Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Gestinol 28 - bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Etinilestradiol e Gestodeno.

Apresentação :

Cada comprimido contém:
Gestodeno ............ 75 mcg
Etinilestradiol ....... 30 mcg
Excipientes: (lactose, celulose microcristalina, polividona, carmelose sódica, estearato de magnésio, dióxido
de silício coloidal, polietilenoglicol, polómero acrílico e corante azul indigotina)......q.s.p ..... 1 comprimido.
Cartucho contendo 1 cartela com 28 comprimidos revestidos.

Indicação : Contracepção contínua.

Precauções :

Recomenda-se a interrupção do tratamento contraceptivo com GESTINOL (gestodeno / etinilestradiol) nos seguintes casos: Aparecimento pela primeira vez de cefaleias semelhantes s da enxaqueca, ou cefaleias com frequência e intensidade fora do habitual; repentinas perturbações visuais ou auditivas; sinais precursores de trombofl ebites ou de tromboembolias; angina de peito; cirurgias eletivas (6 semanas antes da data prevista); imobilização forçada (acidentes etc.); aparecimento de icterícia; hepatite; prurido generalizado; aumento de ataques epilpticos; aumento considervel da pressão arterial e gravidez. vômito ou diarreia podem diminuir a eficácia dos contraceptivos orais.
ATENção: O risco de trombose arterial (derrame cerebral, infarto do miocárdio) associado ao uso de contraceptivos orais combinados, aumenta com a idade e o fumo intenso. Por esta razo, mulheres acima de 35 anos que utilizam contraceptivos orais devem ser rigorosamente advertidas a não fumar.

Advertências

Antes de iniciar o tratamento deve ser realizado exame clínico, que incluirá, entre outros, medida de pressão arterial, pesquisa da glicosria e, se necessário, hepatograma, Além de minucioso exame ginecológico, incluindo mamas e citologia cervical oncológica. A possibilidade de gestação deve ser excluída. Em tratamento
prolongado recomenda-se controle médico semestral. Durante o tratamento com esteróides sexuais, tém-se observado, algumas vezes, alterações hepáticas benignas e, muito mais raramente, também malignas, que em casos isolados podem provocar hemorragias intra-abdominais perigosas. Deve-se informar ao médico quaisquer queixas abdominais altas, não habituais, que não cedam espontaneamente em curto espao de tempo, pois pode ser necessário interromper a administração. Mulheres com diabetes, hipertensão arterial, varizes,
otosclerose, esclerose múltipla, epilepsia, porfiria, tetania, coria menor, antecedentes de fl ebite ou tendência para diabetes devem manter-se sob cuidadosa vigilância médica.
USO ADULTO

Contra indicação :

Gravidez, distúrbios graves da função hepática; história prvia ou atual de tumores hepáticos, antecedente de icterícia idioPótica ou prurido intenso durante a gravidez; síndromes de Dubin-Johnson e de Rotor; processos tromboemblicos ou antecedentes (ex.: apoplexia, infarto do miocárdio); fi brilação arterial; diabetes graves com alterações vasculares; anemia falciforme; tumores hormnio-dependentes do étero ou da mama ou suspeita dos mesmos; distúrbios do metabolismo liPódico; antecedentes de herpes gravdico; sangramento genital anormal de causa indeterminada, otosclerose agravada durante a gravidez.
Uso durante a lactação: Fica a critério médico a convenincia do uso de GESTINOL (gestodeno /etinilestradiol) durante o perãodo de lactação. Os contraceptivos orais administrados no perãodo Pós-partopodem interferir com a lactação diminuindo a quantidade e a qualidade do leite secretado. Pequenas
quantidades dos componentes hormonais são excretados no leite de lactantes.

Fabricante :

Libbs Farmacêutica Ltda.

FONE: (11) 3879-2500
SAC LIBBS: 0800 13 5044

Medicamentos do mesmo fabricante :

ancoron, aplicav, caltren, cardilol, cebralat, cebrilin, deflanil, diminut, energoplex, ernegoplex, erradic_ug, erradic, fagolipo, finalop, fluconal150, gestinol_28, herivyl, libiam, lisapres, logat, loranil-d, loranil, naprix_a, naprix_d, naprix, natifa_pro., natifa, nitrileno, peprazol, pozato, prostide, repogen, selecta, selimax, sensitram, siblima, sumax_nasal, sumax, uritrat, verotina


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.

Curso Master O Cara da Foto