaptando-se em particular ao quadro clínico, bem como a idade do paciente e as suas condições gerais. Devem ser utilizadas as doses mínimas eficazes. Nos casos de tratamentos mais prolongados, devem ser tomados cuidados especiais. Comprimidos de 50 mg: de um modo geral, a dosagem inicial diária para adultos é de 1 comprimido 3 vezes ao dia, podendo-se em casos especiais aument-la até 6 comprimidos diários (sob controle médico). No caso de dismenorria primria a posologia de 2 comprimidos ao dia. Dose mínima: 50 mg diariamente; dose máxima: 300 mg diariamente. Comprimidos de 100 mg AP: administrar 1 comprimido de Infladoren 100 mg por dia. Se necessário, a dose pode ser elevada para 150 mg com a prescrição do Infladoren comprimidos de 50 mg, como suplementação. Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, durante as refeições, com auxílio de líquidos. Gel tópico: aplicar o gel sobre a regio afetada, 3 a 4 vezes ao dia massageando suavemente. Gravidez e lactação: o produto é contra indicado durante a gravidez. Embora sua substância ativa passe para o leite materno em pequenas quantidades, as lactantes deverão suspender a amamentação ou tratamento. Superdosagem: quando a posologia recomendada tiver sido sensivelmente excedida podem ocorrer as seguintes complicações: náuseas, nsia de vômito, dores gastrintestinais ou ulcerações, depressão respiratéria, hipotensão, coma, convulsões, insuficiência hepática e renal, trombocitopenia, leucopenia e elevação dos valores das transaminases. Em qualquer dessas situações a medicação Deverá ser suspensa e o médico consultado imediatamente.

Contra indicação :

úlcera péptica (ou história pregressa de úlcera péptica), discrasia sanguínea (ou história pregressa de discrasia sanguínea, disteses hemorrágicas (trombocitopenias, distúrbios da coagulação sanginea), insuficiência cardíaca, hepática ou renal graves. Como outros agentes antiinflamatórios não esteroides, o produto está contra indicado em pacientes nos quais os acessos de asma, urticária ou rinite aguda são desencadeados pela ação do Ácido acetilsalicílico ou por outros medicamentos inibidores da prostaglandina sintetase. contra indicado a pacientes hipersensíveis droga.

Precauções :

Infladoren Gel deve ser aplicado somente sobre a pele s, intacta e nunca sobre feridas abertas, escoriações ou sobre mucosas. Restrições de uso: o produto Deverá ser usado somente sob supervisão médica. Deverão ser tomados cuidados especiais nos pacientes idosos, geralmente mais sensíveis ao medicamento. Não recomendada a prescrição do produto a pacientes com menos de 14 anos. A possibilidade de reativação de úlceras pépticas, requer cuidados especiais, mesmo em se tratando de casos remotos de dispepsias, hemorragias gastrintestinais, ou úlceras pépticas. Nos casos excepcionais em que o produto for administrado por perãodos prolongados, Deverá ser realizado hemograma antes de iniciar o tratamento e, periodicamente, após o seu incio. Ocorrendo diminuição da contagem de leuccitos e/ou plaquetas, ou do hematécrito, a medicação Deverá ser suspensa. Recomenda-se cuidado especial ao se tratar pacientes portadores de lpus eritematoso disseminado, pois o produto pode agravar ou exacerbar o quadro. Observando-se reações alérgicas, icterícia ou sangue nas fezes, a medicação deve ser suspensa imediatamente. O produto deve ser administrado com cautela em pacientes com função renal ou hepática comprometida e em doenças cardiovasculares. Interações Medicamentosas:: os diuréticos tiazdicos e furosemida tém seus efeitos diurético e hipotensor diminuídos quando administrados simultaneamente a diclofenaco sódico, por inibição da síntese renal das prostaglandinas. Quando administrado simultaneamente a preparações de lítio, o diclofenaco sódico causa diminuição de clearance renal desse elemento, elevando, portanto, sua concentração e toxicidade. O diclofenaco sódico potencializa o efeito de anticoagulantes cumarúnicos; recomenda-se controle do tempo de protrombina, para evitar os riscos de hemorragia. Deve ser usado com cautela em pacientes que fazem uso regular de álcool.

Fórmula :

Comprimidos: diclofenaco sódico 50 mg e 100 mg,excipiente q.s.p 1 comprimido; gel tópico: diclofenaco dietilamônio 11,6 mg, excipiente q.s.p. 1 g.

Fabricante :

QIF Química Intercontinental Farmacêutica

Av Itaboraí, 1425, Cursino, São Paulo - SP

(11) 5591-7600

Medicamentos do mesmo fabricante :

Amoxina, Broncosedol, Diasec, Doran gotas, Fenalerg, Fosfotonico, Gastroplus, Herpesil, Infladoren, Migral, Mucomax, Neomigran, Piostop, Renovan, Supervit, Urobiotic, Urotril, Vitamina e


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A automedicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.