Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Halotano - anestésico

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Halotano

Classe terapêutica : Anestásicos Sistémicos

Apresentação :

Cada ml contém:
Halotano .................... 1 ml

Indicações: HALOTANO HOECHST é indicado para anestesia de inalação para cirurgias de todos tipos e para procedimentos diagnósticos.

Efeito Colateral :

Coração e circulação: HALOTANO HOECHST tem uma ação dilatadora sobre os vasos sanguíneos, mais evidente na pele pela presença das veias superficiais. A pressão sanguínea pode cair durante indução ou manutenção da anestesia com HALOTANO HOECHST. Contanto que a reação hipotensiva não seja devida a uma perda do volume sanguíneo circulante (por exemplo hemorragia, desidratação), a mesma ser diretamente proporcional É concentração de HALOTANO HOECHST e seré associada com bradicardia e finalmente com inotropismo negativo. Neste caso necessário diminuir a concentração de HALOTANO HOECHST ou interromPó-lo completamente e corrigir a hipovolemia (por transfusão de sangue ou infusão de substitutos do plasma ou outras soluções). Podem ocorrer arritmias principalmente se simpatomimáticos forem usados concomitantemente (ver também Interações Medicamentosas:).
Respiração: Como outros anestásicos de inalação, HALOTANO HOECHST em altas concentrações pode deprimir a respiração; neste caso, necessária ventilação assistida ou controlada.
Sistema Nervoso Central: Um aumento na pressão do lquor pode ocorrer. Por essa razo, uma elevação pré-existente da pressão intracraniana deve ser corrigida antes de HALOTANO HOECHST ser empregado (tratamento medicamentoso para eliminação do edema cerebral).
étero: Na prtica obstátrica deve ser considerado que HALOTANO HOECHST pode causar relaxamento do étero, especialmente em anestesia profunda. Entretanto, nos estágios 1-2 da escala de Guedel este efeito pode ser revertido por agentes uterotúnicos tais como Ocitocina. O relaxamento uterino não persiste após HALOTANO HOECHST ser eliminado do organismo e por isso, não há perigo de subseqente hemorragia aténica. Durante curetagem uterina, a ação vasodilatadora de HALOTANO HOECHST pode causar aumento do sangramento.
Fgado: O efeito de HALOTANO HOECHST no fgado foi completamente estudado em experimentos animais. Não houve nenhuma evidência de efeitos hepatotxicos diretos.
A experiência clínica indica que reações hepáticas devem ser esperadas em uma certa proporção de pacientes anestesiados com HALOTANO HOECHST, entre 1 em 9000 e 1 em 30000 aproximadamente. Eles geralmente comeam dentro de 10 a 14 dias e são assinalados por um sbito e inexplicado aumento de temperatura, o qual pode ser seguido por icterícia transitéria ou necrose hepatocelular. após anestesia repetida com HALOTANO HOECHST, especialmente se o intervalo for somente de poucas semanas, a probabilidade da "hepatite do Halotano" maior que após uma única administração. Mulheres, especialmente obesas, parecem ser mais frequentemente afetadas que homens. Não há relação entre a dose ou concentração de HALOTANO HOECHST e esta forma de dano hepatocelular.
Trato gastrintestinal: Nusea e vômito ocorrem em cerca de 5 % dos pacientes anestesiados com HALOTANO HOECHST.
Hipertermia maligna pode ser acionada por HALOTANO HOECHST, assim como por outros anestásicos, mesmo locais.
Além das medidas convencionais de emergência o uso de Dantroleno sódico por via intravenosa recomendado.

Precauções :

Deve-se ter cuidado em caso de uso repetido dentro de 3 meses.
Durante o primeiro trimestre da gestação, o produto não deve ser usado a menos que seja absolutamente necessário.
Deve-se ter cuidado na utilização do HALOTANO em pacientes com função cardiovascular descompensada e quando se pretende repetir a sua administração em três meses.
Em pacientes com histrico de glaucoma de ângulo aberto crônico, pré-medicação com atropina parenteral pode ser administrada na dose normal, visto que tais pacientes geralmente estáo recebendo tratamento antiglaucoma local (parassimpatomimáticos) e o prprio HALOTANO HOECHST reduz a pressão intra-ocular. Se houver alguma dvida em relação ao tipo de glaucoma (abertura do ângulo iridocorneal), deve ser consultado um oftalmologista. Em pacientes com glaucoma de ângulo fechado que não tenham sido operados, qualquer agente midritico pode precipitar um ataque agudo de glaucoma e isto pode não ser inteiramente evitvel pelo tratamento local com miticos.
Pacientes ambulatoriais devem ser alertados de que eles não recuperam seus reflexos totais por 24 horas, prejudicando assim a habilidade em dirigir veículos.

Contra indicação :

Qualquer episódio de hepatite causada por exposição prvia ao HALOTANO.
Hipersensibilidade a anestásicos de inalação halogenados ou timol. Porfiria hepática. história de hipertermia Pós-operatéria inexplicada e icterícia após Administração de anestásicos de inalação halogenados.
Aumento da pressão intracranial antes da abertura da dura-méter.

Interação Medicamentosa :

Administração de simpatomimáticos para vasoconstricção durante anestesia com HALOTANO HOECHST pode levar a arritmias cardíacas. Estas geralmente podem ser evitadas, assegurando-se que a concentração de epinefrina na solução de infiltração não maior que 1:200000 a 1:100000, e que a velocidade de infiltração tecidual em adultos de uma solução de epinefrina a 1:100000 não maior que 10 ml/10 minutos e 30 ml por hora. Injeção intravascular, hiPóxia e hipercapnia devem ser evitadas e o mesmo se aplica excessiva excitação (descarga de simpatomimático endgeno). Se, apesar disso, ocorrerem arritmias a concentração de HALOTANO HOECHST deve ser reduzida.
Tambm em pacientes sob tratamento com teofilina, o uso de HALOTANO HOECHST pode causar arritmias cardíacas.
provável a Ocorrência de bloqueio neuromuscular intensificado com Administração de aminoglicosdeos ou relaxantes musculares do tipo curarina durante anestesia com HALOTANO HOECHST.
Administração simultânea de anti-hipertensivos pode resultar em redução maior da pressão sanguínea.
A ação anestásica do HALOTANO HOECHST, potencializada pelo xido nitroso, opiides e outras drogas depressoras do SNC; conseqentemente, doses menores podem ser suficientes.

Modo de Usar :

Halotano hoechst é adequado para uso tanto em sistema de circuito fechado como semi-fechado. o uso de um vaporizador calibrado É essencial e deve sempre ser adaptado ao tubo de suprimento de gs fora do circuito fechado.
pré-medicação : para evitar reflexos vaso-vagais, atropina (0,01 mg/kg de peso corporal por via subcutânea ou intramuscular) pode ser administrada antes da indução da anestesia com halotano hoechst. para pré-medicação em pacientes com histrico de ataques de glaucoma veja precauções. a analgesia requerida pode ser obtida pela administração de petidina juntamente com monxido de nitrognio.
Indução e manutenção da anestesia: halotano hoechst pode ser inalado juntamente com oxignio ou com mistura de oxignio com monxido de nitrognio.
Para indução da anestesia, a concentração de halotano hoechst de 3 % por volume geralmente não excedida. sob estas condições e usando somente o gs, a anestesia cirúrgica (estágio iii 1-2 da escala de guedel) geralmente é obtida em 4 a 6 minutos.
Com halotano hoechst, o estágio de excitação (estágio ii da escala de guedel) passa to rapidamente que geralmente não aparente.
Se forem usados barbitúricos para indução de anestesia, uma dose muito pequena geralmente ser suficiente para induzir o sono. a possibilidade de um efeito aditivo entre halotano hoechst e barbitúricos sobre a pressão sanguínea deve ser considerada.
Quando a intensidade desejada de anestesia for obtida, a concentração de halotano hoechst deve ser reduzida.
Concentrações de 0,5 a 1,5 % por volume são necessárias para manter a intensidade correta. se durante a cirurgia for necessário aprofundar a anestesia, isto não pode ser feito bruscamente mas através de um gradual aumento na concentração de halotano hoechst, para evitar uma queda indesejada na pressão sanguínea.
Fase de recuperação: mesmo após anestesia prolongada com halotano hoechst, os pacientes tornam-se conscientes dentro de 5 a 15 minutos.
Relaxamento muscular: em Princípio, qualquer tipo de relaxante muscular pode ser usado juntamente com anestesia com halotano hoechst. quando se utiliza d-tubocurarina (liberação de histamina) a pressão sanguínea deve ser cuidadosamente monitorada; o mesmo se aplica pulsação se succinilcolina for usada.

Fabricante :

Sanofi-Aventis Deutschland GmbH

Endereço: Industriepark Höchst Gebäude K703, 65929 Frankfurt am Main, Alemanha
Telefone:+49 69 305 ext. 0

allegra 60 mg, allegra d, arava, arelix, cefamezin, cefrom, cepacaina, citrovit 1 g, citrovit 2 g, claforan, dermatop, dimercaprol, dolantina, equilid 50 mg, esperson nl, esperson, frisium, gama venina, gino loprox, haemaccel, halotano, lasilactona, lasix long, lasix, lesterol, loprox nl, matergam, omeprasec, orastina, os cal, pergalen, rifaldin, rulid 300 mg, rulid d, rulid, suprefact e, suprefact, vincagil


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto