Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Hidrion - bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Furosemida.

Classe terapêutica : Antihipertensivos e Diuréticos.

Apresentação : Caixa com 20 comprimidos.

Indicação : Como medicação diurética na insuficiência cardíaca congestiva, hipertensão arterial e nos edemas de diversas origens. Coadjuvante no tratamento das intoxicações exôgenas.

Efeito Colateral :

Vrias formas de dermatites, incluindo urticária e casos raros de dermatite esfoliativa, pruridos, parestesia, turvação transitéria da visão, hipotensão postural, náuseas, vômitos ou diarreia, são reações adversas que podem ocorrer em pacientes mais sensíveis.

Modo de Usar :

Edemas perifricos em geral: 1 comprimido ao dia. Quando necessário, pode- se administrar 2 a 3 comprimidos, a critério médico. hipertensão arterial: De acordo com a gravidade do caso, administrar 1 a 2 comprimidos ao dia. No tratamento de manutenção, 1 comprimido ao dia ou em dias alternados.

Contra indicação :

Insuficiência renal com anúria. Coma hepático. distúrbios graves do equilíbrio eletrolítico. Em pacientes com possibilidade de apresentarem uma retenção urinária aguda, a administração de diuréticos deve ser feita com prudncia. Não deve ser administrado no primeiro trimestre de gravidez.

Precauções :

Nas doses habituais, o uso do produto não exige suplementação potssica, uma vez que pequenas perdas de potássio podem ser compensadas pela presença do cloreto de potássio existente na fórmula de HIDRI ON. Entretanto, em pacientes portadores de insuficiência hepática ou com ingestão reduzida de sais ou quando houver necessidade de administrar doses elevadas por tempo prolongado, recomenda-se o controle dos níveis plasmáticos de sódio e potássio. Sintomas como tonturas, vômitos, anorexia, fraqueza, letargia, dores nas pernas e(ou) confusão mental são indicativos de depleção eletrolítica.

Modo de usar :

Edemas perifricos em geral: 1 comprimido ao dia. Quando necessário, pode- se administrar 2 a 3 comprimidos, a critério médico. hipertensão arterial: De acordo com a gravidade do caso, administrar 1 a 2 comprimidos ao dia. No tratamento de manutenção, 1 comprimido ao dia ou em dias alternados.

Fórmula :

Cada comprimido contém: Furosemida 40 mg; Cloreto de potássio 100 mg; Excipiente q.s.p. 300 mg.

Interação Medicamentosa :

A furosemida inibe a atividade dos anticoagulantes orais, devendo os pacientes em uso destes medicamentos serem submetidos s provas de coagulação periódicas. No tratamento de pacientes hipertensos, a dose dos anti-hipertensivos deve ser reduzida quando associados com o HIDRION. Não deve ser administrado a pacientes com suspeita de diabetes, antes de submet-los ao teste de tolerância glicose. O uso de diuréticos pode alterar ou não as necessidades de insulina e o diabetes melito pode se manifestar. A diminuição da reatividade arterial s aminas vasopressoras e o efeito acentuado da tubocurarina podem ser revertidos pela administração de diuréticos sulfamédicos; portanto a sua administração deve ser suspensa uma semana antes da realização de cirurgia. a administração do curare ou seus derivados deve ser feita com muito cuidado a pacientes que estáo usando o produto.

Propriedades

HIDRION associa em sua fórmula a furosemida e o cloreto de potássio. A furosemida é um diurético e anti-hipertensivo que se caracteriza por apresentar uma alta eficácia terapêutica que se manifesta rapidamente após a sua administração (1 a 3 horas) e cuja duração relativamente curta (6 a 8 horas). O cloreto de potássio suplementa eventuais perdas de potássio que possam ocorrer, devido é ação do diurético. Em doses terapêuticas habituais HIDRION age principalmente ao nível do ramo ascendente da ala de Henle onde inibe a reabsorção do cloro e, por conseguinte, do sódio. A ação salurtica rapidamente intensa e breve, aumentando proporcionalmente com as doses administradas.

Fabricante :

Laboratório Gross S.A.

Endereço: Rua Padre Ildefonso Penalba, 389 - Todos Os Santos, Rio de Janeiro - RJ, 20775-020
Telefone:(21) 2597-3112

Medicamentos do mesmo fabricante :

Adeforte, Deficical b12, Hematiase b12, Hidrion, Neurilan, Nucleo cmp, Sepurin, Suprasten, Suprasten


Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode ser-lhes prejudicial, mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.
O ministério da saúde adverte: a automedicação pode fazer mal à sua saúde.
Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária. Trata-se de um registro histórico deste medicamento.
Este texto não pode substituir a leitura da bula que acompanha o medicamento.
Os medicamentos podem mudar suas formulações, recomendações e alertas.
Apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão do medicamento comercializada.
Todas as bulas constantes no site portal são meramente informativas.
Lembre-se, a informação é o melhor remédio.

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.