Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Iberol - gotas

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Indicação : Profilaxia e tratamento da anemia ferropriva, acompanhada ou não por hipovitaminose do complexo B.

Efeito Colateral :

Manifestações gastrintestinais caracterizadas por náuseas, vômitos, dor abdominal, diarreia, obstipação, podem manifestar-se como sinais de intolerância ao ferro. No caso do Iberol líquido, se ocorrerem tais sintomas, deve-se administrar doses menores em intervalos mais curtos, sem alteração da dose total diária. No caso de Iberol comprimidos revestidos, devido ao processo Gradumet, as possibilidades de intolerância gástrica são muito remotas. Na eventualidade de manifestação de intolerância gástrica tanto na Apresentação : comprimido revestidos como líquido, recomenda-se a utilização após as refeições. Os preparados líquidos base de ferro podem manchar os dentes. As manchas podem ser evitadas através do uso de canudinho primeiramente misturando a dose correspondente com água ou suco de frutas e ingerindo, posteriormente, água pura. As manchas existentes nas dentaduras podem ser retiradas com o uso de bicarbonato de sódio ou perxido de hidrognio.

Modo de Usar :

Iberol comprimidos revestidos: 1 comprimido ao dia ou segundo indicação médica. Iberol líquido: dose terapêutica: adultos e crianças acima de 4 anos, 2 colheres das de chá (10 ml) 2 vezes ao dia, após as refeições. Crianças de 1 a 3 anos, 1 colher das de chá (5 ml) 2 vezes ao dia, após as refeições. Dose profiltica: metade da dose terapêutica. - Superdosagem: sinais de intoxicação grave por ferro podem ser retardados devido à forma de liberação controlada. Em intoxicação aguda por ferro podem ocorrer aumento da permeabilidade capilar, redução do volume plasmático, aumento do dbito cardíaco e colapso cardiovascular sbito. Na superdosagem com comprimidos, devem ser feitos esforos para acelerar a eliminação dos comprimidos ingeridos. Um emático deve ser administrado to logo for possível seguido por lavagem gástrica, se indicado imediatamente após a mese, uma dose adequada de laxativo salino deve ser administrada, para acelerar a passagem pelo trato intestinal. Exame de raios-x pode então ser considerado para determinar a localização e o nmero de comprimidos restantes no trato gastrintestinal. a administração de leite com ovos e soluções contendo fosfatos pode diminuir a absorção de ferro. O uso de desferrioxamina pode ser feito pelas vias oral e parenteral, seguindo-se critérios adequados.

Contra indicação :

indivíduos conhecidamente hipersensíveis a alguma substância da formulação.

Precauções :

importante que o produto seja guardado fora do alcance das crianças para evitar intoxicações agudas. - Interações Medicamentosas:: substâncias como fitatos, fosfatos e a desferrioxamina diminuem a absorção de sulfato ferroso. O uso concomitante de antiácidos diminui a absorção de ferro. A ingestão concomitante de ovos ou leite reduz a absorção de ferro. O sulfato ferroso pode interferir com a absorção de tetraciclinas. Os efeitos antiparkinsonianos da levodopa podem ser revertidos pela piridoxina.

Apresentação : Embalagens com 30 comprimidos revestidos e embalagens com 120 ml.

Fórmula :

Cada comprimido revestido contém: sulfatoferroso, em forma de liberação regulada Gradumet (equivalente a 105 mg de ferro elementar) 525 mg; ácido ascórbico 100 mg; nicotinamida 20 mg; pantotenato de cálcio 10 mg; cloridrato de piridoxina 2 mg; mononitrato de tiamina 1,50 mg; cianocobalamina (vitamina B12) 6 mcg; riboflavina 1,70 mg. Excipiente q.s.p. 1 comprimido. Cada 5 ml: sulfato ferroso (equivalente a 26,35 mg de ferro elementar) 130,66 mg; ácido ascórbico 65 mg; nicotinamida 20 mg; dexpantenol 10 mg; cloridrato de piridoxina 2 mg; mononitrato de tiamina 1,50 mg; cianocobalamida (vitamina B12) 6 mcg; riboflavina 1,70 mg. Excipiente q.s.p. 5,00 ml.

Fabricante :

Abbott Laboratórios do Brasil Ltda.

Endereço: Estrada dos Bandeirantes, 2400 - Taquara, Rio de Janeiro - RJ, 22710-907

Medicamentos do mesmo fabricante :

Bufedil, Cetiva AE, Depakote, Ensure Pó, Etrane, Gentaplus, Iberol, Isomil, Klaricid UD, Klaricid, Leutrol, Lupron sc, Magnopyrol, Metiocolin b12, Noctal, Norvir, Ogastro, Pantomicina, Pedialyte 45 pó, Pedialyte 45, Pedialyte 90 pó, Pedialyte 90, Pedialyte, Quelicin, Selsun Azul, Selsun Ouro, Sevorane, Siliver, Sobrepin, Solvobil


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Emagrecimento e Aumento de Massa Muscular