Site Bulário Brasil
Procure o medicamento pelo nome comercial. Vários tipos de calculadoras médicas Procure o medicamento pelo princípio ativo Procure o medicamento pela classe terapêutica Mande-nos um e-mail

Genuxal - Bula

Esta bula é um registro histórico do medicamento descrito abaixo, meramente informativo e destinado ao público em geral.

Princípio ativo : Ciclofosfamida.

Classe terapêutica : Antineoplásicos e Imunossupressores.

Apresentação :

Genuxal Caixa comCada drágea contém
drágeas 50 drágeas50 mg de ciclofosfamida
Genuxal Caixa com 10Cada frasco-ampola
200mgfrascos-ampolacontém 200 mg de
(injetível)ciclofosfamida
Genuxal Caixa com 1Cada frasco-ampola
1000 mg frasco-ampolacontém 1000 mg de
(injetível)ciclofosfamida

Indicação :

Propriedades Antineoplsicas: Pacientes com indicação de cirurgia e/ou irradiação não devem ser tratados apenas com quimioterapia. A classificassão seguinte é um guia para vrias doenças que podem se beneficiar da quimioterapia com ciclofosfamida:
A. Desordens mieloproliferativas e linfoploliferativas frequentemente sensíveis:
1. Linfomas malignos (estádios III e IV, de acordo com o estadiamento de Peter).
2. Mieloma múltiplo.
3. Leucemias.
4. Mycosis fungoides (estado avançado).
B. Tumores malignos slidos frequentemente sensíveis:
1. Neuroblastoma (em pecientes com dissemineção).
2. Adenocarcinoma do ovrio.
3. Retinoblastoma.
C. Tumores malignos raramente sensíveis:
1. Carcinoma de mama.
2. Neoplasias do pulmo
Propriedades imunossupressoras: A ciclofosfamida também tem sido usada no tratamento de doenças autoimunes e imunopatias não especficas (por exemplo, granulomatose de Wegener), quando estas doenças se mostram resistentes aos tratamentos convencionais de primeira e segunda linha, e para prevenção da rejeição de transplantes. A ciclofosfamida pode ser recomendada para uso no tratamento de tumores não-malignos apenas quando os benefícios ao paciente forem superiores ao risco do tratamento com a ciclofosfamida.

Efeito Colateral :

Hematopoticas: Leucopenia é um efeito esperado e é normalmente usado como guia para a terapia. Trombocitopenia e/ou anemia podem ocorrer em alguns pacientes; estes efeitos são quase sempre reversíveis após interrupção da terapia.
Gastrointestinais: Anorexia, náuseas e vômitos são comuns e relacionados dose e a suscetibilidade individual. há relatos isolados
de casos de colite hemorrágica, ulceração da mucosa oral e icterícia e durante e terapia.
Geniturinárias: Supressão gonadal, resutando em amenorria ou azoospermia, foi relatada em alguns pacientes tratados com
ciclofosfamida, e parece ser relacionada dose e duração da terapia. Este efeito possivelmente irreversível, deve ser explicado
antecipadamente aos peacientes tratados com ciclofosfamida. Fibrose do ovrio seguindo terapia com ciclofosfamida tabm foi
relatada.
Toxicidade cardíaca: Embora poucos casos de disfunção cardíaca tenham sido relatados com o uso de ciclofosfamida, nenhuma
relação causal foi estabelecida. há relatos de que a cardiotoxicidade induzida pela doxorrubicina pode ser potencializada com a
ciclofosfamida.
Cicatrização: A ciclofosfamida pode intefrerir com a cicatrização normal.
Retenção inapropriada de água: Com altas doses de ciclofpsfamida há relatos de retenção inapropriada de água resultando em
hiponatremia, convulsão e morte. O efeito direto sobre os tbulos renais.

Precauções :

A ciclofosfamida deve ser administrada com cuidado a pacientes com qualquer uma das seguintes condições:
1.Leucopenia
2.Trombocitopenia
3.Infiltração de células tumorais na medula óssea
4.Radioterapia prvia
5.Terapia prvia com outros agentes citotxicos
6.Insuficiência hepática
7.Insuficiência renal

Contra indicação :

A terapia com ciclofosfamida só deve ser iniciada 4 a 8 dias após a cirurgia. Durante o primeiro trimestre de gravidez o uso de ciclofosfamida É contra-indicado: na segunda parte da gravidez o seu uso só deve ser feito em casos extremos, pois a ciclofosfamida pode ser teratogênica ou causar reabsorção fetal em animais de experimentação. também não deve utilizado em casos de varicela e herpes zoster ou durante a lactação.

Interação Medicamentosa :

Barbituratos: A velocidade do metabolismo e a atividade leucoPónica da ciclofosfamida são comprovadamente aumentadas pela administração crônica de altas doses de fenobarbital.
Alopurinol: Ocorre aumento da Incidência de depressão da medula óssea.
Agentes antidiabéticos: Na administração conjunta de agentes antidiabéticos e ciclofosfamida ocorre potencialização do efeito
hipoglicmico.
Suxametnio: Pode haver prolongação da apnia.

Modo de Usar :

Terapia antineoplástica: A terapia pode ser direcionada indução ou manutenção da remissão.
Terapia de indução: A dose de ataque intravenosa recomendada para pacientes sem deficiências hematológicas 40 - 50 mg/kg. Esta
dose de ataque inicia total geralmente administrada em doses divididas por um perãodo de 2 a 5 dias. Pacientes com tratamento
prvio que possa comprometer a capacidade funcional da medula óssea como radioterapia ou drgas citotóxicas e pacientes com
inifiltração tumoral de medula óssea podem requerer redução de dose nicia de 1/3 a 1/2. Uma acentuada leucopenia É comumente
associada s doses acima especificadas mas a recuperação inicia-se normalmente após 7 a 10 dias. A contagem de leuccitos deve
ser monitorizada cuidadosamente durante a terapia de indução. Se a terapia inicial é administrada oralmente uma dose de 1 a 5
mg/kg/dia pode ser administrada dependendo da tolerablidade apresentada pelo paciente.
Terapia de manutenção: Com frequência o tratamento quimioterpico deve ser mantido para suprimir ou retardar o crescimento neoplásico. Uma variedade de posologias tém sido usada:
1.1 a 5 mg/kg p.o. diariamente
2.10 e 15 mg/kg i.v. a cada 7 a 10 dias
3.3 a 5 mg/kg i.v. duas vezes por semana
A menos que a neoplasia seja anormalmente sensivel ciclofosfamida, recomendável administrar a maior dose razoavelmente tolerada pelo paciente. A contagem total de leuccitos é um bom guia objetivo para a regulação da dose de manutenção. Normalmente uma leucopenia de 3.000 a 4.000 células/mm3 pode ser mantida sem risco de infecções srias ou complicações.
Terapia imunossupressora: As doses utilizadas são da ordem de 1 a 3mg/kg oralmente, dependendo da resposta e da toxidade.
NOTA: Soluções de ciclofosfamida injetíveis podem ser aplicadas por via intravenosa, intramuscular, intraperitonial ou intrapleural ou podem ser infundidas por via intravenosa.
Pacientes com insulficiência renal: Como a ciclofosfamida excretada pela urina, um ajuste de dose pode ser necessário em pacientes com insuficiência renal (ver "Farmacocinética - excreção").

Superdosagem :

Superdosegem aguda causa náuseas, vômitos e prostração, depressão de células brancas do sangue. alopécia e ocasionalmente cistite. devido à imunossupressão, podem ocorrer infecções secundárias. A trombocitopenia pode levar uma predisposição para hemorragias. Não há antídoto específico para a superdosagem de ciclofosfamida. Deve-se tomar medidas para evacuar o matenal não absorvido do trato gastrointestinal. Deve-se prestar atenção prevenção de infecções durante qualquer perãodo de função deprimida da medula óssea. O tratamento das náuseas e vômitos sintomático. A alopécia deve reverter após um perãodo de tempo.

Fabricante :

Asta médica Ltda.

Endereço
Rua Glicério, 497 Liberdade - Sao Paulo
CEP: 01.514-000 - São Paulo - SP

Telefone: (11) 3209-1660

Medicamentos do mesmo fabricante :

Benflogin, Dasten, Dilatrend, Dualid S, Erdotin, Eriflogin, Euglucon 5 mg, Flogo rosa, Flogoral, Genuxal, Holoxane, Ilosone, Isocord, Kamillosan, Katadolon, Lanitop, Maliasin, Meracilina, Microvacin, Miltex, Mitexan, Miticocan, Montricin, Multigen-al, Narcaricina, Neprazol, Nisulid, Orofungin, Ossopan 800, Ostac, Paraqueimol, Prelone, Recormon, Rino-lastin, Ronvan, Rumalon, Selvigon, Sonin, Zanidip


Advertências :

Leia atentamente a bula antes de tomar qualquer medicamento.

Caso tenha alguma dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Este medicamento foi receitado para você e não deve ser dado a outras pessoas; o medicamento pode prejudicial, mesmo a pessoas que apresentem os mesmos sintomas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar qualquer efeito secundário não mencionados nesta bula, informe o seu médico ou farmacêutico.

Esta bula pode ser utilizada apenas como uma referência secundária e informativa, pois trata-se de um registro histórico deste medicamento, portanto apenas a bula que acompanha o medicamento está atualizada de acordo com a versão comercializada. Sendo assim este texto não pode substituir a leitura da bula original.

O ministério da saúde adverte:

A auto-medicação pode fazer mal à sua saúde, lembre-se, a informação é o melhor remédio

Como descartar os medicamentos :

Todo medicamento, por conter diversas substâncias químicas, podem representar perigo ao meio ambiente e as pessoas, caso descartados incorretamente.

Nunca despeje líquidos no ralo ou em vasos sanitários, pois podem contaminar águas, mesmo no caso de cidades que contem com usinas de tratamento.

Os medicamentos são produtos que de maneira nenhuma devem ser consumidos fora do prazo de validade.

Informe-se sobre os locais que fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos. O sistema é parecido com o descarte de eletrônicos. Os laboratórios e postos de saúde são responsáveis pelo descarte apropriado para os remédios e algumas farmácias também recolhem os produtos.

Ampolas, seringas, agulhas e frascos de vidro danificados devem ser entregues à farmácia em uma sacola diferente daquela que contém restos de remédios

As embalagens dos medicamentos não devem ser reaproveitadas para o armazenamento de outras substâncias de consumo devido à potencial contaminação residual.

Como conservar seus medicamentos da melhor forma :

Mantenha o produto na embalagem original, tampado, guardado em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz, de radiações e de calor excessivo.

No caso de cápsulas, não retire o sachê de sílica do interior da embalagem.

Mantenha-o longe do alcance de crianças.

Manuseie-o com as mãos limpas.

Se a embalagem contiver a etiqueta “Fórmula Fracionada”, siga a orientação descrita na etiqueta

O peso/volume do produto corresponde aquele discriminado no rótulo. A capacidade da embalagem pode ser maior do que seu conteúdo

Limpeza: essencial em qualquer situação. Mantenha os medicamentos livres de pó, partículas e mofo.

Medicamentos devem ser armazenados isoladamente de cosméticos, produtos de limpeza, perfumaria, etc.

Os medicamentos devem ser guardados em salas protegidas da entrada de insetos, roedores e aves.

Caso observe alteração de cor, odor, ou consistência, procure seu farmacêutico.


Jesus a Chave Hermenêutica, Curso exclussivo com o Pastor Caio Fábio